Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2021-05-26T09:04:14-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

HIX e o lado oculto da bolsa, Neogrid, BTG e outros destaques do dia

26 de maio de 2021
9:04
Pile,Coin,Money,With,Account,Book,Finance,And,Banking,Concept
Imagem: Shutterstock

No noticiário de economia, você certamente já se deparou com manchetes que falam da alta ou da baixa da bolsa. Essa afirmação, contudo, não é precisa.

Aquele percentual de valorização ou de queda que os jornais e sites como o Seu Dinheiro mostram diariamente na verdade se refere ao Ibovespa, que é um índice composto hoje por ações de 81 empresas.

Quando olhamos apenas para a variação do indicador, podemos chegar à conclusão de que a bolsa vai muito bem, obrigado. Afinal, ele está bem perto da máxima histórica de 125.076 pontos alcançada em janeiro deste ano.

Não vejo nenhum problema em falar do Ibovespa como uma representação da bolsa. Mas é preciso tomar cuidado e entender que o mercado de ações vai muito além desse índice.

Existe outra face da bolsa que não é representada pelo Ibovespa ou possui uma participação muito pequena no indicador — que ainda por cima é muito concentrado em empresas de commodities e bancos.

O desempenho das ações desse grupo, formado por companhias com maior potencial de crescimento, tem deixado a desejar nos últimos tempos.

Essa notícia, porém, é ótima para quem quer investir na bolsa, pois significa que os papéis estão baratos. Essa é a visão de Rodrigo Heilberg, sócio da HIX Capital.

Com R$ 2 bilhões em patrimônio, a gestora tem um histórico de retorno muito superior ao do Ibovespa com posições fora das chamadas “blue chips” da bolsa. Uma delas rendeu um inesperado ganho de 50% em apenas um dia. Eu conto para você quais são as principais apostas dos fundos da HIX nesta matéria.

O que você precisa saber hoje

PALAVRA DO CEO

O Seu Dinheiro convidou CEOs e fundadores de empresas que abriram o capital recentemente na B3 a escrever sobre o panorama de seus setores. Hoje é a vez de Eduardo Ragasol, da Neogrid, que estreou na bolsa em dezembro de 2020. Ele fala sobre como a adoção de ferramentas como a inteligência artificial ajudam o varejo a enfrentar a atual crise.

MERCADOS

O que mexe com os mercados hoje? O exterior recebeu as falas dos dirigentes do Fed de maneira mista, com o fechamento na Ásia sem direção única, a abertura da Europa no vermelho e os futuros de Nova York avançando. No Brasil, dados de emprego do Caged devem movimentar os negócios.

A abertura de capital de 45 empresas desde o início de 2020 atraiu muitos investidores. Mas os profissionais das gestoras Truxt, SPX e Clave pregam cautela na hora de embarcar em um IPO. Saiba quais são os conselhos destes experientes agentes do mercado financeiro.

EMPRESAS

O BTG Pactual estuda ir novamente ao mercado para captar recursos, com uma nova oferta de ações. A última operação, realizada em janeiro deste ano, rendeu quase R$ 2,6 bilhões ao banco, e desde então, o papel saiu da casa dos R$ 90 para mais de R$ 120.

Em seu primeiro evento público, o novo presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, destacou a importância da continuidade do processo de privatização da elétrica, e falou do potencial de investimentos depois que for confirmada a capitalização. Veja o que pensa e o que projeta o executivo para a companhia.

Fundador e presidente do conselho de administração da Marfrig, Marcos Molina é acusado pela CVM de ter se beneficiado de informações privilegiadas. O executivo nega as acusações e propôs acordo para encerrar o processo. Entenda o caso.

Se o regime político continua fechado, a China parece disposta a abrir cada vez mais a economia. Os reguladores aprovaram uma parceria do banco estatal Industrial & Commercial Bank of China com o Goldman Sachs para gestão de fortunas.

ECONOMIA

O ministro Paulo Guedes defendeu a reforma tributária que está em discussão no Congresso. Para ele, o projeto atual é muito simples, mas é o que “dá para fazer''. Redução de IPI sobre linha branca e descontos para quem tem dívidas com o fisco estão na pauta do governo.

A crise provocada pela pandemia de covid-19 atingiu em cheio a indústria automobilística, e as dificuldades continuam surgindo. A General Motors vai paralisar as atividades da fábrica de São Caetano por seis semanas, por falta de peças e adequação para a produção de uma nova picape.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies