🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
conteúdo empiricus

‘Vacas leiteiras’ morrem? Entenda por que os dividendos da Taesa (TAEE11) e Intel (INTC) estão ameaçados

Os dividendos da Intel e da Taesa podem encolher em breve; veja como se antecipar a estes eventos e escolher ações melhores para buscar proventos

Leticia Camargo
Leticia Camargo
14 de fevereiro de 2023
12:00 - atualizado às 8:41
vacas leiteiras dividendos ação
Imagem: Shutterstock

Existem algumas ações que são populares por pagarem dividendos enormes. A elas, os analistas do mercado dão o apelido de “vacas leiteiras”.

Elas são conhecidas por serem resilientes, terem forte geração de caixa e, por isso, distribuírem pagamentos recorrentes aos seus acionistas, que podem ser anuais, semestrais, quadrimestrais, trimestrais ou mensais.

E, neste meio, há aquelas que se sobressaem das outras. Você com certeza já ouviu sobre a Petrobras (PETR4), por exemplo. A companhia é uma das gigantes quando o assunto são dividendos e foi a maior pagadora brasileira de 2022.

Mas será que as grandes pagadoras de proventos são sempre as mesmas? Ou chega uma hora que, simplesmente, as “vacas leiteiras” perdem a validade?

É isso que pode estar acontecendo com duas empresas que são conhecidas como grandes pagadoras de dividendos: a Intel (INTC) e a Taesa (TAEE11).

A Intel recompensou seus investidores com dividendos crescentes praticamente todos os anos, nos últimos 30 anos. Qualquer filtro realizado hoje com o critério “maior dividend yield” do S&P 500 trará a Intel como uma das preferidas.

O dividend yield projetado desta empresa é de 5,5% ao ano, o que é bem elevado para os padrões da bolsa americana.

Do outro lado, temos a Taesa. A empresa figura em boa parte das carteiras com foco em dividendos da bolsa brasileira e, de acordo com especialistas, pode ser uma das maiores pagadoras de 2023.

Nos últimos 12 meses, ela teve um dividend yield de 17,21%, o mesmo que cerca de R$ 6,18 por ação.

Porém, alguns analistas acreditam que essas vacas leiteiras “morreram”. Ou seja, deixaram de fazer jus ao apelido e podem não ser mais boas pagadoras de dividendos.

Afinal, o que aconteceu? 

A seguir, te explico o motivo destes analistas terem chegado à tal conclusão e respondo se as vacas leiteiras têm mesmo um prazo de validade (e como você pode identificar isso antes de ficar no prejuízo).

O que aconteceu com a Intel e a Taesa?

Pode ser que você esteja confuso quanto ao fato de a Intel e a Taesa não serem mais consideradas boas pagadoras de dividendos. Afinal, o dividend yield delas é alto e, até onde você sabe, não há nenhuma notícia prevendo o “cancelamento” dos seus dividendos…

Mas o que você talvez não saiba é o que o futuro reserva para essas duas empresas. Explico:

1. Intel

A Intel é conhecida pela sua presença no mercado de computadores pessoais. Ela se manteve, por muitos anos, com os processadores mais rápidos e eficientes do mercado.

Ao longo de mais de 20 anos, esse círculo virtuoso transformou-a na maior empresa de semicondutores do mundo, líder absoluta no mercado de PCs e data centers.

Por conta disso, seus investidores foram recompensados com dividendos crescentes em praticamente todos os anos, nos últimos 30 anos. 

Mas essa história começou a mudar quando Steve Jobs apresentou o primeiro iPhone ao mundo… 

De lá para cá, ela travou uma guerra para vender volumes massivos de chips de smartphones, que ajudariam a bancar novas e cada vez mais caras fábricas de semicondutores de alta performance. Porém, essa guerra foi perdida.

Sem esses recursos, ela precisou equilibrar a necessidade de crescer seu dividendo todos os anos para agradar os acionistas, e manter investimentos cada vez mais elevados para competir com as empresas asiáticas.

Foi assim que a Intel começou a perder a liderança para a taiwanesa TSMC. Enquanto ela se preocupava em pagar dividendos, a outra empresa crescia e recebia pedidos cada vez maiores de concorrentes da Intel.

Com isso, empresas como AMD e Nvidia superaram a Intel no design de semicondutores e sua concorrente na produção, a TSMC, está muitos anos à frente da Intel em termos de tecnologia atualmente.

Há poucos dias, a Intel divulgou seus resultados do 4T22, que foram decepcionantes. O que se seguiu foi um sinal definitivo de que a empresa precisará cortar drasticamente os seus dividendos.

“Se não houver uma melhora, ou mesmo vier e a Intel seguir sendo devorada por seus maiores concorrentes, é possível que os executivos tenham que cortar dividendo numa situação muito diferente da atual, onde os resultados estarão ruins, mas o endividamento estará potencialmente elevado”

É nisso que acreditam os analistas de ações com foco em dividendos da Empiricus Research. Para eles, o patamar de dividendos da Intel é insustentável e é uma questão de tempo até que ela deixe de ser uma “vaca leiteira”.

2. Taesa

A Taesa é um dos maiores grupos privados de transmissão de energia elétrica do Brasil. Ela é dedicada à construção, manutenção e operação de ativos de transmissão e conta com 14.097 km de linhas.

Por estar em um setor que tem receitas, margens e lucros mais previsíveis, a Taesa se consolidou como uma excelente pagadora de dividendos. 

A companhia tem um payout histórico de 90%, o que significa que ela tem como característica distribuir uma alta porcentagem do seu lucro líquido para os seus acionistas. 

Hoje, a Taesa é recomendada por boa parte das carteiras com foco em dividendos e é cotada como uma das maiores pagadoras para 2023. Mas, embora ela tenha potencial para distribuir proventos “gordos” este ano, ela pode perder o posto de “vaca leiteira” em breve.

No setor de transmissão de energia, é comum que empresas façam contratos e vençam o direito de concessões por muitas décadas. 

Acontece que, em 2030, acabam 3 concessões muito importantes para o resultado da Taesa, e a renovação pode se tornar um fator de risco para os seus acionistas.

Além disso, a companhia vai começar a construir empreendimentos que ela ganhou nos últimos leilões com taxas de retorno baixíssimas. Os últimos leilões de transmissão foram muito concorridos e tiveram taxas de retorno abaixo do NTN-B.

NTN-B é o nome que se dá ao título do Tesouro Direto que é indexado à inflação (popularmente conhecido como IPCA+). Na prática, a Taesa está se comprometendo com investimentos cujo retorno estimado é menor que o retorno de títulos de renda fixa.

“Não dá para saber exatamente quando, mas a expectativa é que esse dividend yield, que hoje é estimado entre 10% e 12% ao ano, em alguns anos vai minguar”

É no que acreditam os analistas da Empiricus Research. Para eles, a Taesa, que hoje paga um alto percentual de dividendos, pode passar a pagar metade deste valor à medida que os eventos citados acima se concretizarem.

Enquanto isso, as ações TAEE11 operam em alta, tendo valorizado mais de 4% no mês de janeiro. A interpretação dos analistas é que a companhia é o oposto dos casos de “growth” (crescimento). Ou seja, é uma ação de valor presente e, quando o juro sobe, esses casos são premiados.

Porém, a valorização da ação, ou mesmo os dividendos estimados para 2023, não são o bastante para que a Taesa seja recomendada para dividendos no longo prazo. 

Para os analistas, você só deve comprar as ações da Taesa se acha que o mundo pode acabar até 2030. Caso contrário, existem opções melhores.

TREINAMENTO GRATUITO - COMO ESCOLHER AS MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS (E 120 REAIS PARA INVESTIR NELAS)

Como se antecipar às ‘vacas leiteiras’ que estão para secar e onde encontrar novas boas pagadoras de dividendos

Como você viu, não é porque uma empresa sempre pagou bons dividendos que ela vai, necessariamente, ser assim a vida toda. As “vacas leiteiras” morrem… E um ranking de internet não será suficiente para que você antecipe esses eventos.

É provável que, se você pesquisar pela Intel e pela Taesa agora, ainda existam muitas reportagens que dizem que elas são boas opções para dividendos.

Por outro lado, analistas e investidores que sabem das informações que lhe contei acima já estão “pulando fora” das ações e buscando por empresas melhores.

Você não precisa seguir a turma dos rankings de internet, se não quiser. Pode aprender a se antecipar e saber como encontrar as melhores pagadoras de dividendos, que estão fora do radar da maioria dos investidores.

Para isso, o Seu Dinheiro está lançando um treinamento totalmente online e gratuito, que acontecerá em 3 aulas, entre os dias 1 e 6 de março.

O objetivo é apenas um: ensinar pessoas comuns a fazerem as melhores escolhas para o patrimônio. Neste treinamento, você irá aprender sobre:

  • O que é a “Renda Anticrise”: você vai saber o que são dividendos, como funcionam e por que estamos no melhor momento para aplicar essa estratégia;
  • O “Efeito Bola de Neve”: um “macete” usado pelos investidores para gerar renda sobre renda com os dividendos recebidos;
  • As 3 regras básicas de todo investidor de dividendos e como fazer as melhores escolhas;
  • Presentes especiais: quem chegar até o final do treinamento vai ter a chance de ganhar presentes especiais, inclusive um depósito de R$ 120 em uma conta no seu nome.

Se esse tipo de conteúdo lhe interessa, você pode fazer a sua inscrição gratuita no botão abaixo. Não se preocupe, nenhum centavo será cobrado para que você possa garantir uma vaga no treinamento:

TREINAMENTO GRATUITO - COMO ESCOLHER AS MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS (E 120 REAIS PARA INVESTIR NELAS)

Os concluintes deste treinamento poderão sair com R$ 120 na conta e uma lista de 11 novas ‘vacas leiteiras’

Se você ficou interessado no treinamento online e gratuito oferecido pelo Seu Dinheiro e quer aprender como escolher boas pagadoras de dividendos para investir, você pode.

Mesmo que não tenha nenhum conhecimento prévio sobre ações, você poderá contar com um conteúdo completo e prático para lhe ajudar a começar. 

Após fazer a inscrição gratuita no treinamento, você poderá ter acesso a:

  • 3 aulas totalmente online e gratuitas sobre dividendos;
  • 120 reais em uma conta no seu nome para investir em algumas “vacas leiteiras” (ou usar da forma que você quiser);
  • E-book “O Pequeno Livro da Grande Renda”, do analista Rodolfo Amstalden, que ensina como viver de renda;
  • Lista de 11 ações “vacas leiteiras” para investir a partir de 2023, recomendadas pelos analistas com foco em dividendos da Empiricus Research.

Para que fique claro, alguns destes presentes só estarão disponíveis para você quando o treinamento for concluído. 

As inscrições para o treinamento já estão disponíveis. Basta clicar no botão abaixo e seguir o passo a passo para garantir a sua vaga.

E por que esse treinamento é gratuito? O Seu Dinheiro e a Empiricus Research têm um propósito comum: democratizar o acesso à informação de qualidade para investidores pessoa física. Por essa razão, eles estão oferecendo esse conteúdo de graça.

Com isso, você pode assistir às aulas, conhecer melhor a estratégia proposta por eles e só então decidir se ela faz sentido para você.

Garanta a sua vaga sem assumir nenhum tipo de compromisso no botão abaixo. Depois você voltará para me agradecer:

TREINAMENTO GRATUITO - COMO ESCOLHER AS MELHORES PAGADORAS DE DIVIDENDOS (E 120 REAIS PARA INVESTIR NELAS)

Compartilhe

Conteúdo SD Select

10 dias para entregar a declaração do Imposto de Renda: tudo o que você precisa saber para não perder o prazo

21 de maio de 2024 - 12:00

Prepare-se com antecedência e evite correrias de última hora com esse guia completo

Conteúdo SD Select

Imposto de Renda 2024: vai declarar pela primeira vez? Saiba por onde começar neste guia gratuito

18 de maio de 2024 - 16:00

Veja o passo a passo inicial e tire todas as suas dúvidas no material feito por Julia Wiltgen, jornalista especialista em IR

SD Select

Nem Nvidia (NVDC34), nem Tesla (TSLA34): veja qual das ‘Magnificent Seven’ é a preferida dos analistas para investir agora

17 de maio de 2024 - 14:00

Apenas uma das Sete Magníficas foi unânime e esteve presente em todas as cinco carteiras analisadas pelo Money Times, portal parceiro do Seu Dinheiro; entenda

SD Select

VISC11 é novamente o FII mais recomendado do mês; BTLG11, XPML11 e KNRC11 completam o pódio

15 de maio de 2024 - 8:00

Vinci Shopping Centers (VISC11) é o primeiro colocado do pódio de recomendações pelo segundo mês consecutivo – outros 7 FIIs dividem a segunda posição; confira

SD Select

Queridinhas do mercado: Vale (VALE3), Petrobras (PETR4), Itaú (ITUB4), Cyrela (CYRE3) e Weg (WEGE3) são as ações mais recomendadas de maio

14 de maio de 2024 - 16:00

Money Times, portal parceiro do Seu Dinheiro, pesquisou carteiras recomendadas de grandes instituições e compilou as ações mais mencionadas; confira

Conteúdo SD Select

‘Tem bastante oportunidade na mesa’: veja a alocação ideal da carteira para maio, segundo sócio da Ethimos Investimentos

13 de maio de 2024 - 8:48

Leonardo Costa explicou cenário e deu sugestões durante o programa Onde Investir em Maio

SD Select

‘Nunca fiquei esperando ser convidada’: ‘Chefonas’ de estatais brasileiras comentam cenário e falam sobre papel da mulher no mercado; confira

28 de abril de 2024 - 8:00

Ex-líderes de empresas como Petrobras (PETR4) e Caixa estarão presentes em novo evento gratuito do Market Makers

Macro Summit

‘O jogo de cartas está sendo redistribuído, e ele traz uma boa mão para o Brasil’: Marcos Troyjo, ex-presidente do Banco do BRICS, comenta o cenário geopolítico atual

20 de abril de 2024 - 8:00

Tendências globais na nova geopolítica é o tema do quarto painel do Macro Summit 2024

Macro Summit Brasil

‘Yield no Brasil e ações de tecnologia nos EUA’: para gestor, essa é a combinação vencedora para se ter na carteira de investimentos; entenda

17 de abril de 2024 - 16:00

José Rocha, da Dahlia Capital, e Mariana Dreux, da Itaú Asset, falaram sobre o cenário macroeconômico e seus investimentos preferidos para o momento no Macro Summit Brasil

SD Select

Aposta ousada: relatório ‘elegeu’ ação ‘mal falada’ como a melhor para abril – e até agora acertou

14 de abril de 2024 - 10:00

Empresa passava por turbulências mas mesmo assim foi bancada por recomendações profissionais

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar