2021-09-28T23:35:55-03:00
Na onda do minério

Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina

A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana

20 de setembro de 2021
17:39 - atualizado às 23:35
Imagem: Shutterstock/Helena Aymee

Enquantos os acionistas da Vale (VALE3) lamentam os efeitos do novo tombo do minério de ferro — que derreteu 8,8% no porto de Qingdao nesta segunda-feira (20) — nas ações da mineradora, quem investe no Mercado Livre (negociada na B3 com o BDR MELI34) ganhou motivos para sorrir em meio ao baque que afeta todo o mercado de ações.

A gigante de comércio eletrônico argentina, que tem ações listadas na Nasdaq e grande presença no Brasil, conquistou o posto de empresa mais valiosa da América Latina após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na semana passada, quando acumulou queda de cerca de 9%.

A queda das ações derrubou o valor de mercado da Vale para US$ 81 bilhões (aproximadamente R$ 432 bilhões, na cotação atual), contra US$ 93 bilhões (R$ 496 bilhões) do Mercado Livre, de acordo com dados da consultoria Economatica.

Veja as dez primeiras empresas no ranking da Economática, incluindo cinco companhias brasileiras:

Empresa (país)Valor de mercado* em bilhões de USD
Mercado Livre (ARG)R$ 93,3 
Vale (BRA)R$ 81,7
Wal Mart do México (MEX)R$ 63,3 
Petrobras (BRA)R$ 62
America Movil (MEX)R$ 60,3
Itaú Unibanco (BRA)R$ 49,4
Ambev (BRA)R$ 46,6
Marvell Technology Group (BER)R$ 41,9
BeiGene (CYM)R$ 37,5
Bradesco (BRA)R$ 34

*Até o dia 17 de setembro de 2021

Além do impacto nas cotações, a situação atual do minério de ferro tem atrapalhado o casamento da Vale com os analistas e ameaçam seu posto de “queridinha do mercado financeiro”

O UBS, por exemplo, rebaixou a recomendação dos papéis da Vale de "compra" para "venda" na última sexta-feira (17). Os analistas do banco suíço também reduziram de US$ 22 para US$ 15 o preço-alvo dos ADRs — recibos de ações da mineradora brasileira negociados em Nova York.

Se a onda de quedas da commodity — que chega a mais de 60% desde maio  — prosseguir, as ações da mineradora podem ser ainda mais prejudicadas. Mas, afinal, o que leva o minério de ferro a perder mais da metade de seu valor?

Veja também: nova CRISE DE 2008 no radar? Calote na China derruba bolsas ao redor do mundo | Entenda:

Antes de continuar, um convite: apresentamos no nosso Instagram os 5 motivos pelos quais o Ibovespa não para de cair.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais.

Minério de ferro — do topo ao fundo em três meses

Com o resultado de hoje, o preço do minério de ferro ficou abaixo dos US$ 100 por tonelada pela primeira vez em mais de um ano. Em maio deste ano, a commodity chegou a valer US$ 237,57 no porto chinês, referência para o setor. 

Os principais motivos por trás do recuo, que pôs fim ao ciclo de alta observado nos primeiros meses deste ano, você confere abaixo:

  • China pressiona cotações: nas últimas semanas, o Gigante Asiático reduziu a produção de aço e limitou a demanda para o mercado internacional para conter a inflação crescente do país e possíveis especulações com o preço da commodity;
  • Retomada mais fraca: outro fator que preocupa os investidores internacionais é a recuperação econômica dos principais países do mundo. Tanto a China quanto os Estados Unidos apresentaram fracos dados de produção industrial e atividade econômica na semana passada;
  • Caso Evergrande: a construção civil utiliza muito aço e o setor deve sentir o baque da notícia de que a gigante incorporadora chinesa Evergrande - a segunda maior empresa do setor imobiliário - está na iminência de dar um calote, com uma dívida de aproximadamente US$ 300 bilhões.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos

DINHEIRO NO FIM DO ANO

Yduqs (YDUQ3) pagará R$ 141 milhões em dividendos; confira o valor por ação

A empresa do setor de educação pagará cerca de R$ 0,40 por ação ordinária e o dinheiro cairá na conta dos acionistas em 7 de dezembro

OMICRON

5 fatos sobre a nova variante do covid que derrubou os mercados nesta sexta

O anúncio de que uma nova variante do coronavírus surgiu na África do Sul fez com que os mercados internacionais desabassem; veja o que sabemos até agora