Menu
2020-03-20T15:36:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
diante da crise

Governo derruba para 0,02% estimativa para PIB em 2020

Efeitos de contenção do coronavírus em todo o mundo, envolvendo a restrição de circulação de pessoas, faz a pasta rever as estimativas para a economia neste ano

20 de março de 2020
15:05 - atualizado às 15:36
Ministro da economia, Paulo Guedes
Ministro da economia, Paulo Guedes - Imagem: Fernando Frazão/Agencia Brasil

O governo federal reviu a projeção de alta do Produto Interno Bruno (PIB) em 2020 para 0,02%, diante dos impactos do novo coronavírus na economia. Há pouco mais de uma semana, a estimativa do Executivo era de alta de 2,1%. Em 2019, a economia brasileira cresceu 1,1%, e em 2018, 1,3%.

A revisão nas estimativas divulgada pelo Ministério da Economia está em linha com as expectativas mais recentes do mercado financeiro. Nos últimos dias, instituições como Itaú Unibanco, Goldman Sachs e Credit Suisse passaram a projetar de baixo crescimento até retração do PIB neste ano.

As expectativas para o Brasil estão em linha com a baixa na revisão para o PIB global, diante da paralisação das atividades econômicas por causa da pandemia do coronavírus.

A revisão do governo deve afetar as contas públicas: as estimativas de arrecadação tributária são de queda, ao passo que os gastos devem aumentar. Com o cenário já estabelecido, o governo decidiu decretar estado de calamidade pública nesta semana - aprovada hoje no Senado.

Com o decreto, o governo não é mais obrigado a cumprir a meta de resultado primário para o ano - de um déficit de R$ 124,1 bilhões - e recursos não precisarão ser bloqueados.

Estimativas mais apontam rombo de cerca de R$ 200 bilhões em 2020 por causa dos efeitos da pandemia. Segundo o Ministério da Economia, a medida só impacta a meta fiscal e não livra a União de cumprir o teto de gastos e a regra de ouro.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

PRÉVIA DOS BALANÇOS

Os grandões vêm aí: Petrobras e Vale divulgam os resultados; veja o que esperar

Semana será marcada pela apresentação dos resultados de algumas das principais companhias da B3

agenda lotada

Os segredos da bolsa: balanços de pesos-pesados podem manter Ibovespa em alta em semana de Copom

Lá fora, resultados do terceiro trimestre de Amazon, Apple, Facebook, Google e Microsoft são destaques, além de decisões de bancos centrais

O GRANDE DRAGÃO VERMELHO

Pandemia deve reforçar poder chinês na economia

Movimento aponta para a continuidade das tensões com Estados Unidos e manutenção da alta demanda por matérias-primas produzidas pelo Brasil

PANOS QUENTES

‘Apresentei desculpas e colocamos ponto final’, diz Salles sobre atrito com Ramos

Salles e Ramos protagonizaram o mais recente atrito dentro do governo, tornado público após chefe do Meio Ambiente se referir ao general como “Maria Fofoca”

ALÍVIO

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

Média móvel de novos casos ficou em 22.483 no sábado, alta de 11% em relação aos casos da semana anterior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies