';

🔴 O ‘NOVO PETRÓLEO’ FOI ENCONTRADO E JÁ É MOTIVO DE DISPUTA NO MUNDO — DESCUBRA AQUI

Cotações por TradingView
2021-06-02T19:29:40-03:00
Estadão Conteúdo
em meio à pandemia

S&P prevê crescimento econômico do Brasil de 4% em 2021

Agência pondera que a “natureza duradoura” da pandemia de covid-19 cria uma incerteza “significativa” para o desempenho econômico e fiscal do Brasil no curto prazo

2 de junho de 2021
19:19 - atualizado às 19:29
38. Touros e Ursos CAPA Lupa Brasil Mapa
Imagem: Shutterstock

A S&P Global Ratings prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil se recupere para 4% neste ano. Para o período entre 2022 e 2024, a agência de classificação de risco estima uma média de avanço de 2,2% da atividade do País.

"Os preços internacionais das commodities se recuperaram com a maior demanda global, suportando uma melhora nos termos de troca do Brasil", diz a S&P em relatório.

O crescimento do PIB neste ano, na avaliação da agência, será impulsionado também pelos efeitos de base, devido à contração da atividade em 2020, e à posição externa favorável.

No entanto, a S&P pondera que a "natureza duradoura" da pandemia de covid-19 cria uma incerteza "significativa" para o desempenho econômico e fiscal do Brasil no curto prazo.

"O ritmo de recuperação da demanda doméstica dependerá em grande parte da capacidade das autoridades de distribuir efetivamente a vacina", afirma a agência.

Segundo a S&P, a aprovação de reformas microeconômicas no Brasil em vários setores, assim como as condições externas benignas e um "grande" programa de concessões, deve ser um "bom presságio" para o investimento. "Ainda assim, a aceleração da inflação e o ciclo de aperto monetário podem prejudicar a retomada da atividade econômica."

Rating BB-, com perspectiva estável

Nesta quarta-feira, a S&P Global Ratings reafirmou o rating BB- do Brasil, com perspectiva estável.

A agência diz que a consolidação orçamentária do País no período 2021-2024 deve ser "lenta", conforme as pressões por aumento de gastos "seguem elevadas", enquanto a dívida geral do governo deve subir para cerca de 75% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2024.

Para a S&P, exportações fortes, que beneficiam um perfil externo resistente do País, e um quadro de investimento privado mais dinâmico devem impulsionar a retomada econômica brasileira neste ano.

Segundo a agência, a perspectiva estável reflete a expectativa de uma recuperação em 2021, com "redução gradual" do déficit fiscal - o que poderia resultar em um ritmo mais lento de acumulação de dívida nos próximos dois anos -, bem como o "desempenho externo sólido" do Brasil.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

DANÇA DAS CADEIRAS

Da Fiesp para a Petrobras: Josué Gomes é cotado para o conselho da Petrobras

28 de janeiro de 2023 - 13:59

A montagem da chapa do governo na Petrobras foi discutida em reunião entre Lula e o seu indicado para a presidência da empresa, Jean-Paul Prates

VEÍCULOS ELÉTRICOS

Elon Musk comemora! Entenda o que fez a ação da Tesla ter seu melhor desempenho semanal desde 2013

28 de janeiro de 2023 - 12:07

As ações da Tesla subiram 33% na semana, interrompendo um período de seis meses em que caíram mais de 40%

ESTÁ SÓ COMEÇANDO

Insider trading na Americanas? CVM abre inquérito para investigar

28 de janeiro de 2023 - 8:48

CVM instaura inquéritos administrativos para apurar condutas suspeitas em meio à derrocada da Americanas (AMER3)

Aperta o play!

Campos Neto manterá o plano de voo? Os desafios do Banco Central autônomo no governo Lula e o que esperar da próxima Super Quarta

28 de janeiro de 2023 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, as expectativas para as decisões de juros nos EUA e no Brasil, após Lula criticar a autonomia do Banco Central

LOTERIAS

Lotofácil tem 4 ganhadores; Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 75 milhões

28 de janeiro de 2023 - 7:55

Enquanto a Lotofácil segue fazendo a alegria dos apostadores, Mega-Sena está acumulada desde o sorteio da virada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies