Menu
2020-01-14T12:09:40-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
estimativas oficiais

Ministério da Economia eleva projeção de alta do PIB para 2,40% em 2020

Já a projeção do Banco Central é de 2,2%. De acordo com o último relatório Focus, os analistas de mercado estimam um crescimento de 2,30% para o PIB de 2020

14 de janeiro de 2020
11:51 - atualizado às 12:09
PIB

O Ministério da Economia divulgou na manhã desta terça-feira a sua projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020. A instituição revisou para cima as expectativas e, de acordo com a nova grade de parâmetros macroeconômicos da pasta, a alta da atividade neste ano deve ser de 2,40%. A estimativa anterior era de 2,32%

De acordo com o Relatório Trimestral de Inflação, divulgado pelo Banco Central em dezembro do ano passado, a projeção do BC é de 2,2%. De acordo com o último relatório Focus, os analistas de mercado estimam um crescimento de 2,30% para o PIB de 2020. Para 2021, a estimativa é de alta de 2,50%.

Inflação

A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) também foi revisado para cima. Segundo o ministério, a estimativa para 2020 passou de 3,53% para 3,62%.

Segundo o RTI, a projeção oficial do Banco Central para a inflação neste ano é de 3,5%. No último relatório Focus, analistas do mercado apontaram uma alta de 3,58%.

O Ministério da Economia também atualizou a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) - utilizado para a correção do salário mínimo. A estimativa de alta passou de 3,54% para 3,73%.

Os números para a alta do Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) em 2020 passou de 4,20% para 4,32%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

coronavírus no país

Covid-19: Brasil tem 1,2 mil novas mortes e 60 mil novos casos

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A questão de Bolsonaro: ser ou não ser liberal

Ser ou não ser liberal. Eis a questão de Jair Bolsonaro. O presidente foi eleito com uma pauta de defesa das reformas, redução do tamanho do Estado e equilíbrio das contas públicas. O fiador desse discurso foi Paulo Guedes, que assumiu o comando da economia. O receituário foi seguido no primeiro ano de mandato, com […]

de olho nos números

Suzano, JBS, B3, Cyrela, Lojas Americanas, B2W, Hering: os balanços que vão mexer com o mercado nesta sexta

Balanços do segundo trimestre devem guiar os negócios no Ibovespa no último pregão da semana

Balanço

B3 tem lucro 28,9% maior no 2º trimestre e aumenta investimento para dar conta do volume da bolsa

A dona da bolsa brasileira registrou lucro líquido recorrente de R$ 1,012 bilhão e pretende investir até R$ 425 milhões em sistemas e novos produtos para o mercado

confiança com capitalização

Para presidente da Eletrobras, saída de Mattar não prejudica privatização

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta quinta-feira, 13, que a saída do secretário especial de Desestatização, Salim Mattar, não irá prejudicar a capitalização da empresa prevista para o ano que vem, e que confia que após debates com o Congresso Nacional, o processo seja aprovado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements