Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-04T17:04:56-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
mercados agora

Ibovespa pega carona no exterior e opera em alta; dólar vira e sobe a R$ 4,25

Nem mesmo os resultados mais fracos da produção industrial no país são capazes de desanimar os investidores nesta manhã

4 de fevereiro de 2020
10:31 - atualizado às 17:04
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

O Ibovespa opera em alta nesta terça-feira (4), aproveitando o bom humor visto nos mercados externos. E nem mesmo os resultados mais fracos da produção industrial no país são capazes de desanimar os investidores.

Por volta de 17h00, o Ibovespa avançava 0,83%, aos 115.583,21 pontos, após tocar os 116.555,61 pontos na máxima (+1,68%). Por mais que o tom ainda seja bastante positivo, o mercado brasileiro fica para trás em relação às bolsas americanas, que sobem cerca de 2% hoje.

O mercado de câmbio teve momentos tranquilos no início da sessão, mas não conseguiu sustentar a calmaria: mais cedo, o dólar à vista chegou a cair 0,58%, a R$ 4,2246, mas acabou fechando em alta de 0,21%, a R$ 4,2583.

Os investidores mostram-se mais dispostos a assumir riscos na bolsa nesta terça-feira, em meio à estabilização das bolsas da China e à percepção de que o ritmo de disseminação do coronavírus tem diminuído.

Os mercados acionários chineses tiveram uma sessão menos agitada hoje e fecharam em alta, após recuarem cerca de 8% na segunda-feira. A atuação do governo de Pequim para evitar maiores turbulências, injetando recursos para garantir liquidez às negociações, foram bem vistas pelos agentes financeiros globais.

Quanto ao coronavirus, por mais que o número de infectados e mortos continue subindo, há a percepção de que o ritmo de disseminação da doença tem ficado mais lento, o que afasta parcialmente as preocupações quanto a uma possível pandemia.

Os dados mais atualizados dão conta de 427 mortos e pouco mais de 20 mil pessoas infectadas no mundo — um crescimento relativamente pequeno em relação aos 370 óbitos confirmados até ontem.

Cautela doméstica

Por aqui, a agenda de dados econômicos é repercutida pelos investidores e inspira alguma cautela quanto ao ritmo de recuperação da atividade doméstica. Nesta manhã, foi reportada a queda de 1,1% na produção industrial do país em 2019 – em dezembro, o indicador recuou 0,7% em relação ao mês anterior.

O resultado de dezembro ficou ligeiramente abaixo das expectativas do mercado e eleva a leitura de que a economia brasileira ainda está patinando, sem forças para engatar uma recuperação mais firme.

Essa percepção, no entanto, fortaleceu as apostas num corte de 0,25 ponto na Selic, de modo a estimular a economia — o Copom divulga amanhã, após o fechamento dos mercados, a nova taxa de juros do país. E, nesse cenário, os DIs fecharam em queda nesta terça-feira.

Veja abaixo como ficaram as curvas mais líquidas nesta terça-feira:

  • Janeiro/2021: de 4,32% para 4,29%;
  • Janeiro/2023: de 5,46% para 5,45%;
  • Janeiro/2025: de 6,15% para 6,11%;
  • Janeiro/2027: de 6,52% pára 6,47%.

Recuperação das commodities

O alívio visto na China também mexeu com o mercado de commodities: o minério de ferro negociado em Qingdao — cotação que serve como referência para os investidores — subiu 4,21%, recuperando boa parte das perdas da sessão anterior.

O petróleo exibe um tom igualmente positivo: o Brent para abril fechou em alta de 0,90%, enquanto o WTI para março avançou 1%. E, considerando esse ambiente mais benéfico, as ações de empresas exportadoras de commodities ganham força no Ibovespa.

É o caso dos papéis da Petrobras, tanto os ONs (PETR3) quanto os PNs (PETR4), que sobem 2,60% e 2,06%, respectivamente. No setor de mineração e siderurgia, Vale ON (VALE3) avança 2,89%, CSN ON (CSNA3) tem alta de 2,30%, Gerdau PN (GGBR4) exibe ganhos de 3,84% e Usiminas PNA (USIM5) valoriza 1,44%.

Gol em alta

Outro destaque positivo da sessão é Gol PN (GOLL4), subindo 3,35%. Mais cedo, a empresa brasileira anunciou um acordo de compartilhamento de voos com a American Airlines.

Veja abaixo os cinco papéis de melhor desempenho do Ibovespa no momento:

  • Cia Hering ON (HGTX3): +4,84%
  • Cogna ON (COGN3): +4,64%
  • MRV ON (MRVE3): +3,89%
  • B2W ON (BTOW3): +3,50%
  • Gol PN (GOLL4): +3,35%

Confira também as maiores quedas do índice:

  • Energias do Brasil ON (ENBR3): -1,87%
  • Raia Drogasil ON (RADL3): -1,78%
  • JBS ON (JBSS3): -1,71%
  • Ultrapar ON (UGPA3): -1,46%
  • SulAmérica units (SULA11): -1,38%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Podcast Mesa Pra Quatro

De corretor de investimentos a árbitro e comentarista de futebol: conheça a trajetória de Arnaldo Cézar Coelho

O ex-árbitro e ex-comentarista de futebol é o convidado do podcast Mesa Pra Quatro. Ele conta como sua mãe influenciou a investir em imóveis e fala sobre a sua trajetória no mercado financeiro, um lado que poucos conhecem – confira agora

nome limpo na praça

Boa Vista (BOAS3): Itaú BBA inicia cobertura com ‘compra’ e potencial de alta de 27%

Preço-alvo para 2022 foi estabelecido em R$ 15,50, apoiado na tese de crescimento da companhia e do mercado de serviço de informações de crédito

de olho na inovação

Bitcoin é ineficiente como moeda e bom apenas para especulação, diz ‘Papa’ do valuation

Damodaran disse que a importância que tem sido dada ao bitcoin é desproporcional em relação ao seu papel na economia e minimizou a adoção da criptomoeda por El Salvador

entrevista

Para economista-chefe do Santander Brasil, flexibilização do teto de gastos já é uma realidade

É preciso entender a dinâmica do momento para não entrar em escaladas “otimistas” ou “pessimistas”, diz Ana Paula Vescovi

pós-fusão

Ações da Hering (HGTX3) deixam de ser negociadas na B3 a partir desta segunda (20)

Transferência de papéis faz parte do acordo de fusão entre as companhias; Soma comprou a Hering em abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies