Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-17T12:41:05-03:00
Estadão Conteúdo
Projeções

Prisma fiscal aponta déficit primário de R$ 855,318 bi em 2020 no Governo Central

Para o próximo ano, a projeção do Prisma Fiscal é de um rombo de R$ 226 bilhões nas contas do Governo Central, ante uma estimativa anterior de déficit de R$ 213,882 bilhões

17 de setembro de 2020
12:41
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real
Imagem ilustrativa - Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Os economistas consultados mensalmente pelo Ministério da Economia pioraram a projeção para o tamanho do rombo nas contas públicas em 2020. De acordo com o Prisma Fiscal divulgado nesta quinta-feira, 17, pela Secretaria de Política Econômica (SPE) da pasta, a estimativa para o déficit primário do Governo Central neste ano passou de R$ 822,605 bilhões para R$ 855,318 bilhões. No começo de setembro, a equipe econômica atualizou sua projeção de déficit em 2020 para R$ 866 bilhões, equivalente a 12,4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Para o próximo ano, a projeção do Prisma Fiscal é de um rombo de R$ 226 bilhões nas contas do Governo Central, ante uma estimativa anterior de déficit de R$ 213,882 bilhões. No fim de agosto, o governo enviou ao Congresso Nacional a Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021, com uma previsão de déficit primário de R$ 233,6 bilhões.

De acordo com os analistas de mercado ouvidos pela SPE, a Dívida Bruta do Governo Geral (DBGG) deve chegar a 94,55% do PIB no fim de 2020 e subir para 95,60% do PIB no fim de 2021. As projeções anteriores estavam em 94,30% e 95,00%, respectivamente.

O Prisma de setembro também trouxe revisões na estimativa para a arrecadação federal total em 2020, que passou de R$ 1,391 trilhão para R$ 1,393 trilhão, com receita líquida de R$ 1,137 trilhão. Já para 2021, a projeção para a arrecadação caiu de R$ 1,562 trilhão para R$ 1,560 trilhão, com R$ 1,300 trilhão de receita líquida.

Com a prorrogação do auxílio emergencial até o fim deste ano, a projeção para a despesa total em 2020 subiu de R$ 1,946 trilhão para R$ 1,987 trilhão. Em 2021, sem o orçamento de guerra de combate à pandemia de covid-19, a estimativa para a despesa total do Governo Central caiu de R$ 1,525 trilhão para R$ 1,521 trilhão.

No curto prazo, os economistas que participam do Prisma esperam déficits primários de R$ 83,515 bilhões em setembro, R$ 41,125 bilhões em outubro e R$ 56,769 bilhões em novembro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Em busca de solução

Bolsonaro diz que conversou com ministro sobre como reduzir preço de combustíveis

Na tentativa de se defender sobre a alta dos valores, o presidente citou avanço das cotações também nos Estados Unidos

Bilionário X Bitcoin

“Eu realmente não ligo para o bitcoin (BTC)”, afirma CEO do JP Morgan, que vê potencial de crescimento de até dez vezes para o preço da criptomoeda

Em entrevista ao jornal Times of India, Jamie Dimon mostrou que segue com ceticismo em torno do mercado de criptomoedas

Federal reserve

Dirigente do Fed vê economia próxima de atingir nível para início de tapering

Evans disse a instituição irá concentrar esforços no sentido de gerar inflação sustentável que seja consistente com sua meta oficial

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: uma recomendação simples e direta para comprar agora; confira

Às vezes, a gente conta história, se mete a falar de filosofia, apresenta uma teoria com o intuito de demonstrar um ponto. E, às vezes, não tem nada disso. Seguimos a via mais direta nesta segunda-feira. Se aparecer uma oportunidade simples e eficiente, você deve aproveitá-la sem tergiversar.  Difícil entender a preferência de algumas pessoas […]

Mercados Hoje

Recuperação do petróleo e do minério de ferro puxam Ibovespa para o campo positivo, mas NY limita os ganhos

A semana está recheada de números importantes para o mercado, mas a segunda-feira começa no vermelho para o Ibovespa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies