⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula e Bolsonaro querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2020-01-29T19:31:50-03:00
Estadão Conteúdo
PREVIDÊNCIA

Estados estão aprovando reformas da Previdência e isso é muito positivo, diz Mansueto

“Alguns investidores me perguntaram no fim do ano se a situação dos Estados poderia piorar. Eu disse que não, porque já piorou”, acrescentou o secretário

29 de janeiro de 2020
19:31
Previdência Social,Reforma da Previdência

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta quarta-feira, 29, que diversos Estados têm corrido para a aprovar reformas nas Previdências estaduais, independentemente dos partidos à frente dos governos.

"Estamos vendo vários Estados aprovando reformas robustas, seguindo as mesmas regras da reforma do governo federal. Isso é muito positivo", avaliou o secretário. "Alguns investidores me perguntaram no fim do ano se a situação dos Estados poderia piorar. Eu disse que não, porque já piorou", acrescentou.

Déficit zero

Após um déficit primário de R$ 95,065 bilhões em 2019, o Mansueto Almeida minimizou a promessa de campanha do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o governo de Jair Bolsonaro zeraria o rombo fiscal já no primeiro ano de mandato. "Na campanha, Paulo Guedes era um economista do setor privado", respondeu Mansueto.

Questionado sobre falas de Guedes nesse sentido mesmo após o início da gestão Bolsonaro - por exemplo, em Davos, no começo do ano passado - , Mansueto lembrou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) enviada já neste governo prevê déficits primários até o fim do atual governo. "Vale o que o ministro escreveu na LDO", completou.

Ainda assim, Mansueto estimou que o governo pode zerar o déficit primário ou até mesmo obter um pequeno superávit em 2022, desde que as perspectivas para o crescimento da economia brasileira se concretizem. "Mas a dívida bruta já pode ter caído em 2019, e ninguém imaginava isso", repetiu.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Quem apoia Lula e Bolsonaro no segundo turno, Elon Musk de volta ao Twitter e as ações mais indicadas para outubro; confira os destaques do dia

4 de outubro de 2022 - 18:55

Se ontem (03) a forte alta do Ibovespa foi muito além dos ganhos vistos em Wall Street, hoje o dia foi marcado pelo movimento contrário.  Em Nova York, os investidores seguiram otimistas com a possibilidade de que os mais recentes dados da economia americana possam levar o Federal Reserve a diminuir o ritmo do seu […]

FECHAMENTO DO DIA

Peões se movimentam no xadrez político e Ibovespa tem alta limitada; dólar cai a R$ 5,16

4 de outubro de 2022 - 18:37

O principal índice da bolsa brasileira teve alta de 0,08%, enquanto o dólar à vista caiu 0,11%, a R$ 5,1680. Isso porque as atenções dos investidores estão de volta ao tabuleiro político do país.

Alívio no bolso

Pensão alimentícia agora é isenta de IR, e quem pagou o imposto nos últimos anos pode reaver a bolada; veja como

4 de outubro de 2022 - 18:21

Plenário do STF confirmou decisão de junho que isenta pensão alimentícia de imposto de renda; veja se você já pode parar de pagar o carnê-leão e como pleitear o ressarcimento dos valores pagos nos últimos cinco anos

Crédito privado

Após resgates superarem 75% do patrimônio, Captalys fecha fundo Orion para novas aplicações

4 de outubro de 2022 - 17:42

Em comunicado enviado aos cotistas, a Captalys informa que a presidente, Margot Greenman, vai se dedicar exclusivamente a retornar o capital integralmente aos cotistas

INCLUSÃO E DIVERSIDADE

Vivo abre mais de 400 vagas para pessoas com deficiência; saiba como participar do processo seletivo

4 de outubro de 2022 - 17:35

As oportunidades, com atuação presencial ou remota em 15 cidades do país, são para as áreas corporativas e comercial; as inscrições vão até 13 de outubro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies