Menu
2020-10-14T15:55:37-03:00
Estadão Conteúdo
Fluxo Cambial

Saída de dólar supera entrada em US$ 18,464 bi no ano até 9 de outubro

O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

14 de outubro de 2020
15:55
dolar nota
Nota de dólar -

O fluxo cambial do ano até 9 de outubro ficou negativo em US$ 18,464 bilhões, informou nesta quarta-feira, 14, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 18,342 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 9 de outubro foi de US$ 52,166 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 366,269 bilhões e de envios no total de US$ 418,435 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 9 de outubro ficou positivo em US$ 33,703 bilhões, com importações de US$ 119,60 bilhões e exportações de US$ 153,303 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 20,186 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 54,607 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 78,510 bilhões em outras entradas.

Outubro

Depois de encerrar setembro com saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 234 milhões em outubro até o dia 9.

O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 39 milhões em outubro até o dia 9. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 10,292 bilhões e de retiradas no total de US$ 10,253 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de outubro até o dia 9 é positivo em US$ 195 milhões, com importações de US$ 3,487 bilhões e exportações de US$ 3,682 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 295 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 1,349 bilhão em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 2,038 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial registrado na semana passada (de 5 a 9 de outubro) para o Brasil ficou positivo em US$ 204 milhões.

O canal financeiro apresentou entrada líquida de US$ 175 milhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 7,240 bilhões e de envios no total de US$ 7,065 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 29 milhões, com importações de US$ 2,726 bilhões e exportações de US$ 2,754 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 205 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 1,109 bilhão em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,440 bilhão em outras entradas.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Quem quer comprar?

Corrida por aquisições pode elevar ofertas na Bolsa a R$ 200 bi neste ano

Analistas apontam que as empresas estão buscando cada vez mais as ofertas públicas de ações para viabilizar fusões e aquisições

Mercado aquecido

O minério de ferro virou pedra preciosa — e Vale e siderúrgicas são joias na bolsa

O minério de ferro sobe forte desde 2020 e já vale mais de US$ 200 a tonelada. Um cenário animador para Vale, Gerdau, CSN e Usiminas

Segue na gaveta

Após defender proposta do governo, Guedes afirma não estar surpreso com falta de avanço da reforma administrativa na pandemia

O ministro também criticou a estabilidade após pouco tempo de serviço público, um dos alvos da proposta de reforma do governo

INVESTIMENTOS

ETF de criptomoedas: conheça o HASH11, a oportunidade de comprar bitcoin e outras 5 criptos na bolsa com um clique

Com esse fundo, é possível ter exposição a criptoativos de maneira simples, segura e regulada. Em entrevista ao podcast RadioCash, executivos da gestora brasileira Hashdex explicam quais os riscos e oportunidades do ETF e desse criptomercado, confira:

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies