Menu
2020-10-23T11:25:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Preços em alta

A inflação bate à porta: IPCA-15 tem maior alta para um mês de outubro desde 1995

O resultado de outubro do IPCA-15 foi de 0,94% e superou o teto do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro, que iam de 0,52% a 0,93%

23 de outubro de 2020
11:24 - atualizado às 11:25
inflação carrinho mercado alimentos
Imagem: Shutterstock

A alta dos preços começa a aparecer de maneira mais significativa no IPCA, índice usado pelo Banco Central no sistema de metas de inflação. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,94% em outubro, após ter avançado 0,45% em setembro.

Trata-se da maior alta para meses de outubro desde 1995, quando o IPCA-15 havia saltado 1,34%, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também:

O resultado de outubro superou o teto do intervalo das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast. As previsões iam de 0,52% a 0,93%, com mediana de alta de 0,82%.

Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 2,31% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 3,52%. Neste caso, as projeções iam de avanço de 3,10% a 3,54%, com mediana de 3,41%.

O resultado da inflação medida pelo IPCA-15 também mexe no mercado. As taxas de juros futuros são negociadas em alta nesta sexta-feira. Leia nossa cobertura completa de mercados.

Alimentação

Os preços dos alimentos continuaram subindo em outubro, levando o IPCA-15 deste mês à maior alta para o mês desde 1995. O grupo Alimentação e Bebidas avançou 2,24%, contribuindo com 0,45 ponto porcentual (p.p.) do total, o maior impacto de alta entre os nove grupos pesquisados pelo IBGE.

O principal responsável pela aceleração da inflação de alimentos foram os preços dos alimentos para consumo no domicílio, que passaram de uma alta de 1,96% em setembro para 2,95% em outubro. Veja como se comportaram os preços dos itens de alimentos de maior peso no IPCA-15:

  • Carnes: + 4,83%
  • Oleo de soja: +22,34%
  • Arroz: +18,48%
  • Tomate: +14,25%
  • Leite longa vida: +4,26%
  • Cebola: -9,95%
  • Batata-inglesa: -4,39%

Os alimentos para consumo fora do domicílio, que vêm num ritmo mais comportado nos últimos meses, também registraram alta em outubro, de 0,54%. O item refeição acelerou de 0,09% em setembro para 0,93% em outubro, informou o IBGE.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Falta só a sanção

Câmara aprova prorrogação do prazo de entrega do Imposto de Renda até 31 de julho

Além de dar mais 90 dias de prazo, o texto também limitou o pagamento do imposto a, no máximo, seis parcelas

FECHAMENTO

Ibovespa engata segunda alta consecutiva, mas tempo segue fechado em Brasília

O Orçamento segue empacado e a situação fiscal preocupa, mas NY e as commodities vieram para salvar o dia e fazer o Ibovespa fechar a sessão no azul

Clássicos repaginados

Hasbro se une à plataforma de games Roblox para lançar novos produtos

A gigante dos brinquedos anunciou uma série de itens das linhas Nerf e Monopoly em parceria com a novata Roblox

Bom momento

Construtoras apresentam prévias operacionais fortes, apesar de restrições por causa da pandemia

Apesar dos lançamentos fracos, Cyrela viu crescimento nas vendas líquidas em comparação ao mesmo período do ano anterior; Direcional e Moura Dubeux bateram recordes de vendas

Siri entregou a data

Vem aí um novo iPad? Apple deve lançar novos modelos em evento na próxima semana

A previsão é que o encontro, que será virtual e em 20 de abril, também revele novidades sobre a próxima geração de Airpods

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies