🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
ERROU!

Um zero a mais: o erro que fez as ações desta empresa dispararem mais de 60% na bolsa

Concorrente do Uber entre os aplicativos de transporte, a Lyft se tornou um dos principais assuntos no mercado após o erro na projeção para a margem em 2024

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
14 de fevereiro de 2024
16:45 - atualizado às 16:24
Faustão - Errou - Meme com o apresentador Fausto Silva
Meme com o apresentador Fausto Silva - Imagem: Reprodução

Você já errou uma conta nos tempos de escola por ter colocado um zero a mais no lugar errado? Concorrente do Uber entre os aplicativos de transporte, a Lyft se tornou um dos principais assuntos nesta quarta-feira nos mercados internacionais por um motivo semelhante.

As ações da empresa chegaram a disparar mais de 60% na bolsa norte-americana Nasdaq logo após a divulgação dos resultados do quarto trimestre.

A euforia dos investidores veio das projeções da empresa para 2024, incluindo a expectativa de melhora da margem em 500 pontos-base (ou 5 pontos percentuais).

O problema é que havia um zero a mais na conta. Ou seja, a Lyft espera um avanço de meros 50 pontos na margem (0,5 ponto percentual) neste ano.

Após a correção da informação, o CEO da Lyft, David Risher, assumiu a responsabilidade pelo erro, que surgiu no comunicado à imprensa sobre os resultados.

Lyft: mercado reage bem apesar do erro

A Lyft abriu o capital em uma oferta pública de ações (IPO) na Nasdaq em março de 2019, pouco antes do Uber. Mesmo assim ficou bem para trás do principal concorrente na preferência dos investidores.

Desde a estreia, as ações amargam uma queda de quase 80% em meio às dificuldades para tornar o aplicativo de transportes lucrativo.

Mas apesar da lambança na divulgação das projeções de margem para 2024, o mercado reagiu bem aos resultados da Lyft.

É verdade que as ações diminuíram a alta após a empresa reconhecer o erro. Ainda assim, os papéis disparavam mais de 30% na tarde desta quarta-feira na Nasdaq.

A Lyft registrou um aumento de 4% nas receitas em relação ao quarto trimestre de 2022. Além disso, presentou um lucro ajustado de 18 centavos de dólar por ação, acima da expectativa do mercado, que era de 8 centavos.

LEIA TAMBÉM:

*Com informações da CNBC

Compartilhe

DE OLHO NAS REDES

Por que a China deve colocar “panos quentes” para impedir que as coisas piorem (ainda mais) no Oriente Médio? 

19 de abril de 2024 - 18:29

Enquanto as coisas parecem ficar cada vez mais delicadas no Oriente Médio, com os ataques do Irã a Israel no último final de semana, os mercados lá fora não parecem estar muito alarmados com a possibilidade de uma escalada no conflito — o que poderia ser desastroso para a economia global.  E uma das explicações […]

ESCALANDO…

É o fim da guerra das sombras? A mensagem do revide de Israel ao Irã para o mundo — e não é o que você espera

19 de abril de 2024 - 14:15

O mais recente capítulo desse embate aconteceu na madrugada desta sexta-feira (19), quando Israel lançou um ataque limitado ao Irã

RECADO DADO

A punição de Biden: EUA não perdoam ataque a Israel e castigam o Irã — mas o verdadeiro motivo das sanções não é econômico

18 de abril de 2024 - 13:17

O Tesouro norte-americano anunciou medidas contra uma dezena de pessoas e empresas iranianas e ainda avalia restrições ao petróleo do país, mas, ao contrário do que parece, medidas também mandam uma mensagem a Netanyahu

GUERRA QUENTE

Por essa nem Putin esperava: a previsão que coloca a Rússia à frente da maior economia do mundo

17 de abril de 2024 - 18:41

O Fundo Monetário Internacional (FMI) atualizou as projeções para a economia russa e os números revelam o segredo de Putin para manter o país em expansão

COM OU SEM CHAMPANHE?

O maior bilionário do planeta ficou quase R$ 30 bilhões mais rico hoje. O que fez a fortuna do dono da Dior e da Louis Vuitton disparar?

17 de abril de 2024 - 17:55

O patrimônio do magnata de luxo francês acompanha a valorização das ações da LVMH; conheça os números do conglomerado que animaram o mercado hoje

DECRETO CONTINUA

Milei tem vitória no “STF” da Argentina e mantém decreto em vigor, mas batalha ainda não terminou  

17 de abril de 2024 - 10:31

Mesmo que a Corte resolvesse barrar o DNU, Milei ainda tem uma carta na manga: ele poderá indicar até dois novos juízes para o tribunal

MAGNATA INDONÉSIO

Como este bilionário que você provavelmente não conhece transformou uma fortuna de US$ 5 bilhões em US$ 51 bilhões de em um ano

16 de abril de 2024 - 19:33

O magnata asiático da indústria de energia conseguiu multiplicar a sua fortuna em dez vezes em um ano; entenda o que aconteceu

ELON MUSK TINHA RAZÃO?

Invasão da China: como Biden e Trump querem frear os elétricos chineses liderados pela BYD nos EUA

16 de abril de 2024 - 18:58

Os veículos elétricos ainda não são vendidos no país, mas despertam cada vez mais preocupação de políticos e empresários do segmento, que colocam planos para barrar a maré vermelha à prova

A VIDA VAI MELHORAR (?)

Segura, Javier Milei: Argentina terá inflação de “apenas” 150% em 2024, mas contração econômica será maior, diz FMI

16 de abril de 2024 - 16:47

As projeções para 2025 melhoram, com a expectativa de que a inflação fique em 45% no ano e a atividade econômica cresça 5% em relação a 2024

ÁGUA NO CHOPE DO MERCADO

Juros em alta? Presidente do Fed fala pela primeira vez após dado de inflação e dá sinal claro do que vai acontecer nos EUA — bolsas sentem

16 de abril de 2024 - 15:35

A declaração de Powell voltou a sacudir os mercados: Wall Street devolveu ganhos, com o S&P 500 no vermelho, e os yields (rendimentos) dos títulos do Tesouro norte-americano voltaram a disparar

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar