Menu
2020-03-25T15:53:21-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
BOLSA DE VALORES

CVM volta a se manifestar e diz que funcionamento da B3 está alinhado com demais comissões

Mas as semanas têm sido difíceis para a bolsa. Por conta da grave crise causada pela pandemia de coronavírus, o principal índice brasileiro amarga uma perda de mais de 27% em março

25 de março de 2020
15:52 - atualizado às 15:53
Sede da B3
Sede da B3 - Imagem: Shutterstock.com

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) voltou a se manifestar hoje (25) sobre o funcionamento da B3, mesmo diante de um cenário de crise de liquidez aguda causada pela pandemia do coronavírus.

No comunicado, a autarquia reforçou o compromisso com a continuidade do funcionamento dos mercados de capitais. E disse ainda que está alinhada com o posicionamento da Organização Internacional das Comissões de Valores (IOSCO) frente ao coronavírus.

"O funcionamento contínuo dos mercados de ações, crédito e financiamento também apoia os esforços da economia real para lidar com a crise decorrente da pandemia da Covid-19, por meio do acesso a financiamento e da capacidade de oferecer proteção contra riscos”, informou o conselho da IOSCO nesta quarta-feira (25).

De acordo com Ashley Alder, presidente do Conselho da IOSCO, a organização está absolutamente determinada a garantir que os mercados de ações, crédito e de hedge continuem abertos e funcionando neste período difícil.

Semanas difíceis

No último sábado (22), a CVM já havia dito que não há, neste momento, nenhuma discussão relacionada à interrupção de negócios na B3. A autarquia também falou que não há "pressão" dela junto à bolsa para que as atividades sejam interrompidas.

Por conta da grave crise causada pela pandemia de coronavírus, o principal índice brasileiro amarga uma perda de mais de 27% em março e de mais de 34% no ano.

Apesar disso, hoje o Ibovespa mostra sinais de recuperação, mas os ganhos ainda não superam as perdas dos últimos meses. Por volta das 15h45 da tarde de hoje (25), o principal índice acionário da B3 subia forte com alta de 8,44%, cotado aos 75.612,69 pontos. Acompanhe a nossa cobertura de mercados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

BAD TRIP

CVC praticamente não tem receita no 2º trimestre por conta da covid-19

Pandemia paralisa turismo no País e faz empresa registrar prejuízo de R$ 252,1 milhões

Esquenta dos mercados

Otimismo externo e ausência de pressão local apontam para abertura em alta do Ibovespa

Rumo do dia será definido pelas negociações em torno de um novo pacote de estímulo nos EUA; prazo para acordo expira hoje

Brasil registra 271 óbitos pela covid-19 e 15.383 novos casos em 24h

País acumula 154.176 mortos e 414.892 pessoas em tratamento

Eleições nos EUA

Trump ou Biden? Qual candidato é melhor para os seus investimentos?

O mercado estava morrendo de medo de uma vitória democrata, mas agora está meio que torcendo por Biden de olho no tamanho e no alcance dos estímulos fiscais planejados pelo candidato

pacote comercial

Brasil e EUA assinam acordo para facilitar comércio e desburocratizar regulação

O Acordo de Comércio e Cooperação Econômica vinha sendo negociado pelos dois países desde 2011, mas estava em hibernação até a eleição do presidente Jair Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies