Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-22T09:54:14-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

A rima das commodities, último capítulo da novela da MP da Eletrobras e outros destaques

22 de junho de 2021
9:54
shutterstock_1240465375
Imagem: Shutterstock

A história não se repete, mas rima. Se Mark Twain fosse um analista do mercado financeiro, provavelmente seria um grande especialista em ciclos econômicos.

Logo no começo da crise da covid-19, quem ousasse falar em investir em commodities ou ações de empresas produtoras de matérias-primas seria taxado de louco.

As cotações de todas elas — inclusive do ouro, considerado ativo de proteção — desabaram em meio ao pânico nos mercados diante da total incerteza sobre os rumos da pandemia.

No caso do petróleo, ocorreu algo inimaginável: os preços chegaram a ficar no negativo — ou seja, teve gente pagando para se livrar do óleo.

Estava claro que em algum momento as cotações iriam se recuperar. O que poucos esperavam é que a volta aconteceria tão rapidamente e com tamanha intensidade.

Os trilhões em estímulos despejados na economia pelos governos levaram a um aumento súbito da procura por produtos básicos, ao mesmo tempo em que as cadeias de suprimento estavam desorganizadas pela pandemia.

A grande dúvida dos especialistas agora é se estamos de fato diante de um novo “superciclo” das commodities ou se a pressão sobre os preços vai arrefecer quando houver uma sinalização mais clara de que os juros vão subir lá fora.

Esse é justamente o tema da coluna do Matheus Spiess desta terça-feira. Ele traça um panorama do vai e vem das cotações e diz o que esperar das ações de empresas produtoras de matérias-primas, como a Vale.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

Agora você pode receber áudios com comentários da equipe do Seu Dinheiro, além de notícias e dicas dos melhores investimentos direto na tela do celular. Basta se inscrever gratuitamente no nosso canal no Telegram.

O que mexe com os mercados hoje? A ata da reunião do Copom deve dar o tom dos negócios, juntamente com a repercussão da aprovação da MP da Eletrobras, que deve movimentar o cenário interno. Já no exterior, a fala do presidente do Fed deve acalmar os ânimos dos investidores, preocupados com a antecipação de retirada de estímulos e alta dos juros.

Mais um banco estrangeiro resolveu melhorar a recomendação do Brasil para seus clientes. Depois do Bank of America, o suíço UBS agora classifica o mercado de ações brasileiro como “overweight” — ou seja, com recomendação de compra. Entenda o que está por trás da mudança de perspectiva.

EMPRESAS

Novela perto do fim. A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da MP que viabiliza a privatização da Eletrobras, e rejeitou as sete emendas que foram incluídas pelo Senado no projeto, que agora será encaminhado para sanção presidencial.

Após a “tempestade perfeita” com a paralisação de viagens durante a pandemia, que ocorreu em meio à descoberta de fraudes contábeis, a operadora de turismo CVC anunciou que fará um aumento de capital para iniciar a recuperação.

O setor de telecomunicações tem tudo para agitar o noticiário e o mercado nos próximos meses. A compra da Oi Móvel pelo consórcio formado por Claro, TIM e Vivo tem enfrentado forte resistência por parte de entidades de defesa do consumidor e concorrentes, que pedem à Anatel e ao Cade até mesmo a rejeição da operação.

ECONOMIA

O governo quer mexer no seu dividendo. Para cobrir o "rombo" previsto com a proposta de aumento da faixa de isenção do imposto de renda, o ministro Paulo Guedes sugeriu a volta da tributação dos proventos pagos aos acionistas. Confira nesta matéria o que está em jogo.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies