Menu
2020-10-12T20:13:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mercados hoje

Bolsas nos EUA fecham em alta com expectativa por estímulo fiscal e balanços

Desempenho teve reflexo no EWZ, principal fundo de índice brasileiro em Nova York – que subiu 1,24%; no Brasil, não houve negociações por causa do feriado

12 de outubro de 2020
15:45 - atualizado às 20:13
A primeira onda de valorização da bolsa já passou, mas ainda dá tempo de surfar na segunda
Imagem: Shutterstock

A bolsa no Brasil não abriu nesta segunda-feira (12) por conta do feriado de Nossa Senhora Aparecida, mas no exterior o dia foi de otimismo entre os investidores. A maioria das bolsas operou em alta, inclusive nos Estados Unidos.

O desempenho dos mercados teve reflexo no EWZ, principal fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) brasileiro em Nova York - que subiu 1,24% no pregão. Os American Depositary Receipts (ADRs) da Petrobras avançaram 0,69% e os da Vale registraram ganhos de 0,27%.

O mercado monitora as negociações em torno de uma nova rodada de estímulos fiscais nos EUA. No domingo, o diretor do Conselho Econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, disse que a oferta governista pode aumentar.

O gesto foi encarado como um aceno à oposição, que tem defendido um pacote de no mínimo US$ 2 trilhões. A proposta mais recente da Casa Branca é no valor de US$ 1,8 trilhão.

No front corporativo, os investidores voltam a calibrar as apostas para a temporada de balanços do terceiro trimestre. O destaque fica por conta do setor de tecnologia e o bancário: as ações da Apple saltaram mais de 6,35% nesta segunda.

Facebook (4,27%) e Amazon (4,75%) tiveram desempenho na mesma linha, seguindo o otimismo com as empresas já demonstrado na semana passada. Já Goldman Sachs e Morgan Stanley também registraram ganhos expressivos, com alta de 3,17% e 3,91%.

Com isso, Nasdaq subiu 2,56% na tarde desta segunda. S&P teve ganhos de 1,64%, enquanto Dow Jones avançou 0,88%.

Na Europa, as bolsas terminaram o dia majoritariamente em alta, com o índice pan-europeu Stoxx 600 avançando 0,72%, a 373,00 pontos. As negociações no continente tiveram ganhos limitados pelo aumento de casos de covid-19 na região e perdas no preço do barril do petróleo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies