Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-28T09:41:39-03:00
O melhor do Seu Dinheiro

Mais bolsa, mais dólar, mais tudo: as apostas da Dahlia Capital e outros destaques do dia

28 de abril de 2021
9:41
Do7R8HqXUAIKhQC
Imagem: Ana Carolina Fernandes / Estadão

Sabe aquela sensação de encontrar os preços dos produtos cada vez mais caros a cada ida ao supermercado? Pois os investidores no mercado financeiro estão passando pela mesma experiência.

As cotações de praticamente todos os ativos estão mais altas quando comparadas ao início do ano passado, antes da pandemia da covid-19.

Isso inclui desde os mercados tradicionais, como a bolsa, o dólar e o ouro, até os alternativos, como o bitcoin e as criptomoedas. Esse fenômeno é chamado de “inflação de ativos”.

A valorização é turbinada pelos programas de estímulo trilionários dos governos para conter os efeitos da paralisação da economia.

No mercado, contra fatos — e dinheiro — não há argumentos. Nesse cenário, a melhor alternativa é adotar a “filosofia Tim Maia” de investimentos e ter “mais bolsa, mais dólar, mais tudo” na carteira.

Essa é a visão da Dahlia Capital, uma das gestoras de maior destaque entre as várias casas independentes que surgiram nos últimos anos.

Com R$ 12 bilhões em patrimônio, a Dahlia avalia que a bolsa brasileira segue atrativa e vai se manter em alta, ainda que aos trancos e barrancos. Mas não se trata da única aposta da gestora, que também tem posições compradas nas bolsas dos EUA e em dólar.

A Jasmine Olga e eu conversamos com os sócios da Dahlia, que contaram em detalhes a estratégia da gestora e onde investir num mundo em que todos os preços sobem.

O que você precisa saber hoje

MERCADOS

A Caixa Seguridade captou R$ 5 bilhões em sua oferta pública inicial de ações (IPO). Foi a segunda maior abertura de capital do ano, atrás apenas da CSN Mineração. Confira os detalhes da oferta, incluindo o preço por ação.

Quem também vai estrear no pregão da B3 é a Boa Safra Sementes, que captou R$ 460 milhões em seu IPO. As ações saíram no piso da faixa indicativa, e a oferta contou com elementos de suspense depois de uma tentativa de barrar a operação.

O que mexe com os mercados hoje? As bolsas internacionais operam em compasso de espera pela decisão sobre a política monetária do BC norte-americano. Enquanto isso, o desgaste do ministro Paulo Guedes deve ser analisado de perto pelos investidores, que dividem a atenção com a temporada de balanços.

EMPRESAS

A corretora Warren acaba de receber um aporte de R$ 300 milhões de um grupo liderado pelo GIC, o fundo soberano de Singapura. É o maior cheque recebido pela fintech brasileira. O CEO da empresa, Tito Gusmão, contou ao repórter Victor Aguiar como pretende usar o dinheiro.

Disseram que os bancões estavam numa pior, mas o Santander Brasil está aí para provar o contrário. O banco registrou um lucro líquido de R$ 4 bilhões no primeiro trimestre, uma alta anual de 4,1% — mais uma vez acima das projeções — e com uma rentabilidade de 20,9%.

A Petrobras registrou uma queda anual de 5% na produção do primeiro trimestre deste ano, totalizando 2,77 milhões de barris de óleo equivalente por dia (MMboed). O resultado é reflexo da venda de ativos realizada pela companhia, que tem focado principalmente no pré-sal.

Controladora do Google, a Alphabet registrou lucro líquido de US$ 17,9 bilhões no primeiro trimestre de 2021, em uma alta de 162% em relação ao resultado obtido em igual período do ano passado. A receita deu um salto, com a forte atividade de anunciantes.

ECONOMIA

Paulo Guedes confirmou as mudanças na equipe econômica. Bruno Funchal assumiu a Secretaria Especial de Fazenda e Waldery Rodrigues foi promovido a assessor especial do ministro. A mexida no time ocorreu após a tensão entre o governo e o Congresso em torno do Orçamento de 2021.

Este artigo foi publicado primeiramente no "Seu Dinheiro na sua manhã". Para receber esse conteúdo no seu e-mail, cadastre-se gratuitamente neste link.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Prévia da estatal

Petrobras (PETR4) anuncia produção do terceiro trimestre hoje, mas os dados da ANP já antecipam o que vem por aí; confira

Os dados chegam ao mercado em um momento de fortes críticas à política de preços da companhia e ameaças de desabastecimento

Exile on Wall Street

Quem não tem teto de vidro? As implicações das ameaças ao teto de gastos sobre seus investimentos

Ameaça ao teto fiscal exige atenção redobrada sobre a necessidade de diversificação e algumas proteções para a carteira – e há possíveis bons hedges para o momento

bitcoin (BTC) hoje

É recorde! Bitcoin (BTC) atinge nova máxima histórica com o novo rali das criptomoedas

A aprovação do ETF nos EUA impulsionou a alta do bitcoin, mas a principal criptomoeda do mercado pode subir ainda mais, segundo analistas

MERCADOS HOJE

Ibovespa engata recuperação, mas segue sob pressão do risco fiscal; dólar tem alívio após leilão do BC, mas juros futuros disparam

A agenda local está esvaziada nesta semana, mas os investidores aguardam por um desfecho para a PEC dos precatórios

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: estaria o governo querendo furar o teto?

Ignorando o bom humor internacional de ontem, nós brasileiros vivemos nossa própria realidade, muito afetados com o vaivém de Brasília, que prejudicou bastante os mercados e que promete prejudicar ainda mais nos próximos dias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies