Menu
2020-10-23T11:25:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Preços em alta

A inflação bate à porta: IPCA-15 tem maior alta para um mês de outubro desde 1995

O resultado de outubro do IPCA-15 foi de 0,94% e superou o teto do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro, que iam de 0,52% a 0,93%

23 de outubro de 2020
11:24 - atualizado às 11:25
inflação carrinho mercado alimentos
Imagem: Shutterstock

A alta dos preços começa a aparecer de maneira mais significativa no IPCA, índice usado pelo Banco Central no sistema de metas de inflação. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,94% em outubro, após ter avançado 0,45% em setembro.

Trata-se da maior alta para meses de outubro desde 1995, quando o IPCA-15 havia saltado 1,34%, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também:

O resultado de outubro superou o teto do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast. As previsões iam de 0,52% a 0,93%, com mediana de alta de 0,82%.

Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 2,31% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 3,52%. Neste caso, as projeções iam de avanço de 3,10% a 3,54%, com mediana de 3,41%.

O resultado da inflação medida pelo IPCA-15 também mexe no mercado. As taxas de juros futuros são negociadas em alta nesta sexta-feira. Leia nossa cobertura completa de mercados.

Alimentação

Os preços dos alimentos continuaram subindo em outubro, levando o IPCA-15 deste mês à maior alta para o mês desde 1995. O grupo Alimentação e Bebidas avançou 2,24%, contribuindo com 0,45 ponto porcentual (p.p.) do total, o maior impacto de alta entre os nove grupos pesquisados pelo IBGE.

O principal responsável pela aceleração da inflação de alimentos foram os preços dos alimentos para consumo no domicílio, que passaram de uma alta de 1,96% em setembro para 2,95% em outubro. Veja como se comportaram os preços dos itens de alimentos de maior peso no IPCA-15:

  • Carnes: + 4,83%
  • Oleo de soja: +22,34%
  • Arroz: +18,48%
  • Tomate: +14,25%
  • Leite longa vida: +4,26%
  • Cebola: -9,95%
  • Batata-inglesa: -4,39%

Os alimentos para consumo fora do domicílio, que vêm num ritmo mais comportado nos últimos meses, também registraram alta em outubro, de 0,54%. O item refeição acelerou de 0,09% em setembro para 0,93% em outubro, informou o IBGE.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Em pleno calendário eleitoral

Senado aprova mudanças na Lei de Falências

O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa

Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies