Menu
2020-02-18T18:24:30-03:00
Estadão Conteúdo
Aos números

Consumo de gás natural cresce 30,24% em dezembro, puxado por térmicas

Forte expansão reflete o aumento de 141,36% nas vendas do insumo para geração termelétrica no período

18 de fevereiro de 2020
18:24
Gasoduto
A Compass opera no ramo de distribuição e comercialização de gás natural - Imagem: Shutterstock

O consumo de gás natural cresceu 30,24% em dezembro de 2019 na comparação com igual mês de 2018, passando de 49,38 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) para 64,31 milhões de m³/d.

A forte expansão reflete o aumento de 141,36% nas vendas do insumo para geração termelétrica no período, de 10,89 milhões de m³/d para 26,29 milhões de m³/d.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 18, pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), com base em levantamento realizado com as concessionárias de todo o País.

As usinas a gás têm sido acionadas pelo Operador Nacional de Sistema Elétrico (ONS) desde o final do ano passado, por conta do baixo nível dos reservatórios das principais hidrelétricas. A título de ilustração, o subsistema Sudeste/Centro-Oeste, considerado a "caixa d'água" do setor elétrico brasileiro por concentrar cerca de 70% do volume de armazenamento, operava com 33,70% da capacidade total no dia de segunda-feira, de acordo com informações do ONS.

Excluído o consumo das termelétricas, o mercado não-térmico de gás brasileiro caiu 1,2% em dezembro de 2019 frente a igual mês de 2018, de 38,49 milhões de m³/d para 38,02 milhões de m³/d. O principal motivo para essa queda foi a retração de 2,4% no consumo industrial, de 26,07 milhões de m³/d para 25,45 milhões. Além disso, o uso do gás para cogeração também teve diminuição de 9,54% no mesmo período, para 2,14 milhões de m³/d.

Por outro lado, as vendas de gás natural para clientes residenciais cresceram 10,01% em igual intervalo de comparação, para 1,29 milhão de m³/d. O consumo da classe comercial aumentou 13,33%, para 952 mil m³/d, e o uso do gás como matéria-prima se expandiu 9,18%, para 506 mil m³/d. A linha "outros", que inclui gás natural comprimido, teve alta de 205,53%, para 1,05 milhão de m³/d. O gás natural veicular (GNV) caiu 1,02%, para 6,62 milhões de m³/d.

Consumo em 2019

Na comparação entre os volumes médios de 2019 e 2018, o consumo de gás ficou estável no Brasil, com ligeira alta de 0,97%, de 64,007 milhões de m³/d para 64,626 milhões de m³/d. O consumo de gás pelas termelétricas subiu 3,25% no período, alcançando 23,89 milhões de m³/d. Porém, as vendas do insumo para o segmento industrial tiveram ligeira queda de 0,96%, para 27,97 milhões de m³/d.

Excluído o consumo das termelétricas, o mercado não-térmico de gás brasileiro foi de 40,72 milhões de m³/d em 2019, 0,3% abaixo dos 40,86 milhões de m³/d de 2018. "O consumo em 2019 manteve-se praticamente estável em relação ao ano anterior. Esperamos que, em 2020 e nos anos seguintes, esse cenário não se repita", analisa o diretor de Estratégia e Mercado da Abegás, Marcelo Mendonça.

Destaque positivo de 2019 foi que o mercado de GNV cresceu 3,24% no período, alcançando 6,056 milhões de m³/d. "O GNV vem crescendo desde que os preços dos combustíveis líquidos começaram a seguir a lógica do mercado internacional, estabelecendo uma competição mais justa. No ano de 2019, vemos a consolidação desse movimento de retomada", afirmou o presidente executivo da Abegás, Augusto Salomon.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fundo de cripto

Vai perder? Termina hoje o prazo de reserva do ETF de criptomoedas da Hashdex

Por causa do feriado de Tiradentes de amanhã (21), não haverá pregão na bolsa de valores brasileira. Dessa forma, termina hoje o prazo para reserva de oferta do ETF

MERCADOS HOJE

Saída encontrada para o Orçamento preocupa e bolsa opera em queda; dólar também recua

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado trazendo uma maior cautela ao cenário, os investidores devem repercutir o acordo para a sanção do Orçamento

Exile on Wall Street

Expectativas e julgamentos: o que esperar do próximo ciclo de altas, segundo o ‘guru’ de Warren Buffett

Da tarde de ontem até o momento em que os dedos encontram o sistema QWERT para a escrita deste Day One, estive dividido entre elogios e críticas à conversa desta segunda com Howard Marks. Felizmente, os comentários positivos vieram de quem conseguiu assistir ao papo, encontrando um material de muita qualidade — graças a ele, […]

quem segura?

Entre aquisição do Big e crescimento de vendas, Carrefour Brasil começa 2021 com tudo

Apesar de cenário adverso no primeiro trimestre, vendas brutas sobem 15,1%, novamente puxadas pelo Atacadão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies