Menu
Rodolfo Amstalden
Exile on Wall Street
Rodolfo Amstalden
Sócio-fundador da Empiricus e autor do Programa de Riqueza Permanente
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-08T10:43:30-03:00
Exile on Wall Street

Rodolfo Amstalden: As três maneiras de ler o mercado

8 de julho de 2021
10:43
ações gráficos empresários bolsa
5 gráficos pra entender a semana - Imagem: Shutterstock

Depois de muita tentativa e erro, depois das tantas histórias contadas à beira da fogueira e depois dos intermináveis sermões dominicais, hoje sabemos que existem pelo menos três grandes maneiras de se interpretar o mundo à nossa volta.

1) Por meio da ciência.

2) Por meio das narrativas.

3) Por meio dos valores morais.

Essas maneiras coexistem, de modo que nenhuma delas é completa o bastante para explicar o mundo por si só.

Por corolário, sendo o mundo financeiro um subconjunto do "mundo véio sem portêra", também aquele pode ser interpretado de acordo com a tríade.

Contudo, fica o alerta de que a terça parte escolhida faz muita diferença sobre os resultados alcançados, dada a distância medida entre respectivos graus de maturação.

Por exemplo: a interpretação estritamente científica dos mercados já alcançou um alto grau de maturação.

Embora sempre válido — e até mesmo necessário — do ponto de vista educacional, o domínio cognitivo das teorias financeiras e de seus modelos quantitativos não representa mais um diferencial prático para os ganhadores de dinheiro.

Em outros termos, diríamos que as oportunidades de arbitragem científica foram equilibradas em torno da média, graças à crescente proficiência técnica do mercado.

Você pode — e deve — ler Benjamin Graham para se educar e se aculturar, mas "O Investidor Inteligente"  não vai transformá-lo em milionário.

Já as outras duas maneiras de interpretar o mundo sofrem de um problema contrário, derivado de sua (talvez eterna) imaturidade.

Na ausência de instrumentos claros de sistematização, é mais difícil se educar sobre a dinâmica das narrativas e da valoração moral. Porém, é justamente desses dois arcabouços que surgem as maiores oportunidades de lucro.

Como acessar essas oportunidades? Como enxergá-las?

Sem poder contar com a educação formal, resta-nos recorrer à sabedoria tácita contida nos atalhos heurísticos.

Para a leitura de assimetrias vantajosas em meio ao jogo narrativo, temos que ficar especialmente atentos à troca de enredos.

Aqui, por exemplo, ainda continua valendo, mas não é mais o melhor momento para se investir na história da reabertura econômica. 

A nova narrativa é política, e já está grávida da narrativa eleitoral.

Lá fora, a história do Risco China ganha corpo outra vez, mas não há como saber se é o início de uma marolinha ou de um tsunami.

Acerca dos valores morais, só conseguimos mirar uma turva hierarquia de tendências de longo prazo, sem jamais identificar seu timing.

Os princípios do ESG já são debatidos no mercado há pelo menos uns 50 anos, mas — como diria Victor Hugo — nada é mais forte do que uma ideia cujo tempo é chegado.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

COMPRA PROGRAMADA

‘Vale Gás’: Ultragaz cria cartão que permite ‘congelar’ o preço e parcelar a compra do gás de cozinha

O GLP é um dos derivados de petróleo afetado pela alta do dólar frente ao real e pela valorização da commodity no mercado internacional

SALTO COM FINANÇAS

Itaú (ITUB4) escala 53 posições em ranking e se torna único brasileiro entre 500 marcas globais mais valiosas; veja lista completa

Além de figurar entre as marcas mais valiosas, o Itaú conquistou uma posição na lista dos 250 principais CEOs ou “guardiões de marca”

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Volatilidade a mil com decisão de juros do Fed, reabertura do fundo da Dynamo e nova aquisição da Petz: veja o que mexeu com o mercado hoje

O bom humor nos mercados era tanto nesta quarta-feira (26) que nem parecia dia de decisão de juros pelo Federal Reserve, o banco central americano. As bolsas americanas e europeias operavam em alta, ainda em clima de recuperação das perdas do início da semana, e o Ibovespa subia mais de 1,5%, ainda puxado pela entrada […]

Por que choras, Elon Musk?

Tesla (TSLA34) entrega balanço de gala, mas escassez de insumos produtivos azeda noite da montadora de Elon Musk e ações despencam em NY

O resultado da montadora veio recheado de recordes no quarto trimestre, mas os investidores concentraram-se em outra linha do balanço

Fechamento Hoje

NY desanda após fala de Powell, mas Ibovespa ainda consegue fechar em alta de quase 1%; dólar sobe na reta final

Decisão de juros do Federal Reserve até que agradou os mercados, mas discurso duro do presidente da instituição virou o humor dos mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies