🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
UM PRATO QUE SE COME FRIO

Biden vai se vingar? A pressão para que os EUA saiam à caça do Irã e respondam à morte de militares

Três militares norte-americanos foram mortos na noite de domingo (28) na Jordânia em um ataque com drones reivindicado pela Resistência Islâmica no Iraque, um grupo de milícias apoiado por Teerã

Carolina Gama
29 de janeiro de 2024
17:45 - atualizado às 16:28
O presidente dos EUA, Joe Biden, sentado e apoiado em uma mesa, com uma caneta na mão, pensativo
O presidente dos EUA, Joe Biden - Imagem: Flickr Casa Branca

Dizem que a vingança é um prato que se come frio e se isso for verdade, o presidente dos EUA, Joe Biden, deve resistir à pressão de responder agora ao ataque da Resistência Islâmica no Iraque — um grupo de milícias apoiado pelo Irã — e que resultou na morte de três soldados na noite de domingo (28). 

O ataque com drones, que também feriu pelo menos 34 militares norte-americanos, marca a primeira baixa de tropas dos EUA por fogo inimigo desde o início da última guerra entre Israel e Hamas. 

O Irã, no entanto, não comentou o ataque, enquanto o governo da Jordânia negou que tenha ocorrido em seu território.

EUA: a pressão sobre Biden

Os legisladores norte-americanos estão exigindo que Biden ataque o Irã após a morte dos três soldados.

“Apelo à administração Biden para que atinja alvos importantes dentro do Irã, não apenas como represália pela morte das nossas forças, mas como dissuasão contra agressões futuras”, disse o senador republicano Lindsey Graham, da Carolina do Sul, em comunicado.

“A única coisa que o regime iraniano entende é a força. Até que paguem um preço com a sua infra-estrutura e o seu pessoal, os ataques às tropas dos EUA continuarão”, acrescentou. 

Roger Wicker, do Mississippi, o republicano mais graduado no Comitê dos Serviços Armados do Senado, também defendeu uma resposta de Biden. 

“Devemos reagir aos ataques repetidos do Irã e dos seus representantes; devemos mirar diretamente nos alvos iranianos e na liderança. As respostas da administração Biden até agora apenas provocaram mais ataques”, afirmou Wicker. 

PODCAST TOUROS E URSOS - O ano das guerras, Trump rumo à Casas Branca e China mais fraca: o impacto nos mercados

A vingança dos EUA vem aí?

Biden, no entanto, deve seguir o ditado e comer frio o prato da vingança. 

Em resposta à pressão dos legisladores, o presidente dos EUA prometeu retaliar, dizendo em um comunicado que “irá atrás de todos os responsáveis no momento e da maneira que escolhermos”.

A declaração do chefe da Casa Branca acontece em um momento no qual ele se prepara para concorrer à reeleição e quando ele também tenta conter a escalada ainda maior dos conflitos no Oriente Médio. 

*Com informações da CNBC

Compartilhe

AYUDA, HERMANOS

A motosserra de Milei ficou sem combustível? Entenda por que o dólar voltou a bater máximas na Argentina — e por que isso já era esperado

23 de maio de 2024 - 12:55

Ao mesmo tempo em que o mercado aumentou o apetite por dólares, Javier Milei, o presidente do país, virou capa da revista Time

VAI VOLTAR A SUBIR?

Ata do Fed joga balde de água fria nas bolsas — entenda o que acabou de vez com o apetite por risco dos investidores hoje

22 de maio de 2024 - 16:04

Dirigentes do Fed estão descontentes com o ritmo da queda da inflação nos EUA e veem juros no atual nível por mais tempo

REI CHARLES AUTORIZOU

Primeiro-ministro dissolve o Parlamento e antecipa as eleições gerais no Reino Unido

22 de maio de 2024 - 14:44

Assim, os deputados perdem o seu mandato e agora precisam fazer campanha para a reeleição se quiserem continuar

EL PELUCA

Seis meses de Javier Milei: como está a Argentina hoje para o investidor — e para o viajante — após novo presidente assumir? 

22 de maio de 2024 - 6:20

Desde que assumiu, Milei colecionou algumas vitórias e derrotas no seu primeiro semestre de gestão; conheça algumas delas e saiba se a Argentina ainda é um destino turístico atrativo, do ponto de vista financeiro

NÃO DEIXOU BARATO

Na mira de Xi Jinping: China impõe sanções à Boeing e mais duas empresas dos EUA por venda de armas a Taiwan

20 de maio de 2024 - 19:22

A medida é a mais recente de uma série de sanções anunciadas pelo Gigante Asiático nos últimos anos contra companhias pelo fornecimento de armamento a Taipé

INTERNACIONAL

Presidente do Irã morre em queda de helicóptero; aiatolá já decidiu quem será o sucessor

20 de maio de 2024 - 7:53

Além de Ebrahim Raisi, seu ministro das Relações Exteriores e mais 7 pessoas morreram no incidente, ocorrido no norte do Irã

LOBBY DE BANCOS

CEO do JP Morgan levou outros presidentes de bancos para pressionar Federal Reserve por normas mais frouxas

19 de maio de 2024 - 16:47

Agora, o Fed e dois outros reguladores querem um novo plano, que reduziria o aumento obrigatório de capital — de quase 20% — para os maiores bancos dos EUA

NO ORIENTE MÉDIO

Membro do gabinete de Guerra de Israel ameaça pedir demissão caso não haja plano para conflito em Gaza

19 de maio de 2024 - 14:55

Benny Gantz reconheceu o impacto prejudicial que a guerra está tendo sobre os civis, mas insistiu que a “decisividade” é necessária

NO ORIENTE MÉDIO

Helicóptero que levava presidente e ministros do Irã faz pouso forçado; equipes tentam acessar o local

19 de maio de 2024 - 13:23

Houve registro de chuva forte e neblina com algum vento, o que poderia ter causado uma instabilidade na aeronave

SÓ UMA PROMESSA?

Vai fechar o banco central, Milei? A nova declaração do presidente da Argentina sobre o futuro do BC do país

17 de maio de 2024 - 18:45

O presidente argentino está na Espanha e deu diversas declarações polêmicas a um público que o aplaudiu calorosamente; veja o que mais ele disse

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar