Menu
2020-01-07T10:52:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
TESLA

Elon Musk dança e faz até “striptease” em cerimônia de entregas do Modelo 3 da Tesla

O presidente da Tesla tem bons motivos para comemorar. No acumulado do último mês, as ações da companhia (TSLA) tiveram alta de mais de 34% na Nasdaq e apresentaram expansão de 7,98% apenas em janeiro.

7 de janeiro de 2020
10:52
shutterstock_591307859
Imagem: Shutterstock

Depois de protagonizar uma cena um tanto quanto embaraçosa ao anunciar o "vidro inquebrável" do cybertruck da Tesla e ele se quebrar, o CEO da Tesla, Elon Musk surpreendeu novamente nesta terça-feira (7). Durante cerimônia das primeiras entregas do Modelo 3 em Xangai, o presidente da companhia animou a plateia ao retirar partes da roupa e dançar.

E não parou por aí. O CEO ainda fez questão de publicar o vídeo em sua conta no Twitter e brincou que tal "comportamento" não era adequado ao ambiente de trabalho (not suitable for work, na tradução para o inglês).

Mas o presidente da Tesla tem bons motivos para comemorar. No acumulado do último mês, as ações da companhia (TSLA) tiveram alta de mais de 34% na Nasdaq e apresentaram expansão de 7,98% apenas em janeiro.

A companhia ainda aumentou a sua capitalização de mercado para mais de US$ 81 bilhões.

De olho nas entregas

Uma boa parte da felicidade do CEO também está nos números de entregas. Isso porque a fabricante de veículos elétricos bateu a sua meta de entrega de veículos em 2019.

Segundo comunicado divulgado na última sexta-feira (3), os números de produção e entrega de veículos terminaram o quatro trimestre do ano passado em 104.891 unidades produzidas e 112 mil unidades entregues.

Com isso, o número total de entregas no ano atingiu cerca de 367.500 veículos, dentro das estimativas da empresa de 360 mil a 400 mil unidades. O resultado obtido ao longo de 2019 foi 50% maior do que o alcançado um ano antes.

No quarto trimestre de 2019, foram fabricados 17.933 carros modelos S e X e 86.958 veículos do modelo 3. Das 112 mil entregas do último trimestre do ano, 19.450 se referiram aos modelos S e X e 92.550 se referiram ao modelo 3.

O objetivo, inicialmente parecia difícil de ser alcançado, dado que, até junho, a companhia havia entregue menos da metade do piso da meta.

No terceiro trimestre, por exemplo, o número de entregas decepcionou analistas, ao ficar abaixo da quantidade de 100 mil unidades prometida pelo CEO, Elon Musk. Com isso, as ações da Tesla na Nasdaq chegaram a levar um tombo na bolsa, mas se recuperaram com os sinais mais sólidos da companhia no fim do ano.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Em pleno calendário eleitoral

Senado aprova mudanças na Lei de Falências

O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa

Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies