Menu
2020-06-26T08:49:00-03:00
COMPANHIA DURAMENTE CRITICADA

Rio corre contra o relógio para vender Cedae

Cedae foi duramente criticada ontem na primeira audiência pública virtual sobre o modelo de venda proposto pelo BNDES.

26 de junho de 2020
8:48 - atualizado às 8:49
Cedae
Imagem: Facebook / Cedae

A velocidade do governo do Estado do Rio de Janeiro para vender parte dos serviços hoje prestados pela Companhia de Abastecimento de Águas e Esgoto do Rio de Janeiro (Cedae) foi duramente criticada ontem na primeira audiência pública virtual sobre o modelo de venda proposto pelo BNDES. A reunião durou mais de seis horas e teve a participação de cerca de 300 pessoas.

O governo estadual corre contra o tempo para tentar vender a outorga dos serviços e pagar um empréstimo feito em 2017, com garantia das ações da Cedae, feito pelo então governador Luiz Fernando Pezão. Se não honrar o empréstimo de R$ 4,5 bilhões em dezembro deste ano, a empresa poderá ser federalizada. Apesar de oficialmente ainda trabalhar com a licitação para este ano, nos bastidores o governo estadual já estuda alternativas para não perder a estatal, como renegociar o contrato com a União. A tendência é de que a venda ocorra no início de 2021, já admitem autoridades. Nem mesmo o valor da outorga foi definido, o que será conhecido apenas ao fim das audiências públicas, em agosto.

A concessão da Cedae depende da adesão de 64 municípios separados em quatro blocos pelo banco de fomento. As próximas audiências públicas virtuais serão realizadas em 6 de julho e 4 de agosto.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

decisão da justiça

Ex-secretário, vereador e empresário de Marília tornam-se réus por fraudes

De acordo com o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

caso queiroz

Citados em ‘rachadinha’ continuam com cargos

Ex-assessores fazem parte de uma lista de 69 pessoas que trabalharam com Flávio Bolsonaro e tiveram sigilo bancário e fiscal quebrados por decisão da Justiça em abril do ano passado

veja números de sábado

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira

Caixa promove a mega semana das férias, com três concursos na próxima semana, que ocorrerão na terça-feira, quinta-feira (16) e sábado (18)

nem tudo é sucesso

O projeto de Jeff Bezos que levou seis anos, milhões de dólares — e fracassou

Sem alarde, Amazon lançou em maio deste ano um jogo chamado “Crucible”, que foi retirado para download gratuito poucas semanas após ser disponibilizado

após marco legal

Estatais de saneamento pressionam governo por crédito

Empresas querem que o CMN retire os financiamentos às estatais de saneamento do cálculo do limite de exposição dos bancos ao setor público

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements