Menu
2020-08-31T19:28:09-03:00
Estadão Conteúdo
é oficial

EUA confirmam corte em cota de importação de aço semiacabado do Brasil

Cota de importação isenta de tarifas de aço semiacabado do Brasil foi reduzida de 350 mil toneladas métricas para 60 mil toneladas métricas até o fim de 2020

31 de agosto de 2020
13:47 - atualizado às 19:28
Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

O Escritório do Representante Comercial dos Estados Unidos (USTR, na sigla em inglês) confirmou nesta segunda-feira, 31, a redução da cota de importação isenta de tarifas de aço semiacabado do Brasil, de 350 mil toneladas métricas para 60 mil toneladas métricas até o fim de 2020. As cotas para outros tipos de produtos de aço do País foram mantidas, assim como as cotas impostas sobre o aço mexicano.

A magnitude do corte foi adiantada no sábado pelo presidente do Instituto Aço Brasil, Marco Polo Lopes ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado). No mesmo dia, o Ministério da Economia e o Itamaraty emitiram nota conjunta comunicando a redução, sem especificar volumes.

De acordo com o USTR, a mudança responde aos impactos da crise do novo coronavírus sobre os produtores de aço americanos. Uma nova rodada de conversas entre as partes ocorrerá em dezembro, de acordo com o USTR, para fixar a cota para 2020. "Neste momento, esperamos que as condições de mercado tenham melhorado", pontua o órgão em comunicado.

Na nota, o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, agradeceu ao ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pelo que chamou de "diálogo construtivo". "As discussões entre os Estados Unidos e o Brasil sobre o fortalecimento de nossas relações comerciais para o futuro estão indo bem. Nossas conversas bem-sucedidas sobre este assunto comprovam o valor do envolvimento sincero e de boa fé entre os parceiros comerciais", diz Lighthizer.

México

A cota de importação para todos os tipos de aço mexicano, ao contrário do brasileiro, não sofreu alteração por parte do governo americano. Segundo o comunicado, Washington vai consultar o país latino em dezembro de 2020, para discutir o setor à luz das condições de mercado da época.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

risco fiscal

TCU, Congresso e mercado veem drible a teto e ‘pedalada’ em Renda Cidadã

Divulgação da proposta azedou o humor dos investidores e resultou na disparada do dólar (alta de 1,44% fechando a R$ 5,63) e dos juros futuros, além de a Bolsa ter despencado (queda de 2,41%)

NOVIDADE NA BOLSA

Em meio à volatilidade do mercado, Boa Vista capta R$ 2,17 bilhões em IPO

Enquanto outras empresas estão encontrando dificuldades para emplacar suas ofertas, birô encontrou boa receptividade do mercado

inovação

Startup de e-commerce Vtex prevê movimentar US$ 8 bilhões este ano

Empresa anunciou que levantou uma rodada de aportes de R$ 1,25 bilhão, liderada pelos fundos Tiger Global e Lone Pine Capital

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Lembrar do passado é sofrer duas vezes: pedaladas e uma eleição americana

Enquanto aqui o mercado clama por responsabilidade fiscal e austeridade, lá fora os investidores estão sedentos por mais e mais esteróides

empresa vai às compras

Hapvida anuncia aquisição do Grupo Santa Filomena por R$ 45 milhões

Com a compra, empresa avança sobre o estado de São Paulo; operação depende de aval dos órgãos reguladores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements