Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-25T15:53:21-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
BOLSA DE VALORES

CVM volta a se manifestar e diz que funcionamento da B3 está alinhado com demais comissões

Mas as semanas têm sido difíceis para a bolsa. Por conta da grave crise causada pela pandemia de coronavírus, o principal índice brasileiro amarga uma perda de mais de 27% em março

25 de março de 2020
15:52 - atualizado às 15:53
Sede da B3
Sede da B3 - Imagem: Shutterstock.com

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) voltou a se manifestar hoje (25) sobre o funcionamento da B3, mesmo diante de um cenário de crise de liquidez aguda causada pela pandemia do coronavírus.

No comunicado, a autarquia reforçou o compromisso com a continuidade do funcionamento dos mercados de capitais. E disse ainda que está alinhada com o posicionamento da Organização Internacional das Comissões de Valores (IOSCO) frente ao coronavírus.

"O funcionamento contínuo dos mercados de ações, crédito e financiamento também apoia os esforços da economia real para lidar com a crise decorrente da pandemia da Covid-19, por meio do acesso a financiamento e da capacidade de oferecer proteção contra riscos”, informou o conselho da IOSCO nesta quarta-feira (25).

De acordo com Ashley Alder, presidente do Conselho da IOSCO, a organização está absolutamente determinada a garantir que os mercados de ações, crédito e de hedge continuem abertos e funcionando neste período difícil.

Semanas difíceis

No último sábado (22), a CVM já havia dito que não há, neste momento, nenhuma discussão relacionada à interrupção de negócios na B3. A autarquia também falou que não há "pressão" dela junto à bolsa para que as atividades sejam interrompidas.

Por conta da grave crise causada pela pandemia de coronavírus, o principal índice brasileiro amarga uma perda de mais de 27% em março e de mais de 34% no ano.

Apesar disso, hoje o Ibovespa mostra sinais de recuperação, mas os ganhos ainda não superam as perdas dos últimos meses. Por volta das 15h45 da tarde de hoje (25), o principal índice acionário da B3 subia forte com alta de 8,44%, cotado aos 75.612,69 pontos. Acompanhe a nossa cobertura de mercados.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Negócio da China?

SEC confirma pausa em IPOs de empresas chinesas; agência reguladora dos EUA fará novas orientações sobre riscos

Em meio à ofensiva regulatória de Pequim, a SEC busca novas orientações ao mercado sobre os riscos envolvidos em comprar ações de companhias do país asiático

Passo à frente

Rumo ao “outro patamar”: EQI, que trocou a XP pelo BTG, recebe autorização para abrir corretora

Depois de ser pivô de disputa entre os bancos, escritório de agentes autônomos dá um passo decisivo para ter “vida própria” no mercado

Estreia forte

Ações da ClearSale estreiam na bolsa com disparada de 20% após IPO

No 40º IPO na B3 no ano, empresa de soluções antifraude movimentou pouco mais de R$ 1 bilhão

Deu ruim, Jeff Bezos

Quando o bom não é suficiente: Amazon despenca e afunda o Nasdaq após trimestre frustrante

As ações da Amazon têm a maior queda desde março do ano passado, afetadas pela perspectiva de desaceleração no crescimento das receitas

Débito, crédito e bitcoin

Com “super app”, PayPal quer ajudar você a pagar as contas com bitcoin; veja detalhes

No início deste mês, a empresa aumentou o limite de compra de criptomoedas de US$ 20 mil para US$ 100 mil ao ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies