🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

As ações desta provedora de internet que chamou a atenção da Vivo (VIVT3) já dispararam 20% nos últimos dias — e ainda há espaço para mais valorização

A empresa em questão é uma velha conhecida desta coluna e uma das recomendações de maiores pesos na carteira da série Microcap Alert

31 de maio de 2024
6:07 - atualizado às 13:32
Tecnologia internet ações
Tecnologia - Imagem: Shutterstock

Nos últimos dias, surgiram notícias de que a Telefônica Brasil - Vivo (VIVT3) estaria interessada em adquirir a Desktop (DESK3), que atua como ISP (provedora independente de internet) — as notícias foram confirmadas por ambas. 

Antes de mais nada, é bom esclarecer que a Desktop é uma velha conhecida, e já apareceu aqui nesta coluna. Na verdade, ela é uma recomendação da série Microcap Alert, da qual eu também faço parte, e tem um dos maiores pesos na carteira. 

Mas o que chamou a atenção da Vivo, exatamente? Provavelmente as mesmas coisas que nos fazem gostar da Desktop para o Microcap.

Pequena notável

Existem infinitas ISPs espalhadas pelo Brasil que poderiam ser alvo de aquisição da Vivo, e quase todas poderiam ser compradas por preços bem mais atrativos, se a intenção dela fosse apenas crescer pagando barato. 

Mas existem aspectos no mundo corporativo que vão muito além de planilhas, métricas de endividamento, múltiplos, Capex por cliente, etc. A Desktop tem uma cultura voltada à satisfação do cliente que dificilmente vemos por aí, ainda mais quando o assunto é telecom.

Além disso, ela está presente em uma das regiões com maior poder aquisitivo do Brasil, com infraestrutura e pessoas que se destacam das competidoras. Essa combinação fez com que a companhia conseguisse atingir notoriedade no interior de São Paulo.

A Desktop é a 3ª maior operadora de Banda Larga do Estado, o que já a tornaria um alvo interessante para a Vivo, especialmente quando consideramos a diferença entre os valores de mercado (R$ 75 bilhões para a Vivo vs R$ 1,8 bilhão para a Desktop). 

Filtro: Estado de São Paulo. Fonte: Anatel.  

Mas a verdade é que a atratividade da Desktop é ainda maior quando filtramos a tecnologia dos acessos por FTTH (fibra). Neste caso, ela sobe para a 2ª posição, atrás apenas da própria Vivo. 

Filtro: Estado de São Paulo, exceto a capital; Tecnologia FTTH. Fonte: Anatel.  

Se, além disso, excluirmos os acessos na capital, Região do ABC e Guarulhos, o market share da Desktop sobe para 15,7%. 

Ou seja, com a compra de Desktop, a Vivo teria mais da metade dos acessos com tecnologia de fibra no Estado São Paulo, e ganharia muito mais terreno no interior, aumentando a diferença para a Claro

Para além do market share, a Vivo também levaria uma infraestrutura de primeira qualidade, que permitiu à Desktop ser a líder em velocidade de internet no Estado

Apesar de não ser a mais barata das ISPs brasileiras, a Desktop está longe de ser cara. Hoje ela negocia por menos de 5x EV/Ebitda, com melhora no perfil de geração de caixa após capex substancial em infra recente. 

E a Vivo ainda conseguiria sinergias tais como diluição de despesas e redução substancial no custo da dívida, e ainda tiraria do jogo uma concorrente que começa a ganhar cada vez mais relevância em uma de suas principais regiões de atuação.

Tudo isso sem abrir mão dos bons dividendos que paga para os seus acionistas, e que fazem dela uma ótima Vaca Leiteira

Ainda tem espaço para as ações DESK3

Eu recomendei DESK3 no Sextou do dia 12 de abril, quando as ações ainda estavam sendo negociadas por R$ 14. 

Obviamente que o potencial de valorização reduziu depois da alta de mais de 20% desde a semana passada. No entanto, ainda existe espaço para mais. 

Hoje Desktop está avaliada em menos de 5x Valor da Firma/Ebitda, sendo que a média global de ISPs negocia por mais de 8x, mesmo crescendo menos que ela.

Uma oferta compatível com a casa de 6x Valor da Firma/Ebitda (por volta de R$ 21 por DESK3, cerca de 30% de potencial) seguiria obedecendo uma lógica saudável de ganha-ganha para as partes envolvidas, e também conversaria com a avaliação de sua infraestrutura por R$ 2,5 bilhões por um banco de investimento no fim do ano passado. 

Seguimos com as ações DESK3 na carteira do Microcap. 

Um grande abraço e até a semana que vem. 

Ruy

Compartilhe

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa busca recuperação com corte dos gastos em pauta e acordo entre Petrobras (PETR4) e Receita

18 de junho de 2024 - 7:54

Ibovespa começa mais um pregão vindo do nível mais baixo de fechamento no ano; indicadores norte-americanos também estão no radar

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O paradoxo do conservadorismo necessário: para que os juros caiam depois, é preciso mantê-los elevados agora

18 de junho de 2024 - 6:33

Manter os juros altos agora não apenas ajudaria a reancorar as expectativas de inflação, mas também permitiria uma política monetária mais flexível no futuro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa semana de Copom perto das mínimas do ano e com bolsas internacionais sem direção clara

17 de junho de 2024 - 7:41

Investidores estão na expectativa quanto à divulgação de propostas do governo para revisar os gastos públicos na proposta de orçamento para 2025

Mande sua dúvida!

Meu imóvel foi invadido, e parece que os ocupantes obtiveram a usucapião; ainda consigo fazer a reintegração de posse?

15 de junho de 2024 - 8:00

É possível “reverter” ou “anular” um processo de usucapião? E invasor pode mesmo conseguir usucapir um imóvel?

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O fundo do poço está próximo? Decisão do Fed sobre juros nos EUA, inflação no Brasil, fusão no setor de saúde e outros destaques do dia que indicam o tom do Ibovespa

11 de junho de 2024 - 8:42

Mercado aguarda posicionamento do Fed sobre inflação nos EUA nesta quarta-feira; nova marca de gestora de FII e compra milionária da Ultragaz também entram no radar dos investidores

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar