2020-11-27T16:26:03-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Lançamento

Livro de fundador da Empiricus defende o valor da estratégia para o investidor de sucesso

Escrito por Felipe Miranda e pelo jornalista Ricardo Mioto, “Princípios do Estrategista” une os cânones da academia à “sabedoria das ruas” para mostrar como ganhar dinheiro no mercado

28 de novembro de 2020
9:14 - atualizado às 16:26
Felipe Miranda e Ricardo Mioto, da Empiricus - Imagem: Reprodução Editora Intrínseca

Ler os relatórios que os analistas profissionais escrevem sobre as empresas na bolsa pode ser muitas vezes uma tarefa penosa. Talvez por isso eu ainda me lembre do frisson provocado há pouco mais de uma década, quando um texto totalmente original circulou na redação do jornal onde trabalhava.

O conteúdo trazia as tradicionais recomendações na bolsa num tom bem humorado e misturadas a referências inusitadas a filmes como Bastardos Inglórios, de Quentin Tarantino. Como se não bastasse, os analistas ironizavam o próprio trabalho dos colegas da Faria Lima — o centro nervoso do mercado financeiro.

O relatório em questão era assinado por uma casa desconhecida chamada Empiricus, que naquele momento criava um novo negócio no país: o de avaliação e recomendação independente de investimentos.

Então era de se esperar que o livro Princípios do Estrategista, escrito por Felipe Miranda, sócio-fundador e estrategista-chefe da Empiricus, ao lado do jornalista Ricardo Mioto, não se contentasse como a abordagem convencional de "como ganhar dinheiro no mercado financeiro".

A obra que acaba de chegar às livrarias traz o mesmo propósito de desmistificar o universo das finanças — mas sem perder a profundidade e a análise crítica — das newsletters diárias que Miranda escreve para os assinantes da Empiricus — e republicadas aqui no Seu Dinheiro.

Ainda que traga como parte do subtítulo o chamativo "caminho para a riqueza", o livro apresenta logo de cara a realidade aos interessados em ganhar dinheiro rápido: enquanto os bons investidores se aparecem, os ruins são ruins cada um à sua maneira.

Além de Tolstói, os autores recorrem referências que vão da filosofia ao futebol. Uma das grandes qualidades de Princípios do Estrategista está justamente em unir os cânones da academia à “sabedoria das ruas”, o que torna a leitura agradável e palatável mesmo para quem ainda está dando os primeiros passos na "arte" de investir.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A ignorância, alías, é uma virtude do bom investidor. Quem compreende que sempre haverá alguém do outro lado mais bem preparado e informado sai em vantagem. “Antes de vencer o mercado, você tem derrotar você mesmo”, escrevem os autores.

Por isso a importância da estratégia — e neste ponto o título do livro não podia ser mais certeiro. Depois de apontar todas as dificuldades de se conseguir um desempenho médio melhor que o do mercado, os autores mostram como é possível explorar as ineficiências dos grandes investidores.

Uma das armas que o pequeno investidor tem à disposição é a paciência. Apesar da posição “agnóstica” com relação ao “day trade”, o livro traz vários alertas sobre as operações de compra e venda de ações num único dia e faz uma clara defesa da visão de longo prazo.

É claro que não basta comprar uma ação e esperar que ela se valorize magicamente daqui a alguns anos. Depois de mostrar o que diferencia os bons investidores dos ruins, o livro faz o mesmo com as empresas listadas na bolsa.

Ainda que mostrem uma clara preferência pelas ações, os autores não deixam de lado o valor da diversificação como parte da estratégia dos investidores de sucesso.

“Uma carteira ideal seria uma na qual, se uma tempestade medonha nos esperar, teremos boa parte do nosso dinheiro alocado em ativos seguros e proteções. Se o caminho for de brisa ensolarada, nossos ativos de risco vão garantir a festa.”

A maior lição de Princípios do Estrategista, porém, é mostrar que nem sempre teremos a carteira ideal. Os erros durante o percurso são inevitáveis. O que vai fazer a diferença é a forma como cada investidor lida com eles.

Princípios do Estrategista
Autores: Felipe Miranda e Ricardo Mioto
Editora Intrínseca
320 páginas
Preço: R$ 59,90
E-book: R$ 29,90

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ECONOMIA X COVID

Economia monitora variante ômicron da covid-19, mas programas de auxílio dependem da PEC dos Precatórios; pasta evita falar em gastos fora do teto

Ministério da Economia evita falar em crédito extraordinário, como acontece nos casos de guerras ou calamidades públicas

Black Friday em números

Varejo cresce 6,3% na Black Friday e vê crescimento de lojas virtuais com e-commerce aquecido; confira dados

Apesar do aumento em relação à Black Friday de 2020, o patamar de faturamento do varejo foi 9,1% inferior ao registrado em 2019

Desdobramentos da crise

Presidente da Latam, Roberto Alvo diz que recusou oferta ‘incompleta’ e ‘insuficiente’ da Azul

O conteúdo dela é confidencial”, afirmou, em entrevista coletiva. Procurada, a Azul não quis comentar

Solana no MB

Exclusivo: Solana (SOL), 5ª maior criptomoeda do mundo, chega Mercado Bitcoin com alta de mais de 12.000% no ano

A quinta maior criptomoeda do mundo vem conquistando o mercado porque se coloca como uma blockchain alternativa ao ethereum (ETH)

Pandemia em curso

Variante ômicron da covid-19 já está em dez países, mas chefe da associação médica da África do Sul vê “sintomas médios” da doença em estudo preliminar

Até o fechamento desta matéria, não haviam informações sobre infecções por essa variante da covid-19 nas Américas