';

IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2020-01-29T13:34:34-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores

Caixa vai fazer “road show” de IPO da Caixa Seguridade em todos os Estados

O banco pretende fazer a abertura de capital das subsidiárias de seguridade e de cartões neste ano. As outras duas unidades – loterias e gestora de fundos – devem demorar um pouco mais

29 de janeiro de 2020
13:34
Pedro Guimarães
Novo presidente da Caixa, Pedro Guimarães - Imagem: Divulgação

Durante uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), os principais executivos da empresa que vai abrir o capital costumam fazer uma série de viagens para encontrar os potenciais investidores. Esse processo é conhecido como “road show” e acontece principalmente fora do país, em locais como Nova York.

Mas o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, revelou hoje que pretende estender o “road show” do IPO da Caixa Seguridade para os 27 Estados brasileiros.

Ele próprio e os demais vice-presidentes do banco público devem se dividir para falar e atrair empresários locais e clientes do banco para a oferta de ações da subsidiária.

O presidente da Caixa disse que pretende colocar o banco na distribuição de ações para o público de varejo. “A Caixa é o banco de todos os brasileiros e isso vale para o mercado de capitais”, disse Guimarães, em apresentação durante evento promovido pelo Credit Suisse, em São Paulo.

O banco tem planos de fazer a abertura de capital das subsidiárias de seguridade e de cartões neste ano. As outras duas unidades – loterias e gestora de fundos – devem demorar um pouco mais.

30 milhões no microcrédito

Guimarães também revelou planos ambiciosos para a linha de microcrédito que será lançada pelo banco. Ele disse que o objetivo é alcançar 30 milhões de clientes e que vai reduzir “fortemente” a taxa de juros do produto.

O presidente da Caixa aproveitou para defender o corte de juros feito pelo banco nas linhas do cheque especial. “Como cobrar 14% ao mês do pobre?” Ele disse que o spread do produto é historicamente alto porque a carteira é pequena.

O executivo também falou sobre a linha de crédito imobiliário com taxas pré-fixadas, que o banco deve lançar nas próximas semanas. Aos jornalistas, Guimarães afirmou que os juros cobrados devem ficar abaixo de 10% ao ano.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

O QUE É ISSO, UM LIVRO?

Bilionário indiano rebate acusações de fraude após Adani Group perder US$ 72 bilhões em valor de mercado

30 de janeiro de 2023 - 14:05

Gautam Adani publicou um documento de 413 páginas refutando as alegações da Hindenburg Research de fraude contábil e lavagem de dinheiro

DESTAQUES DA BOLSA

CVC (CVCB3) despenca na B3 e lidera quedas do Ibovespa hoje — o que está por trás da queda?

30 de janeiro de 2023 - 13:48

A companhia subiu forte na semana passada, mas a correção das cotações não é o único fator por trás do desempenho negativo hoje

MAIOR QUE O ANUNCIADO

Refez as contas: Philips (re)anuncia corte no quadro de funcionários após prejuízo bilionário

30 de janeiro de 2023 - 13:02

A empresa holandesa informou que as demissões devem se concentrar nos Estados Unidos e na Holanda

Novidade para o futuro

De olho na aposentadoria, título Tesouro RendA+ estreia pagando mais de 6% acima da inflação; simulador está fora do ar

30 de janeiro de 2023 - 12:04

Nova linha de títulos do Tesouro tem como meta complementar a aposentadoria e estreia com oito datas de vencimento diferentes

PASSA NO BITCOIN

Binance se une com Mastercard e replica cartão pré-pago lançado na Argentina ano passado para o Brasil

30 de janeiro de 2023 - 11:05

Segundo números mais recentes, a bandeira Mastercard é aceita em 90 milhões de estabelecimentos em todo o mundo — e, no Brasil, os clientes querem usar mais cripto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies