Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-08T12:40:12-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
atenção, acionista

Grupo Jereissati propõe reorganização societária na Iguatemi, com incorporação de ações

Empresas buscam posição mais favorável para “participar das oportunidades futuras de consolidação, combinações de negócios e aquisição de ativos estratégicos”

7 de junho de 2021
18:22 - atualizado às 12:40
Shopping JK Iguatemi, em São Paulo
Shopping JK Iguatemi, em São Paulo - Imagem: Shutterstock

A empresa de shoppings Iguatemi e a Jereissati Participações aprovaram em conselho uma reorganização societária das companhias — que ainda deve ser aprovada em suas respectivas assembleias.

A reorganização societária consistirá na incorporação de ações da Iguatemi pela Jereissati, com a primeira se tornando uma subsidiária integral da segunda, disseram as companhias nesta segunda-feira (7).

Acionistas da Iguatemi que tiverem suas ações incorporadas à Jereissati receberão em substituição novas ações de emissão da Jereissati, na forma de certificados de depósito de valores mobiliários (units).

De acordo com as empresas, a reorganização não altera a estrutura de controle das companhias, mas deve aumentar a liquidez das ações e promover uma maior capacidade de investimento e crescimento.

O grupo Jereissati controla o Iguatemi com 50,7% do capital votante e tem 30,6% do capital econômico. Após a operação, a empresa teria 68,5% do capital votante e 29,2% do capital econômico.

Iguatemi e a Jereissati Participações dizem que, com a operação, esperam uma posição mais favorável para "participar das oportunidades futuras de consolidação, combinações de negócios e aquisição de ativos estratégicos".

"As administrações das companhias confiam que todas essas vantagens e benefícios se reverterão em favor do conjunto dos seus acionistas, que, caso a operação seja implementada, passarão a ser todos acionistas da Iguatemi S.A., que irá deter, direta e indiretamente, a totalidade dos ativos imobiliários e operacionais da Iguatemi".

Segundo as empresas, a nova estrutura acarretará na redução significativa das atuais despesas gerais e administrativas, em função da redução da duplicidade de órgãos deliberativos, "além de proporcionar a realização de créditos e outros benefícios fiscais".

Como será a operação

A administração da Jereissati submeterá aos seus acionistas, além da proposta de incorporação de ações da Iguatemi Empresa de Shopping Centers (IESC), propostas de:

  • Alteração do estatuto social para criação de ações preferenciais, com direito a voto e direito a dividendos ou outros proventos distribuídos em valores equivalentes a três vezes aqueles a que farão jus as ações ordinárias;
  • Conversão voluntária das ações ordinárias de emissão da Jereissati em ações preferenciais na proporção de 3 (três) ações ordinárias para cada ação preferencial;
  • Adesão da Jereissati ao segmento especial de listagem do Nível 1 da B3;
  • Criação de programa de units, sendo que cada Unit será composta por 1 (uma) ação ordinária e 2 (duas) ações preferenciais de emissão da Jereissati;
  • Alteração do Estatuto Social para conferir vantagens e direitos às ações preferenciais e ordinárias;
  • Ampla reforma do Estatuto Social para adesão a práticas constantes do Regulamento do Novo Mercado, alteração da estrutura geral da administração e outros mecanismos que "reforçam o compromisso com a governança corporativa".

A administração da Iguatemi submeterá aos seus acionistas, além da proposta de incorporação de suas ações pela Jereissati, propostas de:

  • Dispensa do ingresso da Jereissati no segmento especial de listagem do Novo Mercado;
  • Dispensa de realização de oferta pública de aquisição de ações de saída do segmento do Novo Mercado da B3.

Com a implementação da operação, será promovida a adesão da Iguatemi S.A. ao segmento de listagem Nível 1 da B3.

No entanto, as empresas dizem que o estatuto social da Iguatemi S.A. garantirá aos seus acionistas direitos "substancialmente similares" àqueles garantidos pelo Regulamento de Listagem do Novo Mercado da B3, "exceção feita apenas à possibilidade de emissão de ações preferenciais".

"As administrações das Companhias confiam que a implementação de mecanismos de governança e controle reforçarão a gestão e controle dos órgãos da administração e o alinhamento total de interesses entre todos os acionistas da Iguatemi S.A.."

Grupo Jereissati e Iguatemi, em comunicado

A Iguatemi terá o seu registro de companhia aberta convertido de categoria “A” para categoria “B”, tendo em vista que passará a ser uma subsidiária integral da Jereissati e manterá as debêntures e certificados de recebíveis imobiliários por ela emitidos e em circulação.

Caso a operação seja aprovada, será assegurado direito de saída aos acionistas das companhias dissidentes da deliberação. O valor a ser pago a título de reembolso ainda será divulgado.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

CARNE FORTE

Marfrig sobe mais de 5% hoje, mas ainda deve saltar 60% nos próximos meses, projeta Bank of America

O Bank of America recalculou as projeções financeiras para o próximo ano e vê a empresa lucrando muito mais do que o previsto no cálculo anterior

DESTAQUES DO DIA

Varejo abaixo do esperado derruba Magazine Luiza (MGLU3), mas companhias aéreas sobem forte com vacinas eficazes contra a ômicron

Enquanto o Magalu recua mais de 8%, as empresas do setor aéreo aproveitam para engatar uma recuperação

bitcoin (BTC) hoje

O rali de fim de ano do bitcoin (BTC) derrapou. E você, novato em criptomoeda, pode ser o culpado

O movimento de queda do bitcoin das últimas semanas veio dos novos investidores em cripto, chamados de short-term holders, segundo a Glassnode

DE OLHOS BEM FECHADOS

O IPO do cheque em branco chega ao Brasil: Alvarez & Marsal quer fazer oferta pública para lançar Spac na B3

Modalidade existe há mais de 20 anos nos EUA, mas ainda é inédita no Brasil; entenda como funciona

EXILE ON WALL STREET

Ele ainda vai te trazer boas lembranças: o Tesouro Direto em seu ano de ouro para a rentabilidade

Conheça o Super Renda Fixa, que apresenta as melhores oportunidades para investir na modalidade, seja nos títulos do Tesouro ou nos de emissores privados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies