Menu
2021-04-18T17:45:00-03:00
Larissa Vitória
Ainda falta chão...

Setor de serviços recupera perdas da pandemia em fevereiro, mas desempenho segue abaixo do pré-crise

Nem mesmo nove altas consecutivas foram capaz de levar o segmento de volta ao patamar observado no início de 2020

15 de abril de 2021
14:35 - atualizado às 17:45
serviços
Imagem: Shutterstock

A alta de 3,7% registrada entre janeiro e fevereiro, somada a oito resultados positivos anteriores, levou o setor de serviços a superar, pela primeira vez, o nível pré-pandemia. É o que indica a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira (15), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com nove altas consecutivas e crescimento acumulado de 24%, o resultado apagou as perdas de 18,6% observadas entre março e maio de 2020, meses marcados pela implementação de medidas restritivas na tentativa de frear o avanço da covid-19.

Contudo, quando comparado com o desempenho em fevereiro do ano passado, o resultado recua 2%. E fica mais negativo ainda — 10,8%, para ser mais preciso — em relação ao pico registrado em novembro de 2014, seu melhor momento desde o início da série.

Quem puxou a alta?

Mesmo assim, o avanço ainda é de se comemorar: todas as cinco atividades analisadas e 18 estados cresceram. O destaque vai para o salto de 14,7% no Mato Grosso e de 8,8% nos serviços prestados às famílias, que abrangem restaurantes e hotéis, por exemplo.

Apesar de ser um resultado positivo, o alto índice de crescimento da atividade pode ser explicado pelo patamar inferior da base de comparação. Mesmo com a alta, o segmento ainda se encontra 23,7% abaixo do nível de fevereiro de 2020.

“Sendo uma das atividades mais afetadas pelas restrições impostas por estados e municípios para enfrentamento da pandemia, serviços prestados às famílias tiveram perdas significativas entre março e maio e ainda oscilam muito, conforme as medidas de isolamento social são relaxadas ou enrijecidas”, comenta Rodrigo Lobo, gerente da pesquisa.

Por outro lado, as medidas restritivas ajudaram a impulsionar outra atividade: os transportes e serviços auxiliares a eles a os correios cresceram 4,4% no mês e acumulam ganhos de 8,7% neste início de ano.

“Nesse segmento vêm se destacando as empresas que prestam serviço de logística, que já vinha tendo alta expressiva por conta do aumento das exportações de petróleo e do agronegócio e, durante a pandemia, tiveram uma grande escalada de demanda, devido ao crescimento das vendas no comércio online”, explica Lobo.

Turismo luta para se recuperar

Outro setor que voltou a aquecer no período foi o turismo. A atividade subiu 2,4% no mês e acumula crescimento de 127,5% de maio até aqui. Mas não deixe que o tamanho da porcentagem te engane: para voltar ao patamar pré-pandemia ainda faltam 39,2%.

Na comparação com fevereiro de 2020, empresas dos ramos de hotelaria, restaurantes, aéreas, agências de viagem e serviços de bufê amargaram perdas, com destaque negativo para os tombos em São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, que recuaram 39,3%, 30,4% e 29,1%, respectivamente.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

uma bolada

Bradesco paga R$ 5 bilhões em juros sobre capital próprio

Valor representa R$ 0,416 por ação ordinária e R$ 0,458 por ação preferencial, após o desconto do Imposto de Renda

seu dinheiro na sua noite

Dólar abaixo de R$ 5, Selic de volta aos 7% e o investimento da Petz em página de gatinhos

Apesar dos avanços na vacinação e do relaxamento nas medidas de distanciamento social, o fato de ainda estarmos convivendo com o coronavírus e uma elevada mortalidade pela covid-19 faz com que 2021 tenha um sabor de 2020 – parte 2. Assim tem sido, pelo menos para mim. Imagino que também seja assim para todas as […]

atenção, acionista

Weg e Lojas Renner anunciam juros sobre capital próprio; confira valores

Empresa de fabricação e comercialização de motores elétricos paga R$ 86,1 milhões; provento da varejista chega a R$ 88 milhões

Alívio no câmbio

Dólar fica abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez em mais de um ano — e o empurrão veio dos BCs

O dólar à vista terminou o dia em R$ 4,96, ficando abaixo dos R$ 5,00 pela primeira vez desde 10 de junho de 2020. O Ibovespa caiu

Constitucionalidade em xeque

Autonomia do Banco Central: STF retoma julgamento no dia 25, mas recesso pode estender votação até agosto

A lei em análise restringe os poderes do governo federal sobre a autoridade máxima da política monetária do País

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies