Menu
2020-09-17T12:41:05-03:00
Estadão Conteúdo
Projeções

Prisma fiscal aponta déficit primário de R$ 855,318 bi em 2020 no Governo Central

Para o próximo ano, a projeção do Prisma Fiscal é de um rombo de R$ 226 bilhões nas contas do Governo Central, ante uma estimativa anterior de déficit de R$ 213,882 bilhões

17 de setembro de 2020
12:41
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real
Imagem ilustrativa - Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Os economistas consultados mensalmente pelo Ministério da Economia pioraram a projeção para o tamanho do rombo nas contas públicas em 2020. De acordo com o Prisma Fiscal divulgado nesta quinta-feira, 17, pela Secretaria de Política Econômica (SPE) da pasta, a estimativa para o déficit primário do Governo Central neste ano passou de R$ 822,605 bilhões para R$ 855,318 bilhões. No começo de setembro, a equipe econômica atualizou sua projeção de déficit em 2020 para R$ 866 bilhões, equivalente a 12,4% do Produto Interno Bruto (PIB).

Para o próximo ano, a projeção do Prisma Fiscal é de um rombo de R$ 226 bilhões nas contas do Governo Central, ante uma estimativa anterior de déficit de R$ 213,882 bilhões. No fim de agosto, o governo enviou ao Congresso Nacional a Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021, com uma previsão de déficit primário de R$ 233,6 bilhões.

De acordo com os analistas de mercado ouvidos pela SPE, a Dívida Bruta do Governo Geral (DBGG) deve chegar a 94,55% do PIB no fim de 2020 e subir para 95,60% do PIB no fim de 2021. As projeções anteriores estavam em 94,30% e 95,00%, respectivamente.

O Prisma de setembro também trouxe revisões na estimativa para a arrecadação federal total em 2020, que passou de R$ 1,391 trilhão para R$ 1,393 trilhão, com receita líquida de R$ 1,137 trilhão. Já para 2021, a projeção para a arrecadação caiu de R$ 1,562 trilhão para R$ 1,560 trilhão, com R$ 1,300 trilhão de receita líquida.

Com a prorrogação do auxílio emergencial até o fim deste ano, a projeção para a despesa total em 2020 subiu de R$ 1,946 trilhão para R$ 1,987 trilhão. Em 2021, sem o orçamento de guerra de combate à pandemia de covid-19, a estimativa para a despesa total do Governo Central caiu de R$ 1,525 trilhão para R$ 1,521 trilhão.

No curto prazo, os economistas que participam do Prisma esperam déficits primários de R$ 83,515 bilhões em setembro, R$ 41,125 bilhões em outubro e R$ 56,769 bilhões em novembro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O melhor do Seu Dinheiro

Loucura de março

O mês de março é conhecido nos Estados Unidos pelo march madness, quando ocorre o principal torneio de basquete entre universidades do país. Diferentemente daqui, lá não existe categoria de base de clubes – os potenciais atletas passam primeiro pela faculdade, onde suas habilidades são lapidadas antes de irem para a NBA. E com a vantagem […]

Ministro da Economia

Presidente sempre nos apoia no momento decisivo, diz Guedes sobre PEC Emergencial

“A PEC é um compromisso com a saúde do povo e com a responsabilidade fiscal. Agradeço ao presidente Bolsonaro, que, no momento decisivo, sempre nos apoia”, afirmou Guedes

Esquenta dos Mercados

Índices futuros de NY invertem e operam em alta, mas indicador brasileiro cai

Veja o que será destaque para esta sexta-feira (05): Treasuries voltam a pressionar bolsas internacionais e ibovespa pode não resistir

Vai ou fica?

Conselheiros do Banco do Brasil defendem permanência de Brandão na presidência

Na semana passada, André Brandão avisou o presidente Jair Bolsonaro que colocou o cargo à disposição, o que deflagrou uma corrida política pela vaga

em busca de soluções

Governo avalia fundo e Cide juntos para estabilizar preço de combustíveis

Alta do preço dos combustíveis tem sido criticada por Bolsonaro e resultou na demissão de Roberto Castello Branco da Petrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies