Menu
2019-10-30T14:49:24+00:00
Os tempos mudaram

Castello Branco diz que petróleo a US$ 100 é coisa do passado

Castello Branco também fez um alerta sobre o crescimento da demanda do setor de gás natural e disse que a Petrobras está se preparando para isso

30 de outubro de 2019
14:49
Roberto Castello Branco, presidente da Petrobas
Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, voltou a alertar que o preço do barril a US$ 100 é coisa do passado, mas afirmou que, mesmo lentamente, a demanda por petróleo deve registrar crescimento de 1% por ano a nível global nas próximas décadas.

Em apresentação na OTC 2019, feira global do setor de petróleo, Castello Branco disse que espera também o crescimento da demanda do setor de gás natural e que a Petrobras está se preparando para isso.

"O gás está ganhando espaço e assim como o petróleo vai se tornar uma commodity global" disse Castello Branco durante palestra-almoço na OTC.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Segundo ele, a demanda por petróleo deve crescer 38% até 2040, mantendo a fonte como a principal geradora de energia no País.

O Brasil, em 2040, ainda terá 56% da demanda concentrada em petróleo, enquanto a energia eólica será responsável por 15% do atendimento da demanda e o solar 11%, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)apresentados pro Castello Branco no evento.

O executivo disse ainda que vai continuar buscando a redução de custos da companhia e que está otimista com a venda de metade do seu parque de refino para a iniciativa privada, operação que deve ser concluída em 2020.

"O Brasil vai ganhar oito novos players no refino", disse referindo-se às oito refinarias que foram postas à venda pela estatal e que, para evitar a concentração de mercado, deverão ser vendidas para donos diferentes.

Mesmo reduzindo sua participação em algumas áreas, a estatal continuará a participar ativamente dos leilões de petróleo, afirmou, mesmo com uma presença mais discreta do que no passado.

Em 2003, com o mercado recém-aberto à iniciativa privada, a Petrobras teve uma participação de 93% nos leilões de áreas de petróleo e gás natural do governo, posição que em 2018 foi reduzida para 24%, refletindo a nova postura da estatal e a entrada de mais concorrentes no mercado brasileiro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SUGESTÃO DE LEITURA

Estou interessada nesta criptomoeda…

Da lista de 12 criptomoedas citadas pela Helana Margarido, uma delas deve entrar em um ótimo ponto de compra nos próximos dias

Acusações de corrupção

Ex-presidente da Braskem é preso em Nova York

José Carlos Grubisich foi acusado de conspiração por violar uma lei de corrupção estrangeira dos EUA e por conspiração para lavagem de dinheiro

Próxima fase

CCJ da Câmara aprova PEC da 2ª instância

Por 50 votos a 12, comissão admitiu a proposta que abre caminho para prender condenados após a segunda instância

Ricos e famosos

Saiba como 5 celebridades entraram no clube dos bilionários

Nos últimos anos o grupo dos bilionários passou a contar com nomes bem conhecidos do público. Dois deles passaram a fazer parte da lista em 2019

Dinheiro entrando

Carlos Slim Domit anuncia plano de investimento de R$ 30 bilhões no Brasil em 3 anos

Aporte de recursos será feito para ampliar a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de novos serviços e de armazenamento em nuvem

De cara nova

BNDES elege dois conselheiros e informa que poderá devolver até R$ 200 bilhões ao Tesouro até 2022

Marcelo Serfaty e Marcelo Sampaio foram eleitos para o Conselho de Administração do banco de fomento em Assembleia Geral Extraordinária

Esclarecendo

Campos Neto: Se câmbio contaminar inflação, atuação será via taxa de juros

Presidente do BC, Roberto Campos Neto, diz que foi mal interpretado e faz esclarecimento sobre relação do dólar com inflação e resposta do BC

Juros bancários

BC vai divulgar novo plano para mudar cheque especial ainda neste ano

Em audiência na Câmara dos Deputados, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que é preciso fazer uma “reengenharia” do cheque especial

É dólar que sai

Fluxo cambial total em novembro até dia 14 é negativo em US$ 1,1 bilhão

Banco Central também informou que, no ano, o fluxo cambial até 14 de novembro ficou negativo em US$ 22,628 bilhões

Impeachment de Trump

Embaixador dos EUA na UE confirma que Trump pressionou Ucrânia a investigar democratas

O diplomata Gordon Sondland implicou ainda outros membros da alta administração do governo em audiência sobre o processo de impeachment do presidente

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements