Menu
2020-05-29T10:55:20-03:00
Estadão Conteúdo
EFEITO CORONAVÍRUS

Renault anuncia corte de 14 mil postos de trabalho em 3 anos; ação cai mais de 6%

A montadora vai reduzir sua produção global de veículos de 4 milhões de automóveis para 3,3 milhões até 2024.

29 de maio de 2020
10:55
Automóveis
Imagem: Shutterstock

A Renault anunciou nesta sexta-feira, 29, que pretende cortar mais de 14 mil postos de trabalho ao longo de três anos, como parte de seu plano de reduzir custos fixos em mais de 2 bilhões de euros, em resposta à queda na demanda causada pela crise do novo coronavírus. Em resposta ao anúncio, às 07h55 de Brasília, a ação da empresa caía 6,03% no índice CAC 40, da Bolsa de Paris.

"As mudanças planejadas são fundamentais para garantir a sustentabilidade da empresa e seu desenvolvimento a longo prazo", disse o presidente do conselho de administração da Renault, Jean-Dominique Senard. A montadora vai reduzir sua produção global de veículos de 4 milhões de automóveis para 3,3 milhões até 2024.

A Renault ainda declarou, por meio de nota, que a França será o país mais afetado pelos cortes, com fechamento de pelo menos 4.600 vagas.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

executivo dos sonhos

Otimismo toma conta de investidores da BR Distribuidora com chegada de ex-CEO da Eletrobras

Trabalho feito pelo executivo na Eletrobras anima investidor quanto às perspectivas futuras da distribuidora de combustíveis

Mercado de capitais

Caixa terá “foco total” no IPO de cinco subsidiárias na B3, incluindo o banco digital

Banco público quer levar para a bolsa as unidades de seguros, cartões, fundos, loterias e o recém criado banco digital, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Prévias

XP Inc. atinge R$ 660 bilhões em ativos sob custódia e 2,8 milhões de clientes em 2020

Ativos sob custódia cresceram 61% em relação a 2019, com captação líquida de R$ 198 milhões e valorização de mercado de R$ 53 milhões

Exile on Wall Street

Vendo Monza 2.0, única dona

Era descolado ter um Monza quando ele chegou ao Brasil. Mas seria ridículo ter um Monza ainda hoje. E tudo bem. O Monza continua com sua marca na história do mercado automobilístico brasileiro.

PODCAST TELA AZUL

Tela Azul #16: A profissão do Futuro e o que procuramos para investir numa empresa de educação

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Felipe Paiva, fundador da Let’s Code.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies