Menu
2019-04-05T10:16:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Sob nova direção

Grupo Abril, que publica a ‘Veja’, é vendido para especialista em recuperação de empresas quebradas

Segundo informações divulgadas para a imprensa, o processo deve ser concluído até fevereiro de 2019

20 de dezembro de 2018
17:33 - atualizado às 10:16
O empresário Fábio Carvalho, comprador do Grupo Abril
Carvalho reúne participações em empresas que possuem faturamento anual superior a R$ 4 bilhões - Imagem: Divulgação/FSB

O empresário Fábio Carvalho, especialista em comprar empresas quebradas com o objetivo de reestruturá-las e reorganizar suas contas, resolveu mirar seus negócios em um dos maiores grupos de mídia do Brasil. Os atuais acionistas do Grupo Abril, que pediu recuperação judicial em agosto deste ano, fecharam um acordo com Carvalho nesta quinta-feira, 20, no qual prevê a aquisição de 100% das ações do grupo por ele.

O contrato também aborda condições que devem ser cumpridas antes do negócio ser efetivado, como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a injeção de novos recursos na companhia para o financiamento dos esforços de reestruturação.

Depois de encerrado o processo de venda, algo que deve acontecer até fevereiro de 2019, Fábio Carvalho assumirá o controle societário e ocupará a posição de CEO do Grupo.

Segundo nota divulgada pela assessoria da Alvarez & Marsal, empresa responsável pela reestruturação da Abril, Carvalho contará com a estrutura da Legion Holdings, sociedade de investimentos que fundou, composta por um time de especialistas em renegociações de dívidas e transformações operacionais. "Uma vez concretizada a transação, a nova equipe se juntará a executivos do Grupo Abril, bem como aos profissionais da Alvarez & Marsal", completa a nota.

Atualmente, Carvalho reúne entre seus investimentos participações em empresas em variados setores que, em conjunto, possuem faturamento anual superior a R$ 4 bilhões e empregam mais de 46 mil pessoas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Vai um desconto?

Três meses após IPO, Meliuz faz sua primeira aquisição com empresa de cupons de desconto

A Picodi.com agora faz parte do sistema da Meliuz e foi adquirida por R$ 120 milhões

Gás natural

Braskem fecha acordo com mexicana Pemex e retoma totalmente transporte de gás

A empresa estava operando parcialmente desde janeiro e, com a decisão, deve voltar normalmente às atividades

de novo

Petrobras anuncia nova alta nos preços da gasolina, diesel e gás

Reajustes, motivados pela alta dos preços no mercado internacional, foram o ponto que provocaram a demissão de Castello Branco da estatal

MERCADOS HOJE

Ibovespa opera em alta, mas cautela local limita avanço; dólar cai

O noticiário corporativo intenso também movimenta as negociações. Na ponta positiva Hapvida e Intermédica se destacam. Já o GPA recua mais de 70% após a estreia do Assí na bolsa

evolução

Indústrias de grandes economias registram aceleração em fevereiro

Manufatura da zona do euro se expande no ritmo mais forte em três anos, enquanto Japão tem primeira alta desde abril de 2019

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies