Menu
2019-12-20T11:47:18-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Expandindo os horizontes

Duratex e Lenzing fecham parceria para investimento de R$ 5,2 bilhões

Joint venture é uma aliança estratégica entre duas ou mais empresas em torno de um objetivo comercial comum. Os acordos variam, mas costumam envolver a união de recursos financeiros, matéria-prima e/ou mão de obra.

20 de dezembro de 2019
8:14 - atualizado às 11:47
Duratex
Imagem: Divulgação

A Duratex anunciou nesta quinta-feira (19) que, em parceria com a Lenzing, irá criar uma joint venture para produzir e comercializar celulose solúvel, a LD Celulose. O início das operações está previsto para o primeiro semestre de 2022.

  • Oferta relâmpago: Ivan Sant’Anna vai revelar os segredos de trader a um grupo de 90 leitores. Entre no grupo do Ivan.

Joint venture é uma aliança estratégica entre duas ou mais empresas em torno de um objetivo comercial comum. Os acordos variam, mas costumam envolver a união de recursos financeiros, matéria-prima e/ou mão de obra.

No caso da Duratex e Lenzing, a unidade de produção ficará na região do Triângulo Mineiro, nas cidades de Indianópolis e Araguari. As obras de infraestrutura já foram iniciadas e o investimento industrial total será de aproximadamente R$ 5,2 bilhões.

O projeto conta com 51% de participação da Lenzing e 49% da Duratex. A unidade terá capacidade para fabricação de 500 mil toneladas de celulose solúvel por ano e deve gerar, até 2022, cerca de 8 mil empregos diretos. Após disso, quando a fábrica entrar em processo de produção, 1,1 mil pessoas serão empregadas.

Segundo o comunicado divulgado pela Duratex, com esta associação a companhia busca ampliar o seu leque de atuação para o mercado de celulosa e reforçar a geração de valor aos seus acionistas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies