Menu
2021-05-14T17:28:14-03:00
Jojo Wachsmann
Jojo Wachsmann
COLUNA DO JOJO

Como Jojo Wachsmann investiria o prêmio de R$ 1,5 milhão de Juliette, campeã do BBB21

CIO da Vitreo conta como alocaria uma carteira diversificada, segura e rentável com o prêmio do maior reality show do Brasil

15 de maio de 2021
12:00 - atualizado às 17:28
juliette bbb21
Imagem: Reprodução Instagram

Terminou mais uma edição do reality show mais popular e rentável do país, o Big Brother Brasil. A vencedora do prêmio de R$ 1,5 milhão foi Juliette, desconhecida pelo grande público até então.

Após 100 dias confinada no programa, ela saiu com a quantia de R$ 1,5 milhão no bolso (menos impostos, claro). Um prêmio dessa proporção, em um curto espaço de tempo, certamente provoca uma enorme euforia em quem ganhou, em familiares e amigos.

Mas será que com R$ 1,5 milhão a vida de Juliette está resolvida para sempre?

Vou dar a minha sugestão à Juliette, mas que também serve para você que, em algum momento da vida, pode acabar recebendo um bom dinheiro de forma inesperada.

Aqui está a minha sugestão de carteira ideal para a Juliette e seu prêmio de R$ 1,5 milhão:

Passo 1: A Famosa “Reserva de Emergência”

A reserva de emergência é a parte mais segura e estável do seu portfólio. Tem uma conta “mágica” que eu faço: você precisa ter no mínimo de três a seis meses do custo de vida mensal. E, se você pensar de maneira bastante conservadora, a reserva de emergência pode ser o custo de vida mensal multiplicado por 12 meses. Vamos supor que o custo de vida de Juliette seja de R$ 12.500 por mês (certamente seu custo será maior agora, pós-BBB). Logo, seria prudente ela ter uma reserva de emergência no valor de: R$ 12.500 x 12 meses = R$ 150 mil.

Ou seja, 10% do prêmio do BBB iria compor a reserva de emergência de Juliette. Esse valor pagaria um ano inteiro de custos, ainda que ela não ganhe mais nenhum centavo ao longo do ano. Isso traria uma maior tranquilidade e a ajudaria a não tomar decisões precipitadas, colocando o patrimônio em risco.

Passo 2: A carteira ideal e diversificada

Coloquei logo abaixo um gráfico que possui diferentes opções de investimentos, como: Renda Fixa, Ações, Multimercados, Ativos Internacionais, Fundos Imobiliários, Proteções e Investimentos Temáticos (Criptomoedas).

O Brasil representa somente 2% da economia mundial. Por isso, acredito que nem todas as boas oportunidades de investimentos estão aqui.

db_img_02
Carteira Teórica, Fonte: Vitreo

Todos os tipos de investimentos dessa carteira foram pensados para ela atingir a liberdade financeira daqui a 10 anos. Em um primeiro instante, pode parecer difícil ter o conhecimento técnico para executar com maestria essa carteira. Mas, se Juliette já estiver com sua conta aberta na Vitreo, ela pode facilmente usar algumas das soluções encontradas lá, que abrangem quase todo esse gráfico: FoF Melhores FundosCarteira Universa e FoF SuperPrevidência 2.

Lembrando que esta é uma Carteira hipotética que não considerou o real perfil de risco e nem os principais objetivos dos investimentos da Juliette. Antes de investir, é sempre importante ter esses dois pontos bem definidos.

Eu gravei uma aula que tem mais de 30 minutos, mostrando como montei essa carteira para alcançar a liberdade financeira. Então, se você quiser ver na prática como penso em uma carteira diversificada, te convido a clicar no botão abaixo e assistir a esse vídeo gratuito.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

de olho na reabertura

Vacina no braço e compra de ações: por que o UBS (o banco suíço) agora recomenda a bolsa brasileira

Banco suíço cita as revisões de crescimento para a economia brasileira, menor risco fiscal, expectativa de lucro das empresas e preços em patamares “convidativos”

seu dinheiro na sua noite

Anitta no conselho do Nubank, mais ofertas de ações e o ponto de inflexão do minério de ferro

Acostumado a fazer barulho no mercado, o Nubank fez, nesta segunda-feira, mais um anúncio que deu o que falar: a contratação da cantora e empresária Anitta para integrar o conselho de administração da empresa. A garota do Rio, nascida no bairro suburbano de Honório Gurgel e alçada à fama pelo funk carioca, ocupará uma cadeira […]

linhas 8 e 9

CCR assina acordo de acionistas com RuasInvest no Consórcio Via Mobilidade

Acordo prevê os porcentuais de participação de 80% da CCR e de 20% da RuasInvest no Consórcio ViaMobilidade Linhas 8 e 9

Microcaps

Panvel (PNVL3): é hora de investir?

A rede Panvel é queridinha no Sul do país. Sua recuperação tem mostrado que ela pode ser uma gema entre as microcaps da Bolsa. Descubra se vale a pena investir nela no Chama o Max de hoje.

sinal verde

Câmara aprova texto-base da MP que viabiliza privatização da Eletrobras

Placar foi de 258 votos contra 136; texto já havia sido aprovado pela Casa, mas voltou depois de alterações no Senado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies