Menu
2020-04-13T11:17:41-03:00
Estadão Conteúdo
diante da crise

Arábia Saudita corta preços de petróleo, apesar de acordo da Opep+

Saudi Aramco fez um drástico corte nos preços para clientes asiáticos, em meio a uma forte queda na demanda causada pela pandemia

13 de abril de 2020
11:16 - atualizado às 11:17
Instalações da Saudi Aramco
Instalações da Saudi Aramco. - Imagem: Facebook / Aramco

A estatal saudita Saudi Aramco reduziu nesta segunda-feira os preços que cobrará por seu petróleo de clientes da Ásia, Mediterrâneo e noroeste da Europa em maio, apesar de a Arábia Saudita ter aderido a um histórico acordo para diminuir a oferta global da commodity.

A Saudi Aramco fez um drástico corte nos preços para clientes asiáticos, em meio a uma forte queda na demanda causada pela pandemia de coronavírus.

Ontem, a chamada Opep+ - que reúne a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e dez aliados, incluindo a Rússia - finalizou um acordo que prevê um corte adicional na produção do grupo de 9,7 milhões de barris por dia (bpd) até o fim de junho. O corte é o maior da história já definido pelo grupo. A Opep é informalmente liderada pelos sauditas.

A estatal saudita também reduziu todos os preços para o Mediterrâneo e parte deles para a o noroeste europeu.

Por outro lado, a Saudi Aramco elevou todos os seus preços para os EUA. Na semana passada, o presidente americano, Donald Trump, ameaçou elevar tarifas sobre importações de petróleo, numa tentativa de persuadir sauditas e russos a cortarem sua produção. Fontes, porém, dizem que Trump poderia abandonar o aumento de tarifas se um acordo fosse fechado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Perseguição ao bitcoin?

Irã fecha ‘fazendas’ de mineração de bitcoin para conter apagões no país; entenda

Governo culpa centros de processamento de criptomoedas por blackouts devido à ‘sobrecarga energética’ da rede de mineração; ao mesmo tempo, Irã usa o bitcoin para amenizar sanções bancárias dos EUA

Lei Orçamentária Anual

Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo precisa controlar gastos

Manutenção do auxílio emergencial é dúvidas neste início de ano

Pé no freio

Incertezas políticas e fiscais mantêm estrangeiros cautelosos com o Brasil

Após meses de fuga do capital externo do País, os últimos meses de 2020 mostraram o começo do retorno dos investidores de portfólio, mas o ritmo ainda é insuficiente para reverter a forte saída de dólares do Brasil

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies