Menu
2020-09-08T12:46:46-03:00
Estadão Conteúdo
Crise

União desembolsa R$ 599,93 milhões em agosto para honrar dívidas de governos regionais

De janeiro a julho deste ano, o Tesouro já bancou R$ 6,289 bilhões em empréstimos de Estados e municípios.

8 de setembro de 2020
12:46
dinheiro impostos real
Imagem: Shutterstock

O Tesouro Nacional precisou desembolsar R$ 599,93 milhões em agosto para 2020 para honrar débitos bancários com garantias da União que não foram quitados pelos governos estaduais no mês passado.

Os valores referem-se a dívidas de R$ 276,18 milhões do Maranhão, R$ 208,90 milhões de Minas Gerais, R$ 111,85 milhões do Rio de Janeiro e R$ 3,01 milhões do Rio Grande do Norte.

De janeiro a julho deste ano, o Tesouro já bancou R$ 6,289 bilhões em empréstimos de Estados e municípios.

A lista é encabeçada por Minas Gerais, com R$ 2,208 bilhões, seguida de perto pelo Rio de Janeiro, com R$ 2,162 bilhões.

Ao todo, 14 Estados e sete prefeituras deixaram de pagar algum compromisso com garantia da União desde o começo deste ano.

O governo fluminense está autorizado a não honrar esses compromissos na condição de único a ter feito a adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) dos Estados desde 2017.

Além disso, a União está impedida de executar as contragarantias - ou seja, sequestrar parte dos repasses de receitas - de diversos Estados que obtiveram liminares no Supremo Tribunal Federal (STF) nos últimos dois anos.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

fatia relevante

Gestora Atmos passa a deter 6,68% das ações preferenciais do Inter

Fundo passou a deter cerca de 25,3 milhões de papéis PN do Inter

seu dinheiro na sua noite

Onde está o Guedes?

Paulo Guedes esteve presente ontem no anúncio do programa Renda Cidadã pelo governo, ao lado de Jair Bolsonaro e lideranças do Congresso. Mas os investidores no mercado financeiro não reconheceram no ministro a figura que prometeu implementar uma agenda de medidas liberais na economia, incluindo privatizações e reformas. A desconfiança sobre como a equipe econômica encaixaria […]

ajuste fiscal

Propostas para o Renda Cidadã não têm intenção de driblar teto, diz secretário do Tesouro

“A gente sabe que o teto é baseado em credibilidade e não adianta tomarmos ações que minem a credibilidade do teto”, disse Bruno Funchal

Mercado agora

Ibovespa fecha em queda com descrença sobre possível recuo de ‘pedalada’

No exterior, expectativa em torno do primeiro debate entre os principais candidatos à presidência dos EUA inibiu apetite por risco

Fiador sem crédito

Investidores veem omissão de Guedes no Renda Cidadã e mostram cansaço com “Posto Ipiranga”

Agentes do mercado financeiro questionam voto de confiança no ministro da Economia como fiador da disciplina fiscal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements