🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
VEREDITO DO JÚRI

Donald Trump é considerado culpado por fraude em pagamentos à estrela pornô e torna-se primeiro ex-presidente dos EUA condenado por um crime

O político e empresário era alvo de 34 acusações no processo e foi considerado culpado por todas elas

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
30 de maio de 2024
18:24 - atualizado às 18:57
Donald Trump
Donald Trump - Imagem: Shutterstock

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acaba de ser considerado culpado por fraude. Trump foi condenado nesta quinta-feira (30) por falsificar registros comerciais relacionados a um pagamento secreto de US$ 130 mil a ex-atriz pornô Stormy Daniels pouco antes das eleições de 2016.

O político e empresário era alvo de 34 acusações no processo. E um juri composto por 12 pessoas o considerou culpado de todas elas, tornando-o o primeiro ex-presidente dos EUA a ser condenado por um crime.

A sentença, no entanto, só será divulgada em 11 de julho — e o político ainda pode recorrer da decisão.

Trump falou com a imprensa na saída do tribunal de Nova York e declarou que o "verdadeiro veredito" será dado em 5 de novembro pelo povo norte-americano. Esta é data da próxima eleição presidencial dos EUA, da qual ele é candidato pelo Partido Republicano.

"Esta foi uma decisão fraudulenta desde o primeiro dia. Não fizemos nada de errado, eu sou um homem inocente e continuaremos lutando. Lutaremos até o fim e venceremos", afirmou o ex-presidente.

  • LEIA TAMBÉM: Casa de análise libera carteira gratuita de ações americanas para você buscar lucros dolarizados em 2024. Clique aqui e acesse.

Aliados de Trump alegam interferência política

A decisão foi confirmada e repercutida por aliados de Trump nas redes socias. O filho dele, Donald Trump Jr., que é ativista político e vice-presidente do grupo que reúne as empresas do pai, relembrou que a sentença está marcada para sair quatro dias antes da convenção do partido Republicano.

"Eles nem estão tentando esconder a interferência eleitoral", escreveu o empresário em uma postagem no X, o antigo Twitter.

Mike Johnson, presidente da Câmara dos Representantes, também utilizou a rede social para divulgar uma nota sobre o que chamou de "um dia vergonhoso para a história americana".

"Os democratas comemoram ao condenar o líder do partido adversário por acusações ridículas, baseadas no testemunho de um criminoso condenado. Este foi um exercício puramente político, não jurídico", afirmou o político.

  • VOCÊ JÁ DOLARIZOU SEU PATRIMÔNIO? A Empiricus Research está liberando uma carteira gratuita com 10 ações americanas pra comprar agora. Clique aqui e acesse.

A condenação também foi alvo de comentários dos rivais políticos de Trump. Os responsáveis pela campanha de reeleição do atual presidente dos EUA, Joe Biden, e sua vice, Kamala Harris, declararam que "ninguém" está acima da lei.

Já Biden destacou, via X, que o único jeito de manter Trump longe do governo é nas urnas e pediu doações para a campanha.

*Com informações da Reuters

Compartilhe

OS BRITÂNICOS VÃO ÀS URNAS

Quem leva a melhor no Reino Unido? A carta na manga dos trabalhistas para derrubar os conservadores nas eleições de julho

13 de junho de 2024 - 20:01

Os trabalhistas lideram as pesquisas de intenção de voto com a ajudinha de fórmulas conhecidas pelo centro

presidente motoserra

Milei consegue conter preços e inflação Argentina baixa para 4,2% em maio

13 de junho de 2024 - 18:10

Apesar da queda em maio, índice de preços ainda acumula 276% de alta em 12 meses

EM MEIO AO CAOS

Todo poder a Milei? Com voto de Minerva e repressão a manifestantes, Senado da Argentina aprova pacote ultraliberal

13 de junho de 2024 - 11:16

O projeto concede amplos poderes ao Executivo, dando prerrogativas de interferência ao presidente, mas foi desidratado na Casa

PEDIU O MERCADO EM NAMORO?

De Powell, com amor (mas nem tanto): o que a decisão do Fed diz sobre os juros nos EUA

12 de junho de 2024 - 15:12

Em decisão amplamente esperada, o banco central norte-americano manteve a taxa referencial na faixa entre 5,25% e 5,50% ano — foi o gráfico de pontos que mandou a mensagem aos mercados

GUERRA COMERCIAL

Todos contra a China? União Europeia sai à caça dos elétricos chineses com aumento de impostos

12 de junho de 2024 - 14:38

Medida anunciada nesta quarta-feira (12) pelo bloco europeu vai elevar tarifas em até 38% para os EVs asiáticos e pode afetar a BYD e até a Tesla de Elon Musk

EM ANO DE ELEIÇÃO

Hunter Biden pode ser preso? Filho do presidente dos EUA é condenado por posse ilegal de arma — e o que isso significa para a campanha de Joe Biden

11 de junho de 2024 - 18:14

Hunter, de 54 anos, pode pegar até 25 anos e pagar US$ 750 mil em multas

Política Europeia

Decisão de Macron de dissolver Parlamento e convocar eleições antecipadas é aposta política de alto risco

10 de junho de 2024 - 11:13

Atitude de Macron vem após avanço do partido de extrema direita Reunião Nacional nas eleições do Parlamento Europeu

DEPOIS DO ULTIMATO

E agora, Netanyahu? Ministro de guerra de Israel renuncia ao cargo em meio a conflitos em Gaza

9 de junho de 2024 - 17:48

Benny Gantz deu um ultimato a Netanyahu em maio para que o gabinete de guerra adotasse um “plano de ação” para acabar com a batalha em Gaza

QUER PAGAR COMO?

Putin trocou o dólar pelo real? Rússia dá as costas para “moedas tóxicas” e abre espaço para o Brasil

7 de junho de 2024 - 20:00

Segundo o presidente russo, quase 40% do volume de negócios do país é agora em rublos, uma vez que a parcela realizada em dólares, euros e outras moedas ocidentais “não amigáveis” diminuiu

VAI CAIR OU NÃO VAI?

Juros nos EUA: a mensagem do principal relatório de emprego sobre o futuro das taxas que mexem com as bolsas do mundo

7 de junho de 2024 - 14:01

O mercado torceu o nariz para os dados mais fortes do que o esperado do chamado payroll referente ao mês de maio; entenda a reação e o que esperar agora

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar