Menu
2020-06-22T13:51:21-03:00
país em crise

Monitor do PIB aponta queda de 9,3% em abril, diz FGV

Monitor do PIB antecipa a tendência do principal índice da economia a partir das mesmas fontes de dados e metodologia empregadas pelo IBGE

22 de junho de 2020
13:51
crise recessão mundo
Imagem: Shutterstock

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro recuou 9,3% em abril ante março, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Na comparação com abril de 2019, a economia teve redução de 13,5% em abril de 2020.

Para o coordenador do Monitor do PIB-FGV, Claudio Considera, o dado de abril mostra que a retração é a pior da história recente. "A indústria e o setor de serviços, que respondem por aproximadamente 95% do valor adicionado total da economia, também tiveram os maiores recuos de sua série histórica iniciada em 2000, assim como o consumo das famílias e a formação bruta de capital fixo", disse.

O Monitor do PIB antecipa a tendência do principal índice da economia a partir das mesmas fontes de dados e metodologia empregadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo cálculo oficial das Contas Nacionais.

"Em um país que, após três anos de fraco crescimento, ainda não havia conseguido se recuperar da última recessão, finda em 2016, que causou uma retração de 8,1% no PIB ao longo de 11 trimestres, o resultado de retração de 9,3% do PIB em apenas um mês, registrado em abril, não é nada animador e só evidencia os enormes desafios que serão enfrentados pela economia no decorrer de 2020", completou Considera.

O PIB registrou queda recorde em abril tanto na comparação contra o mês imediatamente anterior, quanto em relação ao mesmo mês do ano anterior, em decorrência das medidas de isolamento social necessárias para o combate à pandemia do novo coronavírus, lembrou a FGV.

Na passagem de março para abril, a indústria caiu 15,7%, devido aos recuos da indústria de transformação (-24,3%) e da construção (-11,7%). Os serviços encolheram 7,3% em abril ante março, com perdas relevantes no comércio (-18,3%), transporte (-15,1%) e segmento de outros serviços (-14,0%).

Sob a ótica da demanda, a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) teve retração recorde de 23,0%, enquanto o consumo das famílias também teve queda histórica de 7,7%.

Na FBCF, houve perdas em todos os componentes: máquinas e equipamentos, construção e outros ativos. No consumo das famílias também houve retração generalizada, englobando bens não duráveis, semiduráveis, duráveis e serviços.

Em termos monetários, o PIB alcançou aproximadamente R$ 2,359 trilhões de janeiro a abril, em valores correntes. A taxa de investimento em abril de 2020 foi de 12,1% na série a valores correntes, o menor resultado da série histórica iniciada em 2000.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Aposente-se aos 40 (ou o quanto antes)

100 dias entre o fundo e topo do mercado

Até aqui, 2020 foi o ano de Amyr Klink, em que aqueles que souberam capotar (entre janeiro e o final de março), passaram pela tempestade sem afundar de vez em mar aberto

inflação de alimentos

Após ouvir cobrança, Bolsonaro reforça que preço do arroz não será tabelado

Ministra da Agricultura avisou que atual patamar de preços só deve baixar mesmo a partir de 15 de janeiro, quando entrar a safra brasileira.

ranking da forbes

Varejo invade lista de mais ricos do Brasil; saiba mais sobre os bilionários

Luiza Trajano, Ilson Mateus e Luciano Hang chegam entre os 10 mais ricos do país, em um ano marcado por mudanças no setor varejista, alta das ações e IPOs

Seu Mentor de Investimentos

Como proteger seus investimentos diante do risco de sanções comerciais por causa das queimadas

País tornou-se um pária no mundo por conta do que acontece no Pantanal e na Amazônia, diz colunista Ivan Sant’Anna; ele aponta uma série de tipos de ativos que podem estar imunes a uma eventual protesto da comunidade internacional

caso de fevereiro

Guedes ‘excedeu barbaramente’ limites ao comparar servidor a parasita, diz juíza

Cláudia da Costa Tourinho Scarpa, da 4ª Vara Federal Cível da Bahia, afirmou que o ministro da Economia ‘insultou’ os servidores públicos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements