Menu
2019-06-28T10:21:21-03:00
em busca das perdas

Confiança de serviços sobe 2,2 pontos em junho ante maio, revela FGV

Em médias móveis trimestrais, o índice recuou pela quarta vez consecutiva, desta vez em -0,6 ponto

28 de junho de 2019
10:21
Comércio
Apesar da melhora pontual, o resultado sugere que os empresários ainda estão calibrando suas expectativas, segundo Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV.Imagem: Fotos Públicas

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) subiu 2,2 pontos na passagem de maio para junho, para 91,2 pontos, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, 28. O resultado recupera apenas parte das perdas sofridas nos quatro meses anteriores. Em médias móveis trimestrais, o índice recuou pela quarta vez consecutiva, desta vez em -0,6 ponto.

"A confiança de serviços encerra o primeiro semestre em alta depois de um período de quatro quedas consecutivas. Apesar da melhora pontual, o resultado sugere que os empresários ainda estão calibrando suas expectativas e que ainda não conseguem perceber uma recuperação significativa do momento atual. Essa combinação de resultados indica que ainda não é possível vislumbrar uma retomada mais forte do setor de serviços nos próximos meses, mantendo o ritmo gradual de recuperação ao longo do ano", avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/GV), em nota oficial.

Em junho, a confiança cresceu em nove das 13 atividades pesquisadas. O Índice de Expectativas (IE-S) teve alta de 3,0 pontos, para 95,0 pontos, enquanto o Índice de Situação Atual (ISA-S) subiu 1,2 ponto, para 87,5 pontos.

O avanço do IE-S foi influenciado pelo item que mede o otimismo com a tendência dos negócios nos seis meses seguintes (+1,5 ponto) e pelo componente de demanda prevista nos três meses seguintes (+4,5 pontos).

Já a alta do Índice de Situação Atual (ISA-S) foi decorrente da avaliação sobre a situação atual dos negócios (+1,0 ponto) e do componente de volume de demanda atual (+1,5 ponto).

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de Serviços subiu 0,3 ponto porcentual em junho ante maio, para 82,6%.
A coleta de dados para a edição de junho da Sondagem de Serviços foi realizada entre os dias 3 e 25 do mês.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Energia elétrica

Aneel retira de pauta reajuste da Cemig e prorroga vigência de tarifas atuais

Com isso, as tarifas atuais serão prorrogadas até 30 de junho

Pessimismo aumenta

IIF passa a prever que PIB do Brasil terá contração de 6,9% em 2020

Em relatório divulgado nesta terça-feira, 26, a instituição explica que a crise terá efeitos duradouros para o País

Mais alívio no câmbio

R$ 5,35: com uma ajuda do exterior, o dólar zerou os ganhos no mês e virou para queda

O clima tranquilo visto nos mercados globais abriu espaço para mais uma queda no dólar à vista — a sexta nas últimas sete sessões. Com isso, a moeda americana voltou aos níveis do fim de abril, afastando-se cada vez mais do patamar dos R$ 6,00

Títulos públicos

Tesouro Direto tem emissão líquida recorde de R$ 1,57 bilhão em abril

Com a emissão recorde, o estoque do programa fechou abril em R$ 60,24 bilhões, um aumento de 3,1% em relação ao mês anterior (R$ 58,44 bilhões)

Em meio à pandemia

56,6 milhões de brasileiros já receberam auxílio emergencial, diz Caixa

Todos receberam o pagamento da primeira parcela do benefício, no valor total de R$ 39,9 bilhões, enquanto 44,2 milhões de brasileiros também já receberam a segunda parcela, em um total de R$ 30,9 bilhões

Em pronunciamento

Em pronunciamento, Maia faz convite à “pacificação dos espíritos”

Sem citar as crises institucionais do Executivo ou mesmo chefes de outros Poderes, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, fez um pronunciamento nesta terça-feira

Renda imobiliária

Vitreo lança primeira carteira de fundos imobiliários e quer captar R$ 100 milhões

Após colocar em operação sua distribuidora de valores no início de maio, a Vitreo lança sua primeira carteira administrada composta de diferentes fundos imobiliários

Esperanças para o fim da crise

Conheça três dos principais estudos que buscam uma vacina contra o coronavírus – e que mexem com o mercado

Notícias do avanço de pesquisas sobre vacinas contra o coronavírus costumam impactar o mercado, que espera ansiosamente por uma solução que permita uma retomada das economias

Coronavírus na estatal

Petrobras tem 181 empregados com covid-19 e 510 recuperados, diz MME

A empresa não registra nenhum óbito entre os seus contratados, segundo o MME

De mãos dadas

Ministros militares agora negociam com o Centrão

Partiu do general reformado Augusto Heleno Ribeiro, o atual ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), na convenção do PSL que confirmou a candidatura de Jair Bolsonaro ao Planalto em julho de 2018, um dos mais duros ataques ao Centrão. Agora, andam de mãos dadas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements