Menu
2019-10-07T16:11:22+00:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Uma empresa e tanto

Arco Educação atinge valor de US$ 2,57 bilhões e deixa família dos donos bilionária

O rali das ações na bolsa fez com que Ari e seu pai, Oto de Sá Cavalcante, que possuem juntos 54% da empresa, ficassem bilionários. Quem fez os cálculos foi a própria Bloomberg com base no prospeto do IPO da empresa

5 de outubro de 2019
17:46 - atualizado às 16:11
arco educação
Imagem: YouTube

As longas horas do empresário cearense Ari de Sá Cavalcante Neto, presidente da Arco Educação, atrás de investidores nos Estados Unidos interessados em comprar ações de sua empresa parece que enfim geraram bons frutos.

Depois de muito tempo tentando convencer investidores, o brasileiro conseguiu colocar a empresa na lista de unicórnios do Brasil e criou um império educacional que hoje vale US$ 2,57 bilhões, ou seja, R$ 10,96 bilhões, com informações atualizadas do fechamento da última sexta-feira (4). E não é só isso. O sucesso do negócio fez também com que a família ficasse bilionária. As informações são da Bloomberg.

O rali das ações na bolsa fez com que Ari e seu pai, Oto de Sá Cavalcante, que possuem juntos 54% da empresa, ficassem bilionários. Quem fez os cálculos foi a própria Bloomberg com base no prospeto do IPO da empresa.

Oto é o maior acionista, com cerca de 38% do capital social da empresa. Além da família Ari de Sá, que é detentora de colégios no Ceará, a empresa tem como sócio o fundo de private equity General Atlantic, com 20% do capital, e que não vendeu ações durante a oferta pública.

Uma mudança e tanto

De uma empresa pouco conhecida com apenas uma única escola na região nordeste do país, Cavalcante foi capaz de realizar a abertura de capital da empresa de US$ 210 milhões em setembro de 2018. A Arco Educação é hoje um grupo de conteúdo e serviços de ensino, que planeja ampliar o ritmo de crescimento dos negócios, com investimentos em tecnologia e novos produtos.

Na época do IPO, o preço da ação foi fixado em US$ 17,50, mas a estreia na bolsa foi por um valor maior. A companhia começou a ser negociada a US$ 24,50. E desde então, os papéis da Arco subiram mais de 125,63% na bolsa no acumulado deste ano na Nasdaq, o que supera até mesmo grandes nomes como Uber e Pinterest.

Além da transformação em termos de valorização na bolsa, o que mais surpreende na empresa é a história de seus fundadores. A companhia nasceu em 2006 trazendo iniciativas de sistemas para educação e fornecimento de apostilas e, aos poucos, foi incorporando a tecnologia em seu negócio.

A holding é fundadora das plataformas de ensino SAS e se tornou sócia da International School em 2016. Ela utiliza a tecnologia para personalizar o ensino e engajar alunos desde o nível básico ao médio.

A guinada na estratégia ocorreu principalmente depois que Cavalcante retornou ao Brasil em 2007, após cursar mestrado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Vitória do governo

Câmara aprova texto-base da MP que reformula estrutura do Executivo

No início da votação, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro que vive uma crise interna, obstruiu a tramitação e tentou esvaziar o quórum do plenário

Investigação

CVM aplica R$ 82 milhões em multas em esquema intermediado por Cruzeiro do Sul

Inquérito aberto em 2010 pela xerife do mercado de capitais identificou prejuízos milionários a fundos de pensão de estatais como Copel, Eletronuclear, Correios e Cedae

Em meio à crise

Líder do PSL na Câmara diz que partido não vai expulsar nenhum parlamentar

Delegado Waldir negou também que vá haver qualquer retaliação do partido em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro

Perto do fim

CCJ do Senado marca reunião para analisar emendas do 2º turno da reforma da Previdência

Até o momento, senadores apresentaram nove sugestões de alteração, que mexem na redação da proposta

Seu Dinheiro na sua noite

Quando a realidade se impõe

Groucho Marx dizia que jamais faria parte de um clube que o aceitasse como sócio. Durante muito tempo os brasileiros trataram erroneamente a bolsa de valores como o tipo de clube desprezado pelo lendário comediante. Mas essa realidade começa a mudar. Quem decidiu ingressar no clube da renda variável no início do ano obteve um […]

De olho no gráfico

S&P vai, não vai, fez que vai…

Apesar da recente alta em um dos principais índices da bolsa de Nova York, Fausto Botelho ainda projeta um ciclo de queda

Dados do Tesouro

União honra R$ 442,6 milhões e dívidas de governos estaduais em setembro

Nos primeiros nove meses de 2019, o governo federal precisou desembolsar R$ 5,695 bilhões para honrar dívidas garantidas pela União de quatro Estados

Papo reto

Para Sabesp, metas definidas pelo relator no marco do saneamento são difíceis de atender

Entre os pontos tidos como difíceis de cumprir está o limite de 25% para subdelegações pelo prestador de serviços

Falando em projetos...

Na reforma da Previdência dos militares, contribuições devem aumentar mais rápido que o proposto pelo governo

Segundo relatório da Câmara, a cobrança que hoje é de 7,5% passará a 9,5% já no ano que vem, chegando a 10,5% em 2021

Gestoras

JGP lista 6 fatores que devem impulsionar a economia e empurrar a bolsa para cima em 2020

Gestora acredita que migração de renda fixa para ações vai continuar dando força ao Ibovespa. Carta de setembro também faz uma defesa do teto de gastos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements