2019-07-12T17:51:35-03:00
provocou

CEO da Tron convida Trump para almoço com Buffett; ele quer convencer ambos do potencial das criptomoedas

O presidente dos EUA disse que grupos que desejam entrar na área deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais

12 de julho de 2019
12:37 - atualizado às 17:51
Imagem: Shutterstock / Montagem Andrei Morais

O vencedor do leilão para almoçar com o megainvestidor Warren Buffett resolveu responder as críticas do presidente dos EUA às criptomoedas, como bitcoin e libra.

Na quinta-feira, 11, Donald Trump disse que grupos que desejam operar neste ramo deverão se enquadrar às regras financeiras mundiais. "Não sou fã das criptomoedas, que não são dinheiro e cujo valor é altamente volátil e baseado no ar", escreveu no Twitter.

A declaração foi respondida poucas horas depois pelo chinês Justin Sun, CEO da plataforma de blochain Tron. Sun, que venceu um leilão de almoço com Buffett, disse que Trump estava sendo enganado por fake news. "Bitcoin e blockchain são, na verdade, a melhor chance para os Estados Unidos", escreveu. Na sequência, ele convidou o presidente americano para se juntar a ele e Buffett no encontro.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

O CEO da Tron é uma das pessoas mais influentes no mercado das criptomoedas. Ele pagou US$ 4,5 milhões para almoçar com Buffett - que, ironicamente, é também um crítico das moedas digitais.

Trump e as criptomoedas

O presidente dos Estados Unidos avaliou, nesta quinta-feira, que as criptomoedas podem facilitar condutas ilegais. A declaração é feita num momento de alta do bitcoin e de otimismo com a moedas virtuais - também por conta do anúncio de lançamento da libra, a criptomoeda do Facebook.

“Se o Facebook e outras empresas quiserem se tornar um banco, devem buscar um novo estatuto e ficar sujeitas a todos os regulamentos bancários, assim como outros bancos, tanto nacionais quanto internacionais”, tuitou Trump.

Na quarta-feira, 10, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, declarou que o plano do Facebook de construir a libra não poderia avançar a menos que a empresa demonstrasse empenho em proteger a privacidade dos seus usuários, apresentasse um plano de estabilidade financeira, entre outras medidas.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos

DINHEIRO NO FIM DO ANO

Yduqs (YDUQ3) pagará R$ 141 milhões em dividendos; confira o valor por ação

A empresa do setor de educação pagará cerca de R$ 0,40 por ação ordinária e o dinheiro cairá na conta dos acionistas em 7 de dezembro

OMICRON

5 fatos sobre a nova variante do covid que derrubou os mercados nesta sexta

O anúncio de que uma nova variante do coronavírus surgiu na África do Sul fez com que os mercados internacionais desabassem; veja o que sabemos até agora