🔴 PRIO3 E +9 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA – ASSISTA AQUI

Beatriz Azevedo
Beatriz Azevedo
Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo. Já passou pelo Jornal da USP e agência de marketing.
DE OLHO NAS REDES

Adeus, Netflix? Novo ‘streaming’ de energia solar quer zerar parte das suas contas de luz e ainda colocar dinheiro no seu bolso; entenda

‘Streaming’ de energia solar promete zerar até três contas de luz sem precisar de sequer uma placa fotovoltaica

Netflix
Netflix - Imagem: Divulgação/Netflix

Já pensou se as horas que você gasta ao zapear na Netflix pudessem, de alguma forma, trazer um impacto positivo para o seu bolso? Esta empresa pensou e, ao lançar um serviço de ‘streaming’ de energia solar,  promete ‘zerar’ até três das suas contas de luz no ano. 

Tudo isso sem precisar instalar sequer um painel fotovoltaico na sua casa, trata-se de um simples serviço de assinatura, como se fosse uma ‘Netflix’ da energia solar. 

E o melhor: como se não bastasse a baita economia que você pode ter, essa empresa ainda te mostra um jeito no qual você pode ganhar valores como R$ 1600 por mês ao fazer uma pequena colaboração com o serviço deles. Revelamos todos os detalhes em uma publicação na nossa página do Instagram. 

Veja logo abaixo e aproveite para seguir nosso perfil por lá (é só clicar aqui e  apertar em seguir por lá). Assim, além de receber em primeira mão conteúdos como esse, você também tem acesso a: 

  • Alertas com insights de investimentos que podem colocar uma boa grana no seu bolso; 
  • Análises de mercado exclusivas que te ajudam a tomar as melhores decisões para o seu patrimônio; 
  • A opinião dos principais analistas e gestores do Brasil consultados pela nossa equipe de repórteres especiais. 

Além disso, você também fica por dentro de todas as notícias com potencial de abalar o seu dinheiro. Clique aqui e nos siga no Instagram (basta clicar em seguir no aplicativo).

ALÉM DA 'NETFLIX' DA ENERGIA SOLAR, VEJA TAMBÉM - Estou afundado em dívidas e tive até que fugir do país para me livrar delas. Meus credores podem me perseguir? 

Nós também estamos produzindo conteúdo relevante para o seu bolso. No quadro A Dinheirista, por exemplo, a nossa repórter especial Julia Wiltgen resolve as principais aflições financeiras dos  nossos leitores em um quadro cheio de humor.

Neste episódio, um dos casos que ela resolve é cabeludo. A situação é a seguinte: 

“Morei por alguns anos em Portugal, pagava minhas dívidas certinho até que eu perdi o meu emprego e criei dívidas de até 20 mil euros lá fora. Meus credores podem me perseguir?” 

A resposta está no vídeo junto com outros casos tenebrosos envolvendo finanças. Veja a seguir e não deixe de se inscrever no nosso canal do YouTube para receber alertas quando publicarmos conteúdos especiais por lá. Basta clicar aqui e apertar em se inscrever.

Compartilhe

LOTERIAS

Lotofácil: Apostador “virtual” fatura prêmio milionário sozinho; Mega Sena sorteia hoje bolada de R$ 66 milhões

16 de abril de 2024 - 9:39

Enquanto a Quina e a Lotomania acumularam, a Lotofácil registrou um vencedor ontem. Confira os números sorteados nas principais loterias da Caixa Econômica Federal

SHINE BRIGHT

Ouro a US$ 3 mil: por que o Citi enxerga disparada de 26% do metal precioso — e nem tudo tem a ver com as guerras

16 de abril de 2024 - 9:02

Para os especialistas do Citigroup, a commodity deve ser impulsionada pelo aumento da demanda dos investidores institucionais e dos bancos centrais

Prévia do orçamento

Governo propõe reajuste de mais de 6% no salário mínimo em 2025; veja qual será o valor

15 de abril de 2024 - 17:45

O cálculo segue a projeção para o INPC, índice oficial de inflação no Brasil, mais o crescimento do PIB em 2023

SPOILERS DA PLDO

Sem superávit: Haddad confirma meta fiscal de déficit zero em 2025 e planos para aumentar a arrecadação

15 de abril de 2024 - 17:09

Vale relembrar que, há um ano, a equipe econômica havia estabelecido que buscaria fazer um superávit de 0,5% do PIB em 2025

MADE IN BRAZIL

O milho que vale ouro: quebra de safra da África dá tração ao agronegócio brasileiro e pode mexer com gigantes como a BRF (BRFS3)

15 de abril de 2024 - 14:15

A seca provocada pelo El Niño reduziu o cultivo de milho da África do Sul em pelo menos 20% e a do Zimbábue em cerca de 60%

VENDE COMO ÁGUA

Brasil retoma autossuficiência de alumínio e produção avança 24% em 2023; ainda existe espaço no mercado?

14 de abril de 2024 - 15:31

A recuperação na oferta acontece, principalmente, devido ao religamento do complexo industrial da Alumar, no Maranhão

LOTERIAS FEDERAIS

Com arrecadação de R$ 23,4 bilhões, funcionários da Caixa tentam manter lotéricas com banco

14 de abril de 2024 - 13:42

Além da arrecadação, as loterias são parte fundamental da rede de atendimento do banco, porque prestam serviços bancários da Caixa

BOMBOU NA SEMANA

A porta giratória de Milei na Argentina e o “novo” fracasso de Lemann: veja quais foram as notícias mais lidas do Seu Dinheiro nesta semana

13 de abril de 2024 - 14:05

Nesta semana, as leitoras e os leitores do Seu Dinheiro acompanharam de perto a agenda de Javier Milei. O presidente da Argentina virou figura popular ao assumir um país que passa por uma das piores crises econômicas de sua história.  O país viveu uma semana de “porta giratória”. De um lado, o HSBC vendeu as […]

A FORTUNA ENCOLHEU

Os 10 maiores bilionários do planeta perderam R$ 107,2 bilhões hoje — e aqui estão os motivos

12 de abril de 2024 - 19:45

Conhecidos por liderarem as empresas mais valiosas do mundo, esse grupo seleto de ricaços soma um patrimônio líquido de US$ 1,58 trilhão

DE OLHO NAS REDES

Dá para colocar a mão no fogo pela China? “Está sendo subestimada” — por que este gestor não aposta em uma catástrofe por lá

12 de abril de 2024 - 14:47

Enquanto boa parte do mercado não colocaria a mão no fogo pela China nos últimos tempos, um gestor vai na contramão do mercado e avalia que o país está bem melhor do que parece.  Em participação no Macro Summit Brasil 2024, evento realizado pelo Market Makers em parceria com Seu Dinheiro e Money Times,  João […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies