Menu
2020-06-08T06:56:24-03:00
de olho na economia

PIB japonês sofre contração anualizada de 2,2% entre janeiro e março

Queda, no entanto, foi menor do que a redução de 3,4% inicialmente estimada em maio

8 de junho de 2020
6:56
Bandeiras do Japão
Bandeiras do Japão - Imagem: Shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) do Japão encolheu a um ritmo anualizado de 2,2% no trimestre até março, segundo revisão do governo que confirmou que o país asiático entrou em recessão devido ao impacto da pandemia de coronavírus.

A queda, no entanto, foi menor do que a redução de 3,4% inicialmente estimada em maio.

Como o PIB já tinha sofrido contração anualizada de 7,3% no trimestre até dezembro, o declínio nos três meses seguintes marcou o início de uma recessão técnica no Japão. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 41,8 mil novos casos e 1.300 óbitos em 24h

Até o momento, 1.209.208 de pessoas se recuperaram da doença

gestor lendário

Ray Dalio volta a dizer que dinheiro é ‘o pior ativo’ e prega diversificação sem ‘real estate’

Dalio participou na noite desta terça-feira (14) de uma das sessões da Expert XP e disse que ativos do mercado imobiliário não são recomendados para a carteira diversificada idealizada por ele

seu dinheiro na sua noite

100 mil é o limite?

No ápice do pânico nos mercados provocado pelo coronavírus, ninguém era capaz de dizer quando (ou quanto) seria o fundo do poço da bolsa. Hoje a grande dúvida dos investidores é saber se chegamos ao teto ou o Ibovespa pode subir ainda mais. O que mais me impressiona não foi nem a mudança da pauta nos mercados, […]

Risco elevado

Preços de ativos têm motivos para subir, mas é hora de pensar em comprar guarda-chuva em dia de sol, diz SPX

Gestora considera que riscos ainda estão elevados e manifestou dúvidas em relação à sustentabilidade do atual nível de estímulo e endividamento global

Bolsa em alta

Petrobras e Vale têm ganhos firmes e puxam a recuperação do Ibovespa; dólar cai

Dados mais fortes na China deram forças ao setor de commodities, impulsionando as ações da Vale e da Petrobras e ajudando o Ibovespa como um todo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements