Menu
2021-03-12T19:22:28-03:00
Estadão Conteúdo
O retorno?

Acionistas minoritários querem Castello Branco na Vale

Pivô de uma queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro, o executivo foi diretor da Vale de julho de 1999 a janeiro de 2014.

12 de março de 2021
16:03 - atualizado às 19:22
roberto-castello-branco
Roberto Castello Branco - Imagem: José Cruz/Agência Brasil

Um grupo de acionistas minoritários da Vale se articula para indicar uma lista de candidatos ao conselho de administração da mineradora, que na quinta-feira, 11, apresentou 12 nomes para o mandato 2021-2023. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que o presidente da Petrobrás, Roberto Castello Branco, terá seu nome indicado para o comando do conselho.

Leia também:

Pivô de uma queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro, que culminou com o pedido de sua destituição da petroleira, o executivo foi diretor da Vale de julho de 1999 a janeiro de 2014.

Além de Castello Branco, serão indicados mais três nomes: o já conselheiro independente Marcelo Gasparino, o ex-presidente da Associação dos Investidores no Mercado de Capitais (Amec) e conselheiro do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, Rodrigues da Cunha, e a CEO da Lacoste, Rachel de Oliveira Maia.

Procurada, a Vale disse que não comentaria o assunto.

Cunha, será indicado como vice-presidente do conselho. Recentemente, Cunha fez severas críticas ao modelo de eleição proposto pela Vale.

A Vale divulgou na quinta a lista com a indicação de 12 candidatos ao conselho de administração para o período 2021-2023. São 12 membros, oito deles classificados como independentes.

A eleição marcada para o dia 30 de abril na Assembleia-Geral Ordinária (AGO) fará uma renovação parcial do colegiado: cinco indicados serão novos membros e os demais já atuam no quadro da mineradora.

São eles: José Luciano Penido (no conselho desde maio de 2019), Fernando Buso (desde abril de 2015), Clinton Dines (novo membro), Eduardo Rodrigues (desde maio de 2019), Elaine Doward-King (novo membro), José Maurício Coelho (no board desde maio de 2019), Ken Yasuhara (novo), Maria Fernanda Teixeira (novo membro), Murilo Passos (desde dezembro de 2019), Ollie Oliveira (novo), Roger Downey (desde dezembro de 2019) e Sandra Guerra (desde outubro de 2017). Penido e Buso são indicados para ocupar, respectivamente, a presidência e a vice-presidência do conselho.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

na agenda

BOVX11, ETF atrelado ao Ibovespa, chega ao mercado na segunda por R$ 13

Produto é o sétimo ETF lançado pela XP nos últimos sete meses, família de fundos que supera R$ 1,1 bilhão de patrimônio; fundo é considerado uma forma prática de diversificar carteira

matriz energética

ANP autoriza Petrobras a vender óleo fora de especificação para térmica operar

Comercialização será para as usinas Termelétricas Geramar, localizadas no município de Miranda do Norte, no Maranhão; Unidade faz parte do plano de contingência da matriz energética brasileira

OBSTÁCULO VENCIDO

‘A batalha foi vencida, mas a luta continua’: MP da Eletrobras passa no Senado, mas obstáculos até a privatização não acabaram

O texto volta agora para a Câmara e deve ser votado na segunda-feira. Embora os analistas não vejm obstáculos nessa etapa, os próximos meses podem trazer novos atritos

comissão no senado

Relator da CPI da Pandemia divulga lista de investigados; confira

Na condição de investigados, a CPI poderá também aprovar quebra de sigilos e operações de busca e apreensão em endereços ligados a eles

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies