Menu
2020-01-29T19:31:50-03:00
PREVIDÊNCIA

Estados estão aprovando reformas da Previdência e isso é muito positivo, diz Mansueto

“Alguns investidores me perguntaram no fim do ano se a situação dos Estados poderia piorar. Eu disse que não, porque já piorou”, acrescentou o secretário

29 de janeiro de 2020
19:31
Previdência Social,Reforma da Previdência

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta quarta-feira, 29, que diversos Estados têm corrido para a aprovar reformas nas Previdências estaduais, independentemente dos partidos à frente dos governos.

"Estamos vendo vários Estados aprovando reformas robustas, seguindo as mesmas regras da reforma do governo federal. Isso é muito positivo", avaliou o secretário. "Alguns investidores me perguntaram no fim do ano se a situação dos Estados poderia piorar. Eu disse que não, porque já piorou", acrescentou.

Déficit zero

Após um déficit primário de R$ 95,065 bilhões em 2019, o Mansueto Almeida minimizou a promessa de campanha do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que o governo de Jair Bolsonaro zeraria o rombo fiscal já no primeiro ano de mandato. "Na campanha, Paulo Guedes era um economista do setor privado", respondeu Mansueto.

Questionado sobre falas de Guedes nesse sentido mesmo após o início da gestão Bolsonaro - por exemplo, em Davos, no começo do ano passado - , Mansueto lembrou que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) enviada já neste governo prevê déficits primários até o fim do atual governo. "Vale o que o ministro escreveu na LDO", completou.

Ainda assim, Mansueto estimou que o governo pode zerar o déficit primário ou até mesmo obter um pequeno superávit em 2022, desde que as perspectivas para o crescimento da economia brasileira se concretizem. "Mas a dívida bruta já pode ter caído em 2019, e ninguém imaginava isso", repetiu.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Avião-problema

Fabricante de aviões trilha novo caminho: Boeing aposta no MAX

Mesmo começando a ficar otimista com relação ao futuro do Max, acredito que comprar ações da Boeing continua sendo mau negócio

ranking

Os títulos públicos mais rentáveis do 1º semestre; indicações do Seu Dinheiro estiveram entre eles

Em março, levantamos a bola para uma oportunidade aberta no Tesouro Direto com a alta dos juros no mês, e alguns dos títulos indicados ficaram entre os mais rentáveis do semestre. Confira a lista completa dos melhores e piores títulos públicos do ano até agora

Recuperação mais lenta

Ipea diz que efeitos da pandemia tendem a persistir sobre mercado de trabalho

“É provável que a taxa de desemprego continue alta, mas não por uma piora do mercado de trabalho, e sim pela melhora da percepção das pessoas sobre o ambiente para procurar emprego”, diz diretor da instituição

Sem pessoa física

Modelo de abertura de capital da Aura Minerals pode ser replicado

Modelo de esforços restritos, inaugurado no Brasil pela companhia produtora de ouro, só permite a entrada de fundos na abertura de capital

Conselho da Cosan aprova reorganização societária com holding única

A partir da consolidação da nova estrutura, os acionistas da própria Cosan, da CZZ e da Cosan Log vão passar a deter ações da holding, que continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família de Rubens Ometto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements