🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
Formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP). Tem experiência como pesquisadora e redatora.
SD Select

Adeus, dividendos? Reoneração pode ser ‘primeiro prego na tampa do caixão’ dos lucros da Petrobras (PETR4); entenda

Dividendos podem ser afetados por reoneração e possível mudança na política de preços

Fernanda Lopes
Fernanda Lopes
1 de março de 2023
11:00 - atualizado às 10:11
Petrobras com fundo de dinheiro pegando fogo
Logo da Petrobras em montagem com dinheiro e fogo. - Imagem: Divulgação/Unsplash/Montagem: Fernanda Lopes

O Ministério da Fazenda anunciou a reoneração total dos combustíveis na segunda-feira (27), e abriu espaço para o questionamento: isso vai afetar a distribuição de dividendos da Petrobras (PETR4)?

A gasolina e o etanol foram desonerados – ou seja, isentos de imposto – durante o governo Bolsonaro. Agora, a equipe de Lula resolveu retomar a cobrança de impostos dos combustíveis, o que, na prática, acaba afetando os preços da Petrobras.

A petroleira fez a alegria dos investidores em 2022, chegando a alcançar o posto de maior pagadora de dividendos do mundo.

Mas, com a eleição de Lula, a “era de ouro” dos dividendos da Petrobras se viu ameaçada.

Isso porque os governos petistas têm um histórico de intervenção nas empresas estatais, e o próprio Lula vem se manifestando contra a política de preços da Petrobras.

A questão aqui é que desatrelar os preços da Petrobras do mercado internacional seria uma maneira de evitar que a reoneração afetasse os preços dos combustíveis para os consumidores finais – e que a popularidade do governo fosse prejudicada.

Então, será que a reoneração dos combustíveis é apenas o primeiro passo? O “primeiro prego na tampa do caixão” dos lucros estrondosos da Petrobras e, por consequência, da distribuição de dividendos?

Vamos falar sobre as possibilidades a seguir.

SAIBA COMO LUCRAR COM DIVIDENDOS SEM DEPENDER DA PETROBRAS (PETR4)

A Petrobras vai ‘bancar’ parte do aumento do preço dos combustíveis?

A consequência mais imediata da volta da cobrança de tributos dos combustíveis é o aumento do preço ao consumidor final

Se por um lado isso é positivo para o governo, já que esses impostos vão voltar para os cofres públicos depois que a gestão anterior abriu mão deles (cálculos do Ministério da Fazenda falam em até R$ 28,9 bilhões a mais em 2023), por outro, é possível que o tiro saia pela culatra.

Isso porque o preço do combustível é levado em conta no cálculo da inflação. Sem contar que não “cai bem” para a população de repente pagar R$ 0,69 a mais na gasolina e R$ 0,24 no etanol – e isso se reflete na popularidade do governo.

Pensando nisso, foi anunciado hoje (1) que só uma parte do aumento será repassada ao consumidor, enquanto a Petrobras ficará encarregada de “bancar” a outra parte – diminuindo o preço cobrado aos distribuidores.

Fernando Haddad, ministro da Economia, afirmou que a petroleira dispõe de um “colchão que permite aumentar ou diminuir o preço dos combustíveis”.

Em outras palavras, o preço cobrado pela Petrobras estava um pouco acima do padrão internacional, então é possível cobrar mais barato sem perder a competitividade.

Por conta disso, a partir de hoje as distribuidoras vão comprar combustíveis da Petrobras a preços um pouco menores – a gasolina vai passar de R$ 3,31 para 3,18 o litro (uma redução de R$ 0,13), e o etanol, de R$ 4,10 para R$ 4,02 o litro (uma redução de R$ 0,08)

Claro que um movimento como esse vai afetar os lucros da Petrobras e, por consequência, o pagamento de dividendos aos acionistas. Mas o problema não é só esse.

Como já foi dito lá em cima, o maior temor dos acionistas é que tudo isso leve o governo a rever a política de preços da petroleira.

Nesse caso, o lucro da Petrobras ficaria em segundo plano – e os acionistas poderiam dar adeus aos dividendos “gordos” como os que foram distribuídos em 2022.

Claro que ainda não há confirmação dos próximos passos do governo em relação a Petrobras, mas uma coisa é certa: o risco político será uma realidade nos próximos 4 anos.

Mesmo que não haja nenhuma mudança na política de preços por enquanto, a intervenção do governo na Petrobras sempre será uma possibilidade, e os dividendos sempre estarão correndo risco. 

DESCUBRA COMO É POSSÍVEL LUCRAR COM DIVIDENDOS SEM RISCO POLÍTICO

Minicurso gratuito ensina a lucrar com dividendos sem sofrer com o risco político

Felizmente, existem outras empresas na bolsa brasileira capazes de entregar rendimentos consistentes.

Na verdade, investindo nas empresas certas, é possível receber dividendos todos os meses direto na sua conta – como um segundo salário.

Mas esse tipo de oportunidade passa batido pela maioria das pessoas. 

Muita gente não sabe como começar a investir, ou não conhece as várias oportunidades de lucrar nesse mercado – e acaba apostando todas as fichas na Petrobras, por exemplo, correndo o risco de se frustrar.

Na intenção de divulgar esse tipo de oportunidade de geração de renda, o Seu Dinheiro elaborou um minicurso gratuito sobre renda extra com dividendos.

Conhecendo os conceitos básicos fica mais fácil de saber como se posicionar no mercado financeiro para buscar ganhos maiores e recorrentes, e é isso que o minicurso pretende mostrar para investidores de todos os perfis.

Afinal de contas, todo mundo pode ganhar dinheiro no mercado financeiro – mesmo que nunca tenha investido na vida.

Principalmente considerando que quem completar o curso terá a chance de receber uma carteira completa de ações para receber dividendos. 

Ou seja, se você tem dúvidas sobre onde investir, pode contar com as recomendações de especialistas te dizendo com todas as letras quais ações comprar depois do curso. O Seu Dinheiro está dando o peixe e também está ensinando a pescar.

E se você ainda não está convencido, aqui vai mais um incentivo: os investidores que chegarem ao fim do curso terão a chance de receber R$ 120 em uma conta no seu nome para começar a investir.

Claro que esse dinheiro será todo seu, e você pode sacá-lo se quiser. Mas se seguir as orientações que o minicurso vai apresentar, esse valor pode ser o seu primeiro passo para uma renda extra pingando todo mês na sua conta, sem esforço algum.

Para desbloquear seu acesso ao minicurso sem pagar nem um centavo e ainda ter a chance de embolsar R$ 120, é só clicar no link abaixo. A inscrição é completamente gratuita.

Essa é uma oportunidade única de aprender a lucrar com dividendos sem muito esforço e sem risco político. Se eu fosse você, daria uma olhada.

[MINICURSO GRATUITO]: DESBLOQUEIE SEU ACESSO E DESCUBRA COMO RECEBER R$ 120 NUMA CONTA EM SEU NOME

Compartilhe

SD Select

Aposta ousada: relatório ‘elegeu’ ação ‘mal falada’ como a melhor para abril – e até agora acertou

14 de abril de 2024 - 10:00

Empresa passava por turbulências mas mesmo assim foi bancada por recomendações profissionais

SD Select

VISC11, BTLG11, XPML11 e KNCR11 foram os fundos imobiliários mais recomendados para abril; veja o ranking

13 de abril de 2024 - 14:00

Money Times buscou carteiras recomendadas de algumas das maiores instituições financeiras e casas de análises do país – veja os fundos imobiliários mais mencionados

SD Select

Stuhlberger ‘arrependido’, Lula ‘com sorte’ e ‘bolha na China’: confira o ‘resumão’ do Macro Summit

12 de abril de 2024 - 17:07

Evento que reuniu grandes nomes do mercado financeiro brasileiro ocorreu entre os dias 9 e 11 de abril; veja os melhores momentos

SD Select

Vale (VALE3), Itaú (ITUB4), Petrobras (PETR4) e Weg (WEGE3) estão entre as ações mais recomendadas de abril; saiba mais

12 de abril de 2024 - 14:04

Money Times, portal parceiro do Seu Dinheiro, pesquisou 10 carteiras recomendadas e compilou as ações mais mencionadas; confira também recomendações na íntegra

SD Select

Ao vivo, hoje, às 18h: Luis Stuhlberger, Daniel Goldberg e Felipe Miranda analisam cenário macro e oportunidades de investimentos; assista

11 de abril de 2024 - 13:55

Encontro encerra o Macro Summit Brasil 2024, evento promovido pelo hub de conteúdos financeiros Market Makers – veja como assistir

SD Select

‘O Brasil está no rumo certo ou não?’ é o tema de abertura do Macro Summit, evento que reúne grandes nomes do mercado; assista gratuitamente

9 de abril de 2024 - 15:00

Macro Summit Brasil, que ocorre entre os dias 9 e 11 de abril, conta com a presença de alguns dos maiores economistas, investidores e analistas do país

Conteúdo SD Select

Debate de alto nível: o que fazer antes de ouvir as recomendações da Verde Asset, Kapitalo e Vista Capital

2 de abril de 2024 - 8:00

Prepare-se para o Macro Summit Brasil com curso gratuito de investimento em ações; veja como se inscrever

SD Select

‘Mentes brilhantes do mercado’: assista a Daniel Goldberg e outros grandes gestores e economistas em evento online e gratuito

1 de abril de 2024 - 8:00

Gestor da Lumina Capital, Goldberg participa de painel com Luis Stuhlberger, da Verde Asset, e Felipe Miranda, da Empiricus; veja como assistir

SD Select

Luis Stuhlberger, criador do lendário Fundo Verde, reaparece em rara entrevista; veja como assistir

28 de março de 2024 - 10:00

Stuhlberger é um dos convidados do Macro Summit Brasil 2024, evento online gratuito que ocorre entre os dias 9 e 11 de abril

SD Select

Vai ser uma surra de conhecimento’: evento reúne ‘Dream Team’ da Faria Lima para debater rumos do cenário macroeconômico; pegue seu ingresso

27 de março de 2024 - 14:00

Nomes consagrados do mercado financeiro, como Luis Stuhlberger e Daniel Goldberg, farão rara aparição juntos; evento promovido pelo Market Makers é gratuito

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies