Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-13T11:17:41-03:00
Estadão Conteúdo
diante da crise

Arábia Saudita corta preços de petróleo, apesar de acordo da Opep+

Saudi Aramco fez um drástico corte nos preços para clientes asiáticos, em meio a uma forte queda na demanda causada pela pandemia

13 de abril de 2020
11:16 - atualizado às 11:17
Instalações da Saudi Aramco
Instalações da Saudi Aramco. - Imagem: Facebook / Aramco

A estatal saudita Saudi Aramco reduziu nesta segunda-feira os preços que cobrará por seu petróleo de clientes da Ásia, Mediterrâneo e noroeste da Europa em maio, apesar de a Arábia Saudita ter aderido a um histórico acordo para diminuir a oferta global da commodity.

A Saudi Aramco fez um drástico corte nos preços para clientes asiáticos, em meio a uma forte queda na demanda causada pela pandemia de coronavírus.

Ontem, a chamada Opep+ - que reúne a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e dez aliados, incluindo a Rússia - finalizou um acordo que prevê um corte adicional na produção do grupo de 9,7 milhões de barris por dia (bpd) até o fim de junho. O corte é o maior da história já definido pelo grupo. A Opep é informalmente liderada pelos sauditas.

A estatal saudita também reduziu todos os preços para o Mediterrâneo e parte deles para a o noroeste europeu.

Por outro lado, a Saudi Aramco elevou todos os seus preços para os EUA. Na semana passada, o presidente americano, Donald Trump, ameaçou elevar tarifas sobre importações de petróleo, numa tentativa de persuadir sauditas e russos a cortarem sua produção. Fontes, porém, dizem que Trump poderia abandonar o aumento de tarifas se um acordo fosse fechado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

O RUÍDO PERSISTE

Renda mínima permanente? Presidente da Câmara dá a entender que Auxílio Brasil pode se tornar política contínua

Expectativa é de que a mera menção a um programa de renda mínima permanente mantenha a pressão sobre os ativos financeiros locais

Quem dá mais?

A CCR (CCRO3) e o leilão da Dutra: o que está em jogo para a companhia?

A CCR (CCRO3) administra a Dutra desde 1996. Mas, com o novo leilão marcado para essa sexta (26), a empresa pode perder a concessão

ÚLTIMO ADEUS?

De malas prontas para deixar a B3, Banco Inter (BIDI11) reverte prejuízo em lucro líquido de R$ 19,2 milhões no terceiro trimestre

O banco digital também celebrou a marca de 14 milhões de clientes no período, um salto de 94% na comparação com o terceiro trimestre de 2020

Tecnologia em foco

As big techs na balança: veja como foi o trimestre de Google, Microsoft e Twitter

Três das principais big techs americanas reportaram seus balanços nesta noite; veja como se saíram Alphabet/Google, Microsoft e Twitter

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Pressão nos juros, Elon Musk mais rico e o brilho das ações das elétricas

As projeções de bancos e economistas para a alta da Selic não param de subir. É possível ver essa tendência semanalmente no boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central, em relatórios de diversas casas de análise e na curva dos juros futuros — que não param de ser revisados para patamares cada vez mais […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies