Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-21T09:06:48-03:00
O melhor do seu dinheiro

O que mexe com seu dinheiro: a teimosia do mercado financeiro, IPO da Ambipar e outros destaques do dia

21 de setembro de 2021
9:06
Investidor
O caso da empresa com atuação no ramo imobiliário despertou "aversão ao risco" nos mercados / Imagem: Shutterstock

O mercado financeiro é como uma criança teimosa: aprende pela dor. No começo do ano passado, aos primeiros sinais de que um novo coronavírus se espalhava com velocidade nunca vista antes pela cidade chinesa de Wuhan, foram poucos os investidores que se deram conta do perigo.

O pânico só chegou de verdade ao mercado financeiro quando o surto da covid-19 atingiu o norte da Itália — e logo depois o resto do mundo. A falta de atenção doeu fundo no lugar mais sensível para qualquer investidor: o bolso.

Assim como a criança travessa que só aprende a não brincar com fogo depois que se queima, o mercado não soube lidar com a crise de saúde porque nunca teve de lidar com uma situação semelhante.

Agora, quando a dor é conhecida, aquele instinto de autodefesa costuma falar mais alto. No jargão financeiro, esse sentimento é chamado de “aversão a risco”, e foi despertado com o iminente calote da gigante chinesa Evergrande.

O caso da empresa que atua principalmente no ramo imobiliário despertou os temores de que estamos prestes a viver uma versão chinesa da crise financeira de 2008.

Não foi por acaso, portanto, que o dólar subiu e o Ibovespa fechou em queda de mais de 2% no pregão de ontem.

O mercado viu a fumaça subindo pela panela e logo ficou com medo de se queimar. Ou como diz a sabedoria popular, cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça.

Como praticamente tudo relacionado à China, o caso Evergrande segue envolto em muita incerteza, por mais que os “especialistas” no setor imobiliário chinês que brotaram nas redes sociais nos últimos dias digam o contrário.

Na coluna de hoje, o Matheus Spiess faz uma análise detalhada das ameaças — reais e exageradas — vindas da China e traz os impactos para os seus investimentos.

O que você precisa saber hoje

ESQUENTA DOS MERCADOS
Recuperação após Evergrande deve mexer com bolsa, em dia de debate sobre precatórios no Brasil. Cautela deve predominar nos mercados até a "Super Quarta" dos Bancos Centrais, mas alta da bolsa de Hong Kong traz algum alívio aos negócios.

RENDA FIXA
Por que a Evergrande derruba o Ibovespa, mas alivia o mercado de juros. Desempenho é oposto ao que se poderia esperar quando há pânico no mercado, diz especialista; contratos DIs para janeiro de 2022 caíram na B3 ontem. 

AMPLIAÇÃO DOS NEGÓCIOS 
Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar. Companhia já detinha uma participação na gestora de propriedades agrícolas; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital.

OFERTA DE AÇÕES
Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições. Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações. 

RUÍDO POLÍTICO
Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara. Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana.

NA ONDA DO MINÉRIO 
Mercado Livre (MELI34) ultrapassa Vale (VALE3) e se torna a empresa mais valiosa da América Latina. A gigante de comércio eletrônico argentina conquistou o posto após a mineradora brasileira perder R$ 43,6 bilhões em valor de mercado na última semana.

EX-ODEBRECHT
Novonor diz que ainda não decidiu modelo de venda de participação na Braskem. Manifestação ocorreu depois de questionamento da CVM sobre plano da empresa para se desfazer de ações da petroquímica na bolsa.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

De olho nos serviços financeiros

Depois da compra da Neoway, B3 (B3SA3) investe US$ 10 milhões em rodada de investimentos na startup Pismo

Com o investimento, a B3 busca aproximar ainda mais a relação com um fornecedor-chave para desenvolvimento futuro em seus mercados

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa desaba junto com o teto de gastos, e lançamento do Auxílio Brasil é adiado

Hoje o Ibovespa viveu um dia sangrento, muito semelhante aos jogos macabros da série-fenômeno que turbinou o balanço da Netflix no terceiro trimestre – e o saldo foi uma queda de quase quatro mil pontos em uma única rodada. No exterior, o dia foi ameno, mas dentro de casa a coisa complicou antes mesmo de o pregão […]

Destaques da mineradora

Produção de minério de ferro da Vale (VALE3) sobe 18% no terceiro trimestre, mas vendas ficam próximas à estabilidade

O número também superou as expectativas dos analistas, que projetavam um total inferior ao registrado entre julho a setembro do ano passado

FECHAMENTO DO DIA

Auxílio Brasil fora do teto de gastos apavora Ibovespa, e índice perde quase 4 mil pontos; dólar e juros disparam

O ministério da Cidadania chegou a anunciar um evento para lançar o novo programa social, mas com a bolsa indo abaixo dos 110 mil pontos, a festa não teve clima para continuar. O anúncio foi cancelado por ora, mas vai ser preciso mais do que isso para tranquilizar o mercado

Batatinha frita 1-2-3

Na Netflix (NFLX34), a virada operacional e financeira veio no Round 6 — e deu impulso ao balanço do terceiro trimestre

A Netflix (NFLX34) deu um salto no número de novos assinantes no trimestre, reanimando um ano que estava péssimo — tudo graças a Round 6

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies