Menu
2021-02-16T15:44:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Risco fiscal

Maioria dos gestores já espera furo no teto de gastos e Selic a 3,5% no fim do ano, diz BofA

Caiu de 71% para apenas 54% total de investidores que veem o Ibovespa acima de 130 mil pontos em dezembro

16 de fevereiro de 2021
15:44
Teto quebrado
Imagem: Shutterstock

A maioria dos gestores latino-americanos ouvidos pela pesquisa mensal do Bank of America (BofA) na região já esperam flexibilização no teto de gastos e Selic em 3,5% no fim de 2021.

Além disso, caiu de 71% para 54% o total de investidores que veem o Ibovespa acima de 130 mil pontos em dezembro.

O retorno do auxílio emergencial, já dado como certo pelo mercado, fez crescer as preocupações dos gestores da América Latina com a situação das contas públicas do país.

Em fevereiro, subiu de 50% para 74% o percentual de gestores que acreditam que haverá "alguma flexibilização" no teto de gastos, ainda que "modesta".

Para 68% dos investidores ouvidos pelo BofA, o maior "risco de cauda" para o Brasil em 2021 é uma rápida deterioração das contas públicas. Já para 20% dos participantes, o maior risco é o "ruído político".

Cresceu também a aposta dos investidores na alta de juros. Em janeiro, apenas 17% dos gestores viam a taxa básica de juros (Selic) acima de 3,5% no fim do ano. Esse percentual cresceu para 55% em fevereiro.

Isso acontece porque os pesquisados veem uma maior pressão inflacionária: 91% deles acreditam num aumento "modesto" da inflação neste ano.

Reformas e recuperação da economia

O levantamento do BofA mostra que a expectativa por reformas cresceu entre os investidores: 58% acreditam que a reforma tributária será aprovada no segundo semestre, com apenas 19% não vendo aprovação. Em janeiro, esse percentual era de 31%.

Aumentou de 58% para 71% o percentual de gestores que acredita que atrasos na vacinação podem prejudicar a retomada do crescimento no Brasil e na América Latina como um todo neste ano. Considerando toda a região, o maior risco de 2021, para os investidores ouvidos, é justamente a vacinação lenta.

A maioria dos gestores ouvidos projeta um crescimento entre 2% e 4% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano. A projeção do BofA é de expansão de 3,5%.

A pesquisa também mostrou que a maioria dos investidores ouvidos está otimista com o real, com 61% deles acreditando que a moeda brasileira pode ter melhor desempenho que seus pares latino-americanos nos próximos seis meses.

A maioria (58%) vê dólar abaixo de R$ 5,10 no fim do ano, e uma minoria de 12% acredita que a moeda americana pode cair abaixo de R$ 4,80 até lá.

A pesquisa do Bank of America foi feita entre os dias 5 e 11 de fevereiro, com 31 gestoras que administram US$ 69 bilhões em ativos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Vêm proventos por aí

B3 anuncia quase R$ 2 bi em dividendos, além de recompra e desdobramento de ações

Conselho de administração da companhia aprovou pagamento de dividendos do quarto trimestre e dividendos extraordinários referentes a 2020

Cenário pandêmico

B3 lucra R$ 4,2 bilhões em 2020, alta de 53%, com volatilidade dos mercados, ofertas de ações e juros baixos no Brasil

Cenário pandêmico acabou beneficiando os resultados da companhia, resultando em volatilidade e juros baixos que impulsionaram investidores e empresas a recorrerem ao mercado de capitais

O melhor do seu dinheiro

A semana que vem, enfim, chegou

Depois de uma série de adiamentos, a PEC Emergencial enfim foi aprovada em dois turnos pelo Senado. A medida permitirá o retorno do auxílio emergencial, que ficará limitado ao teto de R$ 44 bilhões, que quase foi derrubado, mas acabou ficando. O texto segue agora para a Câmara dos Deputados. O avanço foi comemorado pelo […]

FECHAMENTO

Aprovação da PEC emergencial garante recuperação do Ibovespa enquanto NY amarga perdas

A fala de Powell fez o Ibovespa reduzir os ganhos, mas ainda assim o principal índice da bolsa avançou 1,35%; dólar teve queda de 0,11%, a R$ 5,6582

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies