A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-07-19T08:13:07-03:00
Estadão Conteúdo
Efeito da pandemia

Demanda por crédito no País cresce 33% no 1º semestre

Índice observado pela pesquisa Neurotech foi puxado pelos setores de serviço e varejo

17 de julho de 2021
16:01 - atualizado às 8:13
crédito débito
Imagem: Shutterstock

A busca por crédito no Brasil fechou o primeiro semestre com crescimento de 33%, indicando recuperação das fortes perdas registradas por causa dos efeitos da pandemia de covid-19, mostra levantamento da Neurotech. O aumento foi puxado pelos setores de serviços e de varejo, segundo o Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC).

A procura por financiamento no segmento de serviços subiu 101% nos seis primeiros meses do ano, em relação a igual período de 2020. No varejo, a expansão foi de 67%, enquanto essa parcela em bancos e financeiras cresceu 22% no primeiro semestre deste ano.

O avanço registrado pelo INDC em serviços e no varejo está em nível "confortável", quando comparado ao período pré-pandemia e ainda exibem potencial de crescimento, avalia Breno Costa, diretor de Produtos e Sucesso do Cliente da Neurotech.

Ele diz que a população está consumindo mais e sente-se mais otimista também para retomar "a vida normal", à medida que a vacinação contra o coronavírus vai avançando no País. Contudo, pondera que ainda não é possível cravar uma forte retomada da demanda por crédito.

Quanto ao avanço menor de instituições financeiras ante o varejo e serviços na primeira metade do ano, Costa explica que, no caso do primeiro, não houve grandes perdas substanciais em junho de 2020. Naquela ocasião, diz, o segmento já se encontrava no patamar pré-crise.

Em junho, o INDC subiu 3%, tendo apresentado oscilações nos meses anteriores, com ajuste sazonal: caiu 9% em fevereiro, cresceu 2% em março, cedeu 11% em abril e avançou 13% em maio. No mês passado, dois dos três setores registraram crescimento em relação a maio: bancos e financeiras tiveram aumento de 3% e serviços, de 20%. Já o varejo apresentou declínio de 5%. "Deve-se ressaltar que este último havia registrado alta de 19% na comparação maio-abril."

No acumulado em 12 meses até junho de 2021, a demanda por crédito teve expansão de 24%, com os financiamentos em serviços subindo 148%, varejo crescendo 85% e bancos e financeiras, 6%.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Ibovespa caminha para emplacar quinta alta semanal, mas encontra fraqueza nas bolsas do exterior hoje; entenda

19 de agosto de 2022 - 7:38

Lá fora, os investidores se preocupam com a inflação da Europa e se ajustam à ata da mais recente reunião do Fed

SEXTOU COM O RUY

Você é um pequeno investidor? Descubra as vantagens que você tem sobre o resto do mercado e ainda não sabia

19 de agosto de 2022 - 6:40

Investidores institucionais muitas vezes são obrigados a abrir mão de oportunidades das quais nós, pequenos investidores, podemos obter ganhos vultosos

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies