Menu
2020-04-15T08:33:21-03:00
Estadão Conteúdo
Driblando a crise

Para vender, montadoras anunciam pagamento de 1ª parcela só em 2021

No mês passado, a Ford foi a primeira a oferecer aos clientes a possibilidade de suspensão do pagamento das parcelas de financiamentos em andamento por três meses

15 de abril de 2020
8:33
Montadora de carros e veículos
Imagem: Shutterstock

Com projeção de queda de vendas de mais de 80% neste mês em relação ao previsto antes da pandemia do coronavírus e necessidade urgente de caixa, montadoras e concessionárias lançam medidas para tentar movimentar o mercado de carro novo. Apesar de a produção estar suspensa há várias semanas, o setor tem elevado estoque nas lojas e nos pátios das fábricas.

Em ação iniciada na terça-feira, 14, e com validade até o dia 30, a Fiat oferece seus modelos com financiamento em até 48 meses e primeira parcela a ser paga só em janeiro de 2021. O consumidor precisa dar de 40% a 50% de entrada do preço do carro novo - valor muitas vezes obtido na troca pelo usado. "O cliente que fizer a compra em 48 parcelas vai pagar 43", diz Herlander Zola, diretor comercial da Fiat.

Com carência oferecida pela empresa, as cinco primeiras parcelas a serem cobradas a partir de agosto serão bancadas pela fabricante. "É importante tentar criar atratividade que possibilite ao cliente que tem disponibilidade e necessidade de adquirir um veículo neste momento a fazer o negócio em condições melhores", afirma Zola. Chamado de "Forza 2021", o plano oferece juros de 1,12% ao mês. Na opção de 36 parcelas, a taxa é de 0,99%.

Nos primeiros dez dias do mês, as vendas totais de automóveis e comerciais leves estão na faixa de mil unidades ao dia, quando normalmente a média é de 10 mil a 12 mil. A previsão das fabricantes é de vender no máximo 35 mil veículos neste mês, ante uma projeção de 220 mil antes da piora do cenário econômico em razão da covid-19. Todo o processo de compra pode online, explica Zola.

Na semana passada, a Jeep, outra marca do grupo FCA Fiat Chrysler, já tinha lançado ação propondo assumir o pagamento das oito primeiras parcelas dos SUVs Renegade e Compass.

A Hyundai vende seus modelos via Instagram, WhatsApp e Messenger, já que, por decisão dos governos estaduais, a maioria das revendas está funcionando só para serviços de manutenção. A marca colocou um grupo de vendedores em showrooms para atender e mostrar os carros por chamadas de vídeo. "Também temos um serviço para levar o veículo até o cliente para test-drive", informa Jan Telecki, responsável pela área de marketing da Hyundai.

De casa

A Ford criou um canal de atendimento chamado de "Compre Sem Sair de Casa", que permite ao interessado fazer todo o processo de negociação, desde a procura até a decisão de compra sem precisar ir à revenda. "Percebemos que alguns clientes mantiveram suas compras e nosso canal oferece comodidade e conveniência", diz o diretor de marketing e vendas, Antonio Baltar Jr.

No mês passado, a Ford foi a primeira a oferecer aos clientes a possibilidade de suspensão do pagamento das parcelas de financiamentos em andamento por três meses. Elas serão cobradas no final do contrato. A Volkswagen Financial Services (braço financeiro da montadora), permite ao cliente que está com as prestações em dia prorrogar o próximo pagamento em até dois meses, sem alteração no juro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Desde 2015

CVM faz comunicação recorde de indícios de crimes ao Ministério Público

De janeiro a setembro deste ano, a CVM enviou 260 comunicados de indícios de crimes financeiros ao Ministério Público.

setor em transformação

Dezembro vai ser bom para o varejo, mas 2021 é imprevisível, diz Luiza Trajano

Presidente do conselho do Magazine Luiza voltou a pregar união, falou de responsabilidade social do empresariado e pediu para que não se transforme a busca pela vacina em “jogo político”

O maior evento do ano

Reunião anual da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, será novamente virtual em 2021

A Berkshire Hathaway afirmou que a reunião, que acontece em maio, será semelhante à que ocorreu em 2020.

perspectivas para o setor

E-commerce não vai desacelerar porque ainda tem baixa penetração, diz CEO da Locaweb

Fernando Cirne lembrou que apenas 12% das transações do varejo no país são digitais; empresa abriu capital na bolsa em fevereiro e bombou com pandemia

Maior que a do Eike

CVM aplica R$ 926,1 mi em multa até setembro, 18% mais ante mesmo período de 2019

A cifra total até setembro foi impulsionada pelo resultado de um único processo.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies