Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-07T16:02:55-03:00
Larissa Vitória
Destaques da reunião

Fed reforça política monetária acomodatícia em nova ata, mas parte dos dirigentes espera reduzir estímulos antes do previsto

O documento reforça que a alta na inflação dos EUA é oriunda de fatores temporários, mas o cenário segue demandando estímulos econômicos

7 de julho de 2021
16:02
Fed
Imagem: Shutterstock

A ata da mais recente reunião dos dirigentes do Federal Reserve (Fed), divulgada nesta quarta-feira (7), indicou mais uma vez que a instituição segue comprometida a utilizar todas as ferramentas disponíveis para auxiliar a economia norte-americana até que as metas de inflação e emprego sejam atingidas.

A novidade do documento ficou por conta da análise do gráfico de pontos da instituição, com projeções mais fortes do que as observadas na reunião anterior para a taxa básica de juros e preços.

Nove das 18 autoridades monetárias estimam que os percentuais subam entre 0,5% e 1,25% já em 2023. O número daqueles que projetam que a taxa permanecerá na faixa atual, de 0% a 0,25%, durante os próximos dois anos, caiu de 11 para cinco.

As apostas para o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) também mudaram: a previsão subiu para 3,4%, contra projeção anterior de 2,4%. Contudo, na estimativa de longo prazo, o índice manteve-se em 2% e os dirigentes seguem acreditando que a alta dos preços neste ano “será transitória”.

Parte dos membros também espera que as condições para começar a reduzir a compra de ativos sejam atendidas antes do antecipado em reuniões anteriores. Por enquanto, porém, a instituição seguirá com sua política de compra de pelo menos US$ 80 bilhões de Treasuries por mês, além de US$ 40 bilhões em títulos garantidos por hipotecas.

O comunicado era aguardado com cautela pelos investidores e seu conteúdo, mesmo que similar à ata anterior, causou uma desaceleração na alta do dólar. A moeda norte-americana começou o dia fortalecida e chegou a marca de R$ 5,28, mas perdeu força e agora, por volta das 15h45, opera próxima aos R$ 5,22.

Compromisso de longo prazo

Os dirigentes da instituição notaram que, em meio ao avanço na vacinação contra a covid-19 e estímulos monetários, os indicadores econômicos se fortaleceram, assim como o nível dos preços.

O documento, porém, reforça que o impacto na inflação é oriundo de fatores temporários e que o cenário segue demandando uma política monetária acomodatícia.

As autoridades monetárias frisaram que concordam em buscar inflação "moderadamente acima de 2% por algum tempo" para, no longo prazo, permanecerem dentro da meta.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Esquenta dos Mercados

Cautela predomina antes dos dados de inflação dos EUA e bolsa deve refletir taxa de desemprego da Pnad Contínua

E mais: o pessimismo com o avanço regulatório da China segue contaminando as bolsas pelo mundo

Mostrando confiança

BR Distribuidora resolve antecipar R$ 554 milhões em remuneração aos acionistas referente a 2021

Empresa vai pagar os proventos em forma de Juros sobre Capital Próprio, divididos em duas datas, em setembro e em dezembro deste ano

Nova tentativa

Guedes afirma que programa de emprego para jovens terá crédito extraordinário de até R$ 3 bilhões

Segundo ministro, a alternativa foi pensada como forma de enfrentar os efeitos da pandemia no nível de desocupação de jovens, que aumentou no período

SEXTOU COM O RUY

Big Bang, a teoria: As leis da Física e a tributação dos dividendos

As empresas são organismos vivos, que precisam se adaptar às mudanças para sobreviver, como na recente proposta de tributação de dividendos

dinheiro no caixa

Petrobras vende participação em companhias de energia por R$ 160 milhões

Estatal assinou contratos para a venda de suas participações de 20% na Termelétrica Potiguar (TEP) e de 40% na Companhia Energética Manauara (CEM) para a Global Participações Energia S.A. (GPE)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies