Menu
2021-06-04T13:37:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Varejo

Um Dia dos Namorados mais romântico? Pelo menos do ponto vista das vendas, sim

Esta será a primeira data comemorativa com impacto positivo sobre as vendas mensais do varejo, de acordo com a FecomercioSP

4 de junho de 2021
13:37
casal carrega sacolas de compras
Imagem: Shutterstock

O Dia dos Namorados de 2021 deve ser mais "romântico", pelo menos do ponto de vista do comércio. O varejo paulista projeta um acréscimo de 5,7% nas vendas de junho deste ano, em relação a igual período o ano passado, quando houve alta de 2,8%.

A previsão é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Mais romântico e mais perfumado. A expectativa é de um aumento de 14,1% nas vendas de itens de perfumaria em junho. A comercialização de roupas e calçados também deve ajudar a puxar as vendas no mês, com uma alta esperada de 3,9%.

Segundo a Fecomercio, esta será a primeira data comemorativa com impacto positivo sobre as vendas mensais do varejo, após prejuízos no mês do Dia das Mães (maio).

A associação estipula que junho ainda não será um mês de recuperação, mas de crescimento na comparação anual, com faturamento na casa dos R$ 69 bilhões, 5,7% superior ao de 2020 e 8,7% ao de 2019.

Além do Dia dos Namorados, fatores como uma possível fase flexível para o comércio a partir da segunda quinzena, uma demanda reprimida sobre o consumo e a nova rodada do auxílio emergencial colaboram para a expectativa.

Entre as atividades que compõem o levantamento, a que mais deve faturar é a de Outras Atividades, com expansão de 15,4%, na qual está incluso o grupo de combustíveis.

Mesmo sem auxílio emergencial, haveria crescimento nas vendas, de 3,3% ante junho de 2020, estima a FecomercioSP.

"No geral, junho é um mês de boas expectativas para o varejo. Os fatores positivos devem aumentar a confiança de consumidores e empresários. Apesar disso, também não deixamos de observar as incertezas de um contexto econômico marcado pela volatilidade", diz a instituição em nota.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Leia também:

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

E a fila aumenta

BR Partners faz registro de IPO que pode movimentar até R$ 620 milhões

Banco de investimentos fundado por Ricardo Lacerda pretende fazer uma oferta pública de Units, com faixa de preço entre R$ 16 e R$ 19

Pedido ao presidente

Instituto Aço Brasil pede a Bolsonaro para não reduzir tarifa de importação

Na visão do presidente executivo da entidade, Marco Polo de Mello Lopes, não há cenário de excepcionalidade que justifique tal medida

Insights Assimétricos

Preparado para a Super Quarta? O que você precisa saber antes das decisões do Fed e do Copom sobre juros

Um ajuste dos juros, mantendo-os ainda abaixo do neutro (entre 5,5% e 6,5%), seria salutar. Uma alta para além disso, contudo, poderá comprometer a retomada brasileira

Caçadores de tendências

Itaú Asset lança mais 3 ETFs com foco em inovação nas áreas de saúde, tecnologia e consumo dos millennials

Gestora do Itaú agora aposta em índices de empresas globais ligadas a tendências de consumo que estão mudando a sociedade

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies