Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-05-04T09:37:36-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

O Feitiço de Áquila do Copom, Itaú, Alpargatas e outros destaques do dia

4 de maio de 2021
9:24 - atualizado às 9:37
O ator Rutger Hauer em "O Feitiço de Áquila"
O ator Rutger Hauer em "O Feitiço de Áquila" -

De dia, ela se transforma em falcão. À noite, ele vira lobo. A impossibilidade do encontro do casal apaixonado — exceto por um breve intervalo no crepúsculo — move os protagonistas de O Feitiço de Áquila.

Uma versão financeira do clássico filme dos anos 1980 acontece amanhã — justamente ali no horário do pôr do sol, às 18h30 — com o anúncio da decisão do Banco Central sobre a taxa básica de juros (Selic).

O resultado foi praticamente determinado na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), quando os diretores do BC se transformaram em falcões (hawk, em inglês).

No jargão econômico, a ave é relacionada a uma postura mais dura em relação à inflação pelas autoridades monetárias. O que significa usar as garras — no caso, as taxas de juros — para eliminar a presa.

Foi o que aconteceu em março, quando o Copom elevou a Selic em 0,75 ponto percentual e ainda anunciou que provavelmente faria um novo aumento na mesma magnitude. Então, se nenhuma grande surpresa ocorrer, os juros vão subir para 3,50% ao ano amanhã.

A grande dúvida do mercado agora é sobre os próximos passos (ou voos) do BC. Os diretores vão manter a postura de falcão ou podem se transformar novamente em pombos (dove, em inglês) — como são conhecidas as autoridades mais lenientes com a inflação?

Na coluna de hoje, o Matheus Spiess diz o que esperar para o crepúsculo do Copom e os impactos para os seus investimentos, em um cenário com falcões ou pombos à frente do BC.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

Com o clima positivo no exterior e o bom desempenho das ações dos bancos, o Ibovespa fechou em alta de 0,27%, a 119.209 pontos, apesar do cenário local mais conturbado. Já o dólar seguiu a trajetória de queda e recuou 0,24%, a R$ 5,4188.

O que mexe com os mercados hoje? À espera da decisão e do comunicado do Copom sobre os juros, os investidores devem aumentar a cautela, enquanto aguardam maiores desdobramentos sobre a CPI da Covid. O mercado também deve reagir ao balanço do Itaú Unibanco, divulgado ontem à noite.

EMPRESAS

O Itaú surpreendeu com um lucro de R$ 6,4 bilhões, acima das projeções dos analistas. Depois de quatro trimestres seguidos em queda, houve um avanço de 63,6% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado. Mas nem tudo no balanço foi motivo de comemoração.

A Alpargatas, dona da marca Havaianas, assinou um contrato para a compra da Ioasys por R$ 200 milhões, em uma tentativa de preencher as lacunas digitais da companhia. O negócio é mais um rearranjo do varejo depois do baque da pandemia.

A Qualicorp aprovou o pagamento de um total de R$ 570,393 milhões em dividendos. Serão R$ 1,3059 por ação, que serão pagos até 28 de dezembro, de acordo com o comunicado da empresa. Saiba os detalhes de quem terá direito a receber os valores.

A Petrobras aprovou a venda de três usinas termelétricas movidas a óleo combustível localizadas no Polo Camaçari (BA). O valor deve ficar em torno de R$ 95 milhões, mas, de acordo com o comunicado, pode ser alterado até o final das negociações.

Mesmo depois de uma valorização de mais de 300% desde o IPO, o Méliuz decidiu usar parte dos recursos em caixa para um programa de recompra de até 10% dos papéis da empresa no mercado. Saiba mais.

ECONOMIA

Com o agravamento da pandemia, as vendas de veículos novos no país caíram 7,5% em abril ante março. No total, 175,1 mil veículos foram licenciados no mês passado, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Fez uma doação e não sabe como declarar no imposto de renda? Clique aqui e confira como declarar doações no IR e como fazer doações na própria declaração.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies